JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: 13/08/2012

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Noite Enogourmet - Macarrão Palline será prato principal da Chef Ana Paula Bernecker 14.08.2012


 Macarrão Palline no Prato Principal da Chef Ana Paula Bernecker

No dia 14 de Agosto de 2012, você vai presenciar a harmonia perfeita entre cada prato e cada vinho. 
Uma explosão fascinante de aromas e sabores será descoberta e redescoberta a cada momento.
O sommelier Leandro Souza da importadora interfood estará presente dando explicações técnicas sobre cada tipo de harmonização. A Chef Ana Paula Bernecker preparou um menu fantástico, com entrada, prato principal e sobremesa.

Entrada: Vitello Tonnato
Vinho Missiones Reserva Chardonnay.

Prato Principal: Palline di Quatro Formaggi AL Pistaccio
Vinho Trapiche Broquel Bonarda
Vinho Durbanville Hills Pinotage

Sobremesa: Gelato di Vaniglia e Salsa di Frutti di Bosco con Mandorle Caramellate
Vinho Jc Leroux Rosé

Se surpreenda com esse evento fascinante!

Informações:

Valor por convite: R$ 70,00
Data: 14/08/2012
Horário: 20h
Apoio: Le Chef e Interfood


Maiores Informações: (15) 3238-7019


Facebook poderá ter de suspender acesso em todo o Brasil por 24 horas


"A rede social Facebook poderá ter de suspender o acesso dos usuários em todo o País por 24 horas por descumprimento da legislação eleitoral. A decisão é do juiz da 13ª Zona Eleitoral, de Florianópolis, Luiz Felipe Siegert Schuch. No final da tarde desta sexta-feira, 10, o Facebook apresentou a Schuch pedido de reconsideração da decisão. O juiz ainda analisa o caso, que só deve ser decidido na próxima segunda-feira, 13.


Se a decisão do juiz for mantida, o Facebook deverá interromper o acesso à rede social e apresentar a informação de que o site está fora do ar por descumprir a legislação eleitoral. Se essa determinação não for atendida, a empresa terá de pagar multa diária de R$ 50 mil e o prazo de suspensão do Facebook no País será duplicado.

De acordo com a decisão, o Facebook descumpriu uma liminar anterior que determinou que fosse retirada do ar a página "Reage Praia Mole". A suspensão foi solicitada pelo vereador Dalmo Deusdedit Menezes (PP), de Florianópolis, que concorre à reeleição. O parlamentar argumentou que houve veiculação de "material depreciativo" contra ele, feita de maneira anônima por um usuário. O juiz eleitoral também determinou a identificação das pessoas que criaram a página no Facebook.

Segundo o TRE-SC, o Facebook poderá recorrer ao tribunal regional ou ainda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A assessoria de imprensa do Facebook no Brasil informou que ainda aguarda um posicionamento oficial da sede, na Califórnia (Estados Unidos), para se manifestar."



Em Porto Alegre, Fortunati promete ampliar cobertura de internet sem fio


O prefeito de Porto Alegre e candidato à reeleição, José Fortunati (PDT), assinou junto de seu vice, Sebastião Melo (PMDB), um compromisso, chamado Pacto pela Juventude, com um grupo de jovens, com propostas do Conselho Nacional da Juventude.
Entre as propostas do acordo, Fortunati garantiu manter a segunda passagem gratuita e o pagamento fracionado da passagem escolar, e também os horários estendidos para os bares e restaurantes da Cidade Baixa. Além disso, o candidato e se comprometeu a expandir a rede sem fio de internet em locais públicos na cidade.
Fortunati inaugurou neste domingo o Comitê da Juventude de sua campanha. No evento, o pedetista respondeu perguntas feitas por jovens, que estiveram presentes  a inauguração por conta do Dia Internacional da Juventude, qualificação profissional, bolsas de estudo em faculdades, segurança e ciclovias, entre outros temas.
"Queremos focar ainda mais na Juventude neste segundo mandato. Vamos construir políticas públicas mais ousadas, arrojadas e profundas, sempre junto com vocês", afirmou Fortunati.

Em alta, Silvio Santos provoca Globo, Edir Macedo e apóstolo Valdemiro


'Homem do Baú' se diverte em seu programa e alfineta adversários, para delírio de sua plateia.
A retomada de poder do SBT na audiência, com bons resultados nos últimos meses e um reaparecimento da emissora no posto de vice-líder do Ibope parece vir deixando ainda mais de bem com a vida Silvio Santos, que caprichou nas brincadeiras e provocações às concorrentes neste domingo (29).

Em determinado momento de seu programa, em um quadro  de adivinhações, Silvio envolveu a Globo em uma piadinha, ao reparar que a resposta da charada era 'Gabriela', novela da rival. "Olha aí, o cara que faz isso trabalha no SBT e faz propaganda pra Globo. Nesse povo de televisão a gente não pode confiar. Eles vão pra quem paga mais", se divertia Silvio.

Para logo depois, não poupar a Record, ao citar a concorrente em uma charada envolvendo as Olimpíadas de Londres, cuja transmissão exclusiva na TV aberta pertence ao canal de Edir Macedo. "De novo… Quando não é de uma é de outra, essa produção… Ô, Fabiano (diretor da atração), manda embora! Mas dá um motivo pra demissão, porque se não ele vai na Justiça e pede indenização. Ah, já sei, fala que ele assediou uma bailarina e dá um cachê pra uma delas confirmar a história", disparou o Homem do Baú, para delírio geral da plateia.

E, para finalizar, provocações à solta, tanto em direção a Edir Macedo como ao popular apóstolo evangélico Valdemiro Santiago. "O bispo Macedo estava reclamando que o nome da escola de ‘Carrossel’ era Mundial e que devia ser Universal. Eu falei pra ele: "Se você me pagar mais que o Valdemiro (integrante da Igreja Mundial do Poder de Deus), eu troco o nome. Eu digo que a escola faliu e que a partir de agora será outra, a Escola Universal. E ainda te dou 10% para o dízimo". Na lata. Tem como não amar Senor Abravanel?

Jornal do Brasil
Com Pedro Willmersdorf

Príncipe William estará completamente careca aos 40


Asim Shahmalak, da Crown Clinic, afirma que a perda de cabelo de William é genética. "É pior que a do seu pai, Charles".


O médico Asim Shahmalak, da clínica Crown Clinic, em Manchester, disse ao jornal Daily Mail que Príncipe William estará completamente careca aos 40 anos, não importando se ele tome o medicamento Propecia - indicado para o tratamento da calvície masculina - o resto da vida. Segundo ele, o remédio poderia tratar a perda de cabelo por um tempo, mas não restauraria os fios perdidos.

Além disso, o uso do medicamento tem efeitos colaterais. Segundo ele, cerca de 2% dos pacientes que tomam Propecia sofrem de problemas como perda da libido e impotência.

O médico disse que a perda de cabelo de William é genética. "É pior que a do seu pai, Charles. Obviamente seu avô, Philips, também é", afirmou. "Esse é um gene muito forte da família. Há uma grande probabilidade de que qualquer criança do sexo masculino que ele tenha com Kate também tenha esse gene".

Segundo ele, ainda tem como reverter esse quadro. "Para restaurar os cabelos do topo da cabeça, ele precisa de pelo menos 3 mil ou 4 mil enxertos capilares".

fonte: Jornal do Brasil foto 

Defesa de Jefferson abre semana no STF e promete envolver Lula



"O julgamento dos acusados no processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) recomeça nesta segunda-feira e as atenções estão voltadas para a defesa do delator do suposto esquema, o ex-deputado federal e atual presidente do PTB, Roberto Jefferson. Tudo porque, em declarações recentes, o advogado do petebista, Luiz Francisco Corrêa Barbosa, prometeu acusar o ex-presidente Lula de ordenar todo o esquema. Além do defensor de Jefferson, falarão também os advogados dos réus Bispo Rodrigues (ex-deputado do PL) Emerson Palmieri (PTB), Romeu Queiroz (PTB) e José Borba (PMDB).

De acordo com o advogado de Jefferson, seu cliente "exagerou" ao inocentar Lula quando fez a denúncia. Luiz Francisco Corrêa Barbosa disse que se Lula não tivesse ordenado o esquema, "seria um pateta".

O advogado acredita que o julgamento vai ser "um festival de absolvições". Roberto Jefferson era presidente do PTB na época e denunciou o mensalão em uma entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Cassado pela Câmara, Jefferson atribuiu ao então ministro da Casa Civil, José Dirceu, a estruturação, organização administrativa e operacional do "valerioduto".

De acordo com o Ministério Público (MP), o pagamento de propina ao PTB foi inicialmente negociado pelo então presidente da legenda, José Carlos Martinez, já morto, e continuado na gestão de Jefferson à frente do partido. Segundo denúncia da procuradoria-geral da República, Jefferson acertou com o PT o repasse R$ 20 milhões ao PTB por meio do empresário Marcos Valério.

Apesar da fala do advogado do delator do esquema ser a mais esperada para hoje, quem abre a sessão no STF é Marcelo Bessa, defensor do ex-deputado federal Carlos Alberto Rodrigues Pinto, conhecido como Bispo Rodrigues. Então presidente do PL no Estado do Rio de Janeiro e segundo vice-presidente nacional, ele é acusado de receber R$ 150 mil do mensalão. De acordo com o MP, o parlamentar utilizou o motorista Célio Marcos Siqueira como intermediário para sacar, no Banco Rural em Brasília, os recursos do "valerioduto".

Ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Rodrigues renunciou, em 2005, ao mandato que tinha como deputado federal para evitar um processo de cassação. Em 2006, passou 32 dias preso em Brasília e em Cuiabá (MT) suspeito de envolvimento com a máfia dos sanguessugas, quadrilha que desviava dinheiro destinado à compra de ambulâncias. Nas alegações finais, a defesa de Rodrigues admite que ele recebeu dinheiro, mas que o recurso foi usado para saldar dívidas de campanha. O mesmo argumento foi utilizado pelo advogado Marcelo Bessa ao defender seu outro cliente no processo, o deputado federal Valdemar Costa Neto(PR-SP).

O advogado Itapuã Prestes de Messias ocupará o púlpito do STF logo após a defesa de Roberto Jefferson. Messias é o advogado do ex-secretário do PTB Emerson Palmieri, acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. No mês passado, Palmieri disse ao Terra que foi apenas "uma testemunha" das negociações entre PT e PTB para as eleições municipais de 2004.

O advogado afirma que Palmieri não recebeu, como afirma a denúncia, R$ 4 milhões das mãos do empresário Marcos Valério. De acordo com Itapuã Prestes de Messias, Roberto Jefferson recebeu o dinheiro e chamou Palmieri, então secretário do PTB, pedindo que ele guardasse o montante em um cofre. O MP afirma que Palmieri estava junto com o então presidente do PTB quando foi fechado um acordo para receber R$ 20 milhões do PT. Segundo a denúncia, o dinheiro seria propina para comprar o apoio dos parlamentares da legenda em votações importantes dentro do Congresso.

A defesa do ex-deputado federal Romeu Queiroz (PSD) será a quarta a falar. Queiroz é acusado de intermediar a transferência de dinheiro ilícito entre a agência SMP&B, de Marcos Valério, e o PTB, seu partido na época. Os advogados afirmam que ele agiu "na condição de 2º Secretário da Executiva Nacional e Presidente Estadual em Minas Gerais da sigla PTB, e não no exercício de atividade parlamentar". De acordo com as alegações finais da defesa, o dinheiro sacado pelo assessor do ex-deputado foi entregue ao PTB nacional e teve "origem e destino inquestionáveis". No STF, a sustentação oral ficará a cargo do advogado Castellar Modesto Guimarães Filho.

Romeu Queiroz foi um dos poucos réus do processo que falou diretamente sobre as denúncias. Em entrevista ao Terra no final de julho, ele disse que recebeu R$ 150 mil do presidente da Usiminas na época, Rinaldo Campos, que morreu no ano passado, para financiar as campanhas de 20 candidatos nas eleições de 2004. "Ele (presidente da Usiminas) recomendou que a SMP&B, que era a agência deles, repassasse esse dinheiro para mim. Então, eu mandei que um assessor meu fosse ao banco receber e transferir para os candidatos da época", afirmou.

O advogado Inocêncio Mártires Coelho, que defende o ex-deputado e ex-líder da bancada do PMDB na Câmara José Rodrigues Borba, será o último a falar na sessão de hoje. Atual prefeito de Jandaia do Sul, cidade de 20 mil habitantes no norte do Paraná, Borba foi denunciado pelo MP por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O publicitário Marcos Valério, personagem central do caso, disse que o então parlamentar recebeu R$ 2,1 milhões no esquema de lavagem de dinheiro pelas mãos de Simone Vasconcelos, diretora-administrativa da empresa SMP&B. De acordo com as denúncias, o próprio José Borba teria comparecido à agência do Banco Rural, em Brasília, para receber parte da propina.

Nas alegações finais entregues ao STF, a defesa afirma que a denúncia "não atende as exigências mínimas para que o réu seja condenado". O documento de 32 páginas diz que a denúncia de lavagem de dinheiro não se sustenta porque o MP não apresenta provas da origem ilícita da suposta propina. Sobre o crime de corrupção passiva, a defesa de Borba diz que a acusação não aponta concretamente ato vinculado a suposta entrega do dinheiro." Jornal do Brasil

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"