JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: Documentos indicam que presidente do Equador teve campanha eleitoral financiada pelas Farc em 2006

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Documentos indicam que presidente do Equador teve campanha eleitoral financiada pelas Farc em 2006


A conclusão é do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS) que divulgou um relatório baseado em material apreendido com o ex-líder do grupo

Com uma mãozinha das Farc: ajuda do grupo teve papel importante na vitória de Correa (Rodrigo Buendia / AFP)
Documentos revelados nesta terça-feira sugerem que o presidente equatoriano Rafael Correa tenha pedido e recebido financiamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na campanha eleitoral de 2006, em que ele chegou ao poder. A afirmação é do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS), que divulgou nesta terça-feira um relatório elaborado a partir do material apreendido com o líder das Farc conhecido como Raúl Reyes, morto em 2008
"Os arquivos e outras fontes sugerem que Correa pediu - pessoalmente - e aceitou fundos ilegais das Farc em sua primeira campanha eleitoral em 2006, e que o respaldo político e financeiro da guerrilha desempenharam um papel importante em sua vitória", destaca o texto. O informe ressalta, porém, que as Farc nunca tiveram no Equador um respaldo oficial comparável ao que tinham na Venezuela. "O uso do território equatoriano pelo grupo nunca recebeu autorização oficial." 
Para a guerrilha colombiana, a chegada de Correa ao poder representou o clímax de anos de esforços crescentes para infiltrar-se no território e na política equatorianos, afirmou o documento. Os especialistas analisaram durante dois anos o material apreendido no acampamento das Farc no qual foi morto o ex-número dois do grupo, em março de 2008, após um ataque colombiano em território equatoriano. Junto com Reyes morreram outras 24 pessoas, entre elas quatro mexicanos e um equatoriano, o que levou Correa a romper relações diplomáticas com a Colômbia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"