JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: 2013

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

TBV - Templo da Boa Vontade no Outubro Rosa por Paiva Netto

Em Brasília, monumento ganhou iluminação especial em apoio a campanha mundial de prevenção do câncer de mama.




Foto: José Gonçalo

Até o fim do mês, o Templo da Boa Vontade (TBV) terá iluminação especial em apoio à campanha Outubro Rosa, iniciativa internacional que busca disseminar a importância da prevenção do câncer de mama. Em todo o mundo, monumentos, prédios públicos, pontes e igrejas adotam o rosa em referência à cor do laço que simboliza a luta contra a doença. Segundo estimativa de um relatório mundial (World Breast Cancer Report 2012), ao menos 60 mil mulheres a mais que 2012 podem ser diagnosticadas neste ano com câncer de mama. No Brasil, é a principal causa de morte por tumor entre as mulheres.

Para estimular a prevenção, multiplicam-se as ações de conscientização em apoio ao movimento Outubro Rosa. Nesse contexto, essa cor simboliza um alerta às mulheres e um convite para que façam o autoexame e, a partir dos 40 anos, a mamografia, pelo menos, uma vez por ano.

Neste mês, a iluminação especial no Templo da Boa Vontade será vista por um número maior de pessoas, por conta das comemorações de seu 24° aniversário. Dedicado à Paz e símbolo do Ecumenismo sem fronteiras, o TBV é o monumento mais visitado de Brasília, recebendo anualmente mais de um milhão de peregrinos e turistas, segundo a Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF).

O Templo da Paz, como também é conhecido o monumento, fará todos os dias, às 18 horas, na Hora do Angellus, uma prece especial pelas famílias que lutam contra o câncer de mama. Todos estão convidados a participar dessa grande corrente de orações.

Para mais informações sobre o Templo da Boa Vontade (SGAS 915, Lotes 75 e 76), ligue para (61) 3114-1070 ou acesse www.tbv.com/24anos.

DRTV Rádio Online - Mais uma opção de TV Online com Rádio chega à Santa Bárbara d"Oeste em São Paulo

Chega à Santa Bárbara d"Oeste em São Paulo o resultado da união de uma Jornalista com um Radialista, ambos blogueiros que se conheceram pela internet e através de suas afinidades deram origem à uma nova proposta de Rádio com TV Online.

A Programação é eclética atendendo à vários gêneros musicais, onde o ouvinte e telespectador contribui para a transmissão ao vivo.

Rosângela Matos, jornalista e blogueira soma suas habilidades às habilidades do Radialista Dirceu Araújo que com seu jeito descontraído e simples vem cativando mais e mais ouvintes durante suas transmissões.

Dirceu Araujo nasceu em Pereira Barreto no interior de São Paulo e traz consigo as características interioranas, simplicidade e carisma suas principais características.

A Programação é transmitida ao vivo através de diversos sites parceiros e por este motivo, alcança várias cidades e países de Norte ao Sul.

Vale a pena conferir, a Rádio toca musicas 24 horas por dia mas a transmissão ao vivo tem dois horários
às 10 horas com Rosângela Matos e às 20 horas com Dirceu Araújo.

Acesse e conheça essa nova proposta de Rádio com TV Online, lá você interage com a Radio através de uma sala e pode pedir sua música para tocar ao vivo com transmissão do vídeo nos horários acima mencionados às 10h e às 20h.

Conheça, acesse e faça você a Programação do Dia pelo link 
www.drtvradioonline
ou envie um email para drtvradio@hotmail.com



GCMs são homenageados em sessão solene na Câmara Municipal



Integrantes foram condecorados com a medalha cívica “Nobres Cavaleiros de São Paulo”

Na tarde desta segunda-feira, 16/09, integrantes da GCM foram homenageados durante sessão solene realizada no salão nobre da Câmara Municipal de São Paulo. O evento fez parte das comemorações alusivas ao 27º aniversário da Instituição.

A homenagem foi uma iniciativa dos vereadores Coronel Telhada e Mario Covas Neto. Telhada lembrou que hoje seu papel como legislador é servir à Guarda Civil Metropolitana e que toda melhoria que o legislativo municipal possa conceder à Instituição é porque ela merece e a população de São Paulo assim espera. O vereador Mário Covas Neto considerou extremamente importante e indispensável a atuação da GCM na cidade: ”Qual pai ou mãe não se sente tranqüilo ao ver a ronda escolar da GCM na porta da escola do seu filho?”.

Também presente à solenidade, o Secretário Municipal de Segurança Urbana, Roberto Porto, destacou o orgulho de poder trabalhar em prol da cidade de São Paulo: “Em minha carreira como promotor público, nunca sonhei que poderia servir a minha cidade como Secretário Municipal. A partir dessa experiência, em meu convívio diário com a GCM, tenho testemunhado exemplos de abnegação, de pessoas que cumprem seu trabalho com excelência. Hoje tenho a oportunidade de dar meus parabéns a vocês e demonstrar meu respeito, minhas homenagens e minha gratidão. Principalmente gratidão”, concluiu o Secretário.

O Comandante Geral da GCM, Inspetor Gilson Menezes, lembrou dos desafios iniciais, quando a Corporação foi criada em 1986. Traçando um paralelo com a invenção de Santos Dumont, ele afirmou que a audácia do então prefeito Jânio Quadros, fundou uma Instituição indispensável à população de São Paulo nos dias de hoje.

Também estiveram presentes os vereadores Coronel Camilo, Eduardo Tuma, Ari Friedenbach e Nelo Rodolfo; o Dr Luis Marcondes, representando o Delegado Geral de Polícia de São Paulo; O Coronel PM Magno, representando a Secretaria de Segurança Pública do Estado; a Superintendente de Operações da GCM, Inspetora Lindamir Almeida; o Comandante Operacional Sul, Inspetor Manoel Estevão, além de Comandantes Regionais de diversas Inspetorias e familiares dos homenageados.

Homenageados

Os premiados, entre Inspetores, Graduados e GCMs, receberam as condecorações por terem colaborado com o progresso da cidade e conquistado o respeito, a admiração e o reconhecimento da sociedade paulistana. O ex-Comandante Geral da GCM, Inspetor Regional Eduardo de Siqueira Bias, esteve entre os agraciados, que receberam o diploma e a medalha cívica “Nobres Cavaleiros de São Paulo”, outorgados pela Academia Brasileira de Arte, Cultura e História.

O Comandante Operacional Centro, Inspetor Ademir Pina, o Inspetor Wilson Prates e o GCM Jeferson Guerra foram homenageados por terem sido decisivos ao impedirem a tentativa de invasão do Edifício sede da Prefeitura de São Paulo, durante ação de manifestantes em junho desse ano.

Também foram homenageados o Comandante Operacional Oeste-Centro, Inspetor Nilson Coutinho; o Comandante da Inspetoria da Câmara Municipal, Inspetor Regional Moacir Sorrentino e o Classe Distinta Carlos de Souza, responsável pelo Projeto “Criança Sob Nossa Guarda”.

Recuperada e pronta para o serviço, a GCMf Patrícia Costa foi homenageada por ter impedido que ladrões efetuassem um assalto ao posto móvel do CAT (Centro de Amparo ao Trabalhador) na Freguesia do Ó, em abril desse ano. Os ladrões também tentaram também roubar a arma da agente, baleando-a no rosto. Ela reagiu e frustrou a tentativa de roubo. Outro homenageado, o GCM Edson Silva foi condecorado por salvar uma adolescente que se afogava no Parque Ibirapuera.

Além destes, foram homenageados o GCM Natalício Santos, da CETEL; o GCM Gênesis de Souza, da Inspetoria da Câmara; o GCM Gilberto Caminski, da IR Santana; o GCM Salviano da Silva, da IR M’Boi Mirim; o GCM Ivison Palmeira, da IR Parelheiros; o GCM Arnaldo Aquino, da IR Lapa; o GCM Horácio Lima Júnior, de São Mateus; o GCM Natanael Bernardes, da IR Maria/Guilherme; o GCM Antônio Rodrigues; o GCM Alexandre Lima Souza e a GCMf Ana Paula Moreira Neto, que se recupera após ser baleada em uma tentativa de roubo em agosto desse ano quando fazia a Proteção Escolar na EMEF Hipólito José da Costa, na área de Jaçanã/ Tremembé.  

Imagens











Artivo gentilmente enviado via e-mail

Queiroz, Marcos dos Santos  

Inspetor - SPO/CON/GCM/SP

Prevenção ao Suicídio


O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio é lembrado anualmente em 10 de setembro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em média, duas pessoas cometem suicídio por minuto no mundo. Se formos calcular as 24 horas do dia, a estatística sobe para quase três mil mortes.
Apenas no Brasil, os que tiram a própria vida diariamente são cerca de 25 cidadãos. Isso dá um número próximo de nove mil óbitos anuais.
A OMS aponta outro dado alarmante: atrás de um suicídio, teria havido 20 tentativas frustradas.
Para a doutora Alexandrina Meleiro, médica psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP), é preciso estar atento aos sinais de alerta: "Em geral, a pessoa se entristece, fica desesperançada. Ao não enxergar solução para o problema, começa a ter pensamentos suicidas. Às vezes, verbaliza, outras não. Vai ficando quieta, começa a ter o desejo de morrer. Isso vai evoluindo para uma intenção de fato de morrer. Esse ato pode ser letal ou não, ficando somente na tentativa. ‘Ah, mas quem vai se matar não avisa’. Não é verdade: 90% dos suicidas haviam deixado algum aviso. Muitos deles, cerca de 40%, tinham visitado um médico 30 dias antes... o que é preocupante não ter sido notado e avaliado".

PACTO ANTISUICÍDIO
Em entrevista à BOA VONTADE TV, a dra. Alexandrina comentou sobre a relevância de um pacto antisuícidio: "É sempre importante conversarmos olho no olho com essa pessoa, para que ela sinta confiança de que entendemos o sofrimento dela, as angústias que sente. A partir daí, propomos um pacto antisuicídio, para que nos dê um tempo de reverter aquela situação. (...) Muitas vezes é esse pacto a força diretriz para que ela volte, de fato, a desejar ter vida, ter luz, ter um ambiente sadio e ter esperança para uma nova trajetória. Isso pode ser feito por um profissional, por uma pessoa da família, por um amigo; até mesmo por animais de estimação: ‘Não quero deixar o meu animal sozinho’. Nisso a gente faz um laço, uma empatia, e conseguimos trazer de volta a pessoa à vida".

NÃO HÁ PROBLEMA SEM SOLUÇÃO
Diante dos desafios e das situações aparentemente insuportáveis, devemos repelir o pensamento funesto do suicídio, fortalecendo nossa crença em um poder superior que nunca nos desampara. Esse meu raciocínio nasce destas palavras do Divino Mestre: "Minha Paz vos deixo, minha Paz vos dou. Eu não vos dou a paz do mundo. Eu vos dou a Paz de Deus, que o mundo não vos pode dar. Não se turbe o vosso coração nem se arreceie. Porque Eu estarei convosco, todos os dias, até o fim do mundo!" (Evangelho de Jesus segundo João, 14:27 e 1, e Mateus, 28:20).
"Não tem quem não sofra no mundo. Todos nós passamos por períodos mais difíceis na vida. A questão é que sempre achamos que a nossa trajetória é mais íngreme do que as das outras pessoas. Porém, se pensarmos que há sempre uma alternativa, notaremos que não há problemas sem solução", esclareceu a psiquiatra. E arrematou: "O que muda de uma pessoa para outra é como busca essa solução. Muitas vezes não é a solução ideal, mas é a possível naquele momento. Com o tempo, você vai gradativamente modificando as coisas que o estão angustiando. Isso é importante porque são estratégias de enfrentamento da vida. Todas as batalhas são árduas, derramamos suor diante delas, mas o sorriso da vitória perante a luta é muito grande. Pensem na vida, na sua, dos seus amigos, dos seus conhecidos, de todos. A vida sempre é bonita quando confiamos nela".
Grato, dra. Alexandrina, por suas elucidativas palavras.

FORTALECIMENTO ESPIRITUAL
Ao lado de todo o apoio psicológico e do avanço da medicina, é fundamental — para os que pensam em atentar contra a própria vida — a prática sadia da oração, para o fortalecimento da consciência de que a vida prossegue após o fenômeno da morte. Os que inadvertidamente antecipam sua chegada ao Mundo Espiritual despertam no Outro Lado da Vida com suas dores acrescidas pelo ato impensado do suicídio. Um dos piores enganos da Humanidade é continuar teimando na crença infeliz de que a morte acaba com tudo.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com 

Por dia 1.100 propagandas irregulares são apreendidas na capital


A remoção de lambe lambes, realizado pelas equipes de limpeza de cada subprefeitura, exige trabalho diário de raspagem

Diariamente são cerca de 1.100 propagandas removidas da cidade. As Subprefeituras que mais removeram esses anúncios irregulares foram a Lapa, 35 mil, Itaquera, 31 mil e Pirituba 28 mil.

Pela legislação as publicidades dos estabelecimentos, incluindo os nomes, logotipos, símbolos, banners, faixas e placas deverão ocupar um tamanho padrão proporcional à fachada do imóvel. Se essas determinações não forem cumpridas, os responsáveis são intimados a regularizar o anúncio ou retirá-lo, além de serem multados em R$ 10 mil, com R$ 1 mil por metro quadrado excedente.

Ao todo pela Lei 14.223, que regulamenta os anúncios publicitários, já foram aplicadas mais de 11 mil multas em estabelecimentos que descumprem as determinações previstas. Os cerca de 700 fiscais realizam constantes operações que visam coibir e retirar essas propagandas das ruas da capital.

O munícipe que constatar alguma irregularidade poderá entrar em contato com a Prefeitura da região por meio de três canais, o telefone 156, o portal  www.prefeitura.sp.gov.br ou comparecendo às praças de Atendimento da subprefeitura local.

Dia dos Pais e segurança


No próximo domingo (11/8), comemoramos no Brasil o Dia dos Pais, cuja prioridade deve ser a de preparar devidamente seus filhos para o porvir, pavimentando para eles uma era melhor. Por isso, convido-os a refletirmos juntos sobre alguns relevantes pontos.
A crescente violência urbana, a irresponsabilidade no trânsito, que segue multiplicando vítimas, as relações fragilizadas entre determinados países, a fome em muitas partes do planeta, enfim, esses e outros fatores indicam que se deve repensar atitudes e providências na construção cotidiana da paz global.
Na nova edição do meu livro “Cidadania do Espírito”, ainda nos originais, comento que, em certos casos, o fim da guerra fria em pouco ou nada arrefeceu rancores e ódios humanos, sociais, políticos, econômicos, religiosos. O 32º presidente dos Estados Unidos, Franklin Delano Roosevelt (1882-1945), em 5 de setembro de 1939, após a lamentável irrupção da Segunda Guerra Mundial — que ocorreu em 1º de setembro, com a invasão da Polônia pelas tropas alemãs de Adolf Hitler (1889-1945) —, dirigiu-se ao povo norte-americano em discurso transmitido pelo rádio, destacando: “Quando a paz é quebrada em qualquer lugar, a paz de todos os países de todos os lugares é ameaçada”.
Conforme escrevi em “Reflexões e Pensamentos — Dialética da Boa Vontade” (1987) e também na “Folha de S.Paulo”, em 11 de dezembro de 1988, o combate à violência no mundo começa na luta contra a indiferença à sorte do vizinho. Não sou pessimista, acredito no futuro. Mas ainda há insegurança e crueldade por toda a parte.

MAIORES PREDADORES
Fala-se em Paz. Contudo, mensagem de expressivo sentido encontra-se na Primeira Epístola do Apóstolo Paulo aos Tessalonicenses, 5:3: “Quando andarem dizendo: ‘Paz, segurança!’, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vem a dor do parto àquela que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão”.
Não estejamos nós contribuindo para a concretização desse quadro, incluído o fato de que pela nossa ação diária somos os maiores predadores do nosso lar coletivo, a Terra, e nisso se concentra o pior perigo. Temos de interromper o emporcalhamento (Isaías, 24:1, 5 e 6) do que nos cerca e de, consequentemente, destruir vidas. Uma sugestão aos que não têm medo de pensar: leiam, por favor, os fraternos alertamentos do Evangelho e do Apocalipse do Cristo Ecumênico sobre a transição dos tempos, até mesmo “a Grande Tribulação, como nunca houve, desde a fundação do mundo, nem jamais se repetirá”, de acordo com a Sua advertência no Evangelho segundo Mateus, 24:3 a 28; Marcos, 13:3 a 23 e Lucas, 21:7 a 24.

AMOR E REPREENSÃO
As anomalias climáticas são justamente grave anúncio sobre a realidade das admoestações do Professor Celeste no Novo Testamento da Bíblia Santa. (...) Ora, quem adverte ama. Razão por que Jesus, na Carta à Igreja em Laodiceia (Apocalipse, 3:14), declara: “Aqueles a quem amo, repreendo e castigo”.
Diante disso, o Livro das Profecias Finais pode ser entendido como carinhosa e preocupada admoestação, por conseguinte, um recado do Amor de Deus às Suas criaturas. Perseveremos nos sublimes ensinamentos do Pai Celestial, os quais nos fortalecem para enfrentar com bravura tempos de grande provação, fundamentando nossas esperanças no Divino Criador, que nunca nos abandona. Lembremos sempre a assertiva do saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur (1914-1979): “Não há segurança fora de Deus”.

CORAÇÃO GENEROSO
Recentemente, em São Paulo, o teólogo e professor Leonardo Boff lançou “Francisco de Assis e Francisco de Roma: uma nova primavera na Igreja?”. Na obra, ele ressalta que “ser Francisco de Assis corresponde à Tradição de Jesus Cristo e à exigência evangélica. É a opção pela simplicidade e confraternização entre todos os povos, a natureza e o planeta Terra”.
O distinto professor Boff mandou-me, com a generosidade de sempre, um exemplar com esta dedicatória: “Para Paiva Netto, que sua mensagem de paz seja reforçada pelo Papa Francisco”.
Comovido e grato.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Acidente de trem em Madri - Espanha deixa 80 mortos e mais de 250 feridos desde o ocorrido em 23.07.2013


Descarrilamento ocorreu na chegada a Santiago de Compostela, no norte.
Excesso de velocidade parece ser causa, e maquinista será investigado


Chega a 80 o número de mortos em um descarrilamento de trem nesta quarta-feira (23) em Santiago de Compostela, no norte da Espanha, segundo o governo local da Galícia.

Outras 178 pessoas ficaram feridas, e 95 delas ainda estão no hospital. Entre os feridos, 32 estão em situação séria, incluindo 4 crianças.
Todos os feridos e 66 dos mortos já foram identificados.
Há, entre os feridos, pessoas de várias nacionalidades, segundo o governo regional.
O consulado-geral do Brasil em Madri afirma que não há relatos sobre vítimas brasileiras. O Itamaraty disse que até o momento não recebeu ligações de parentes de possíveis vítimas, mas alerta que como a passagem de trem não é nominal, não pode descartar totalmente que possam ter brasileiros entre os feridos e mortos.A primeira hipótese é que o excesso de velocidade tenha sido a causa do acidente, e um dos pilotos vai ser colocado em investigação formal.
Uma fonte da investigação, sob anonimato, confirmou à agência Reuters que a velocidade excessiva provocou o acidente.
Um vídeo publicado pelo "El País" mostra o momento do acidente (assista acima).
No trecho, em que havia uma curva acentuada, o limite de velocidade era de de 80 km/h.
O "El País" publicou o que seria um trecho de conversa de um dos pilotos em que ele afirmava estar a 190 quilômetros por hora.
O governo galego disse que o trem tinha dois maquinistas, e que um deles está hospitalizado sob custódia. Não ficou imediatamente claro qual dos maquinistas está sendo investigado.
Testemunhas contaram à imprensa espanhola que um dos maquinistas, Francisco José Garzón, foi visto auxiliando no resgate das vítimas e gritando ao telefone: "Descarrilei! O que eu faço?"
Segundo o jornal "El País", um dos maquinistas ficou preso nos destroços da cabine e contou por rádio à estação ferroviária que o trem havia entrado na curva a 190km/h. "Somos apenas humanos! Somos apenas humanos!", dizia o maquinista à estação, segundo relato do jornal a partir de informações de fontes próximas à investigação.
"Espero que não haja mortos, porque isso vai recair sobre a minha consciência."

O Departamento de Estado dos EUA confirmou um americano morto e cinco feridos. Dois colombianos e uma mexicana também morreram. Autoridades britânicas afirmaram que há ao menos um cidadão do país ferido.
O acidente ocorreu às 20h41 locais (16h41 de Brasília), segundo a empresa, em Angrois, na chegada a Santiago de Compostela, local famoso de peregrinação católica e mística. O trem fazia a ligação entre a capital espanhola, Madri, e a cidade de Ferrol, na Galícia.

A primeira hipótese é que o excesso de velocidade tenha sido a causa do acidente, e um dos pilotos vai ser colocado em investigação formal.
Uma fonte da investigação, sob anonimato, confirmou à agência Reuters que a velocidade excessiva provocou o acidente.
Um vídeo publicado pelo "El País" mostra o momento do acidente (assista acima).
No trecho, em que havia uma curva acentuada, o limite de velocidade era de de 80 km/h.
O "El País" publicou o que seria um trecho de conversa de um dos pilotos em que ele afirmava estar a 190 quilômetros por hora.
O governo galego disse que o trem tinha dois maquinistas, e que um deles está hospitalizado sob custódia. Não ficou imediatamente claro qual dos maquinistas está sendo investigado.
Testemunhas contaram à imprensa espanhola que um dos maquinistas, Francisco José Garzón, foi visto auxiliando no resgate das vítimas e gritando ao telefone: "Descarrilei! O que eu faço?"
Segundo o jornal "El País", um dos maquinistas ficou preso nos destroços da cabine e contou por rádio à estação ferroviária que o trem havia entrado na curva a 190km/h. "Somos apenas humanos! Somos apenas humanos!", dizia o maquinista à estação, segundo relato do jornal a partir de informações de fontes próximas à investigação.
"Espero que não haja mortos, porque isso vai recair sobre a minha consciência."



A composição "não teve nenhum problema de operação", disse o presidente da empresa responsável, a estatal Renfe. "O trem passou por uma revisão naquela mesma manhã", disse Julio Gómez-Pomar Rodríguez á rádio privada Cope.
"Estes trens passam por uma revisão a cada 7.500 quilômetros, e outra a cada 50 mil quilômetros, e outra a cada 150 mil quilômetros, disse.
O secretário estadual de Transportes, Rafael Catalá, disse à rádio Cadena Ser que a tragédia parece estar ligada a uma "infração da velocidade". Mas ele frisou que é necessário aguardar a investigação judicial para confirmar isso.
Atentado descartado
A cena evoca lembranças do atentado islâmico de 2004 contra trens de Madri, que matou 191 pessoas, mas  o delegado do Governo da Galícia Samuel Juárez descartou a hipótese de atentado.
"Foi um acidente. Não temos elemento algum que nos permita falar de outra coisa."
Logo após a divulgação das primeiras informações sobre o acidente, o chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, expressou seu "afeto e solidariedade" às vítimas, em sua conta no Twitter.
Rajoy, que participou de uma reunião ministerial de emergência na quarta, viajoua para a região na manhã desta quinta e decretou três dias de luto oficial.
As imagens do local mostram vários vagões virados, sendo pelo menos um totalmente destruído.
Uma testemunha que estava no trem afirmou à rádio Cadena Ser que "parece que em uma curva o trem começou a descarrilar e os vagões ficaram uns sobre os outros".
Dezenas de ambulâncias levavam os feridos para hospitais da região. As autoridades lançaram um apelo para que as pessoas doem sangue para o atendimento aos feridos.
Muitos já atenderam ao pedido e foram ao Hospital Clínico de Santiago de Compostela. No Twitter, as mensagens pedindo doação de sangue em outras localidades da região se multiplicavam.
Francisco Otero, de 39 anos, contou à AFP que havia chegado ao local do acidente "um minuto depois".
"Estava assistindo à televisão na casa dos meus pais e ouvi um grande estrondo. Era como se tivesse acontecido um terremoto", contou.
Fabricantes
A fabricante de aviões e trens canadense Bombardier disse nesta quinta que o trem envolvido em um acidente na Espanha que matou pelo menos 78 pessoas foi feito pelo seu consórcio com a espanhola Talgo. Uma porta-voz da empresa estatal da Espanha Renfe descreveu o trem como um Alvia Series 730, usado na rota entre Madri e La Coruña.
Festa cancelada
O acidente aconteceu no dia do Apóstolo Santiago, época de grande celebração na região da Galícia.
Santiago de Compostela, capital da região e centro dos festejos, cancelou os eventos que deveriam ser realizados na noite desta quarta-feira em homenagem a seu santo padroeiro.
A tradicional missa do dia de Santiago foi mantida "com um estrito protocolo de luto".
O Rei Juan Carlos I e o Príncipe Felipe I, herdeiro do trono, suspenderam nesta quinta todas as suas atividades "em sinal de luto" pelo acidente, informou a Casa Real. O rei visitou feridos em um hospital.
Acidentes anteriores
Este é um dos piores acidentes ferroviários da Espanha. Na década de 1940, um trem que também viajava de Madri para a Galícia se chocou com uma locomotiva, deixando centenas de mortos. Em 1972, um outro acidente com o trem que ia de Cádiz a Sevilha (Andaluzia, sul) causou a morte de 77 pessoas.
O acidente também ocorre apenas duas semanas depois da morte de pelo menos sete pessoas num descarrilamento na região central da França.
Papa Francisco
No Rio de Janeiro, onde participa das celebrações da Jornada Mundial da Juventude, o Papa Francisco pediu que todos rezem pelas vítimas e suas famílias. Ele postou uma mensagem aos espanhóis em sua conta no Twitter.
O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, pediu que fosse respeitado um minuto de silêncio antes de uma entrevista.
"O Papa foi informado ao chegar a sua residência no Sumaré. Ele se une à dor das famílias e pede que todos rezem e vivam na fé este trágico acontecimento", disse o padre Lombardi durante a coletiva.
O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que ficou "consternado e entristecido" com o acidente.

fonte: g1.

Nota da Redação
Todos nós da Redação do Jornal Cidade em Foco queremos enviar nossa solidariedade aos irmãos da Espanha pelas perdas e pelos feridos, que Deus abençoe à todos e que fortaleça os familiares desta grande tragédia.

Rosângela Matos
Editora Executiva do Jornal Cidade em Foco AZ






Papa Francisco reza missa para cardeais e freiras no Rio de Janeiro - Brasil em 2013

by Carolina Farias

O papa Francisco rezou uma missa privada para cardeais e freiras na residência Assunção, no Sumaré, zona norte do Rio de Janeiro, onde está hospedado, por volta das 7h desta terça-feira (23). Em seguida, o pontífice tomou sorvete no café da manhã, em seu segundo dia de viagem ao Rio. Foi o que disse o padre Jorge Luiz Neves Pereira da Silva, mais conhecido como Jorjão, pároco da Igreja Nossa Senhora da Paz, de Ipanema, na zona sul da capital fluminense

Segundo Jorjão, ele teria levado sorvete ao pontífice na residência. Depois de uma segunda-feira intensa, não há eventos oficiais com participação do papa Francisco programados para esta terça-feira. A dúvida é se Francisco permanecerá o tempo todo na Residência Assunção ou se participará de alguma atividade "surpresa".

Hoje a Jornada Mundial da Juventude começa oficialmente, com eventos na praia de Copacabana, onde foi montado um palco: às 8h15, haverá uma missa, seguida de entrevistas coletivas sobre a JMJ; às 15h30, o cardeal dom Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo, concederá entrevista; por fim, às 18h, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, celebrará a missa oficial de abertura da jornada.

Com o frio e mau tempo no Rio de Janeiro, o lançamento da medalha em comemoração à visita do papa Francisco à capital fluminense, que seria realizado no Santuário do Cristo Redentor, foi cancelado. O evento foi transferido para a residência Assunção.

Primeiro dia
O avião do papa Francisco pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, às 15h43 de segunda-feira (22) depois de quase 12 horas de viagem desde Roma, na Itália. O avião, da companhia Alitalia, estava com as bandeiras do Brasil e do Vaticano nas janelas da cabine. Francisco foi recepcionado pela presidente Dilma Rousseff, pelo governador do Estado, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da capital, Eduardo Paes, entre outras autoridades.

Durante percurso entre o aeroporto e a Catedral Metropolitana de São Sebastião, no centro, o papa cumprimentou fiéis, beijou crianças e chegou até a ficar preso no trânsito.  Do Galeão, Francisco seguiu em carro fechado até a Catedral. O veículo que transportou o pontífice é um Fiat Idea, de cor prata. No banco traseiro, Francisco manteve a janela do carro totalmente aberta na maior parte do tempo e não usou cinto de segurança.

Na avenida Presidente Vargas, já no centro do Rio, o carro com o papa estacionou para que o pontífice cumprimentasse fiéis que o cercavam. Muitos conseguiram tocar no pontífice, enquanto seguranças se desdobravam para evitar o contato, que não estava previsto.

Ainda na Presidente Vargas, próximo ao cruzamento com a avenida Rio Branco, a comitiva papal acessou a pista que não estava interditada ao tráfego, ficando presa num engarrafamento de coletivos. Neste momento, centenas de fiéis se aproximaram do veículo com o papa. Uma mulher entregou uma criança para o pontífice pela janela do carro. Francisco a beijou e a devolveu à mulher.

Ao longo do percurso, cinco carros e duas motos escoltaram o carro que levava o papa, que circulou pela linha Vermelha e passou ao lado do complexo de favelas da Maré, na zona norte.

Por volta das 17h, o papa chegou à Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro, onde trocou o veículo fechado em que estava pelo papamóvel. Pelo menos 10 mil pessoas aguardavam a chegada do papa, segundo estimativa da Guarda Municipal. Os fiéis começaram a chegar às 9h.

fonte texto: uol


fonte do video: noticias urgentes


Aplicado princípio da insignificância a mulher acusada de tentar furtar 11 latas de leite em pó


A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aplicou o princípio da insignificância ao caso de mulher acusada de tentar furtar 11 latas de leite em pó, no valor de R$ 76,89. Há indícios de que ela seja esquizofrênica. 

Após ser acusada, a Defensoria Pública impetrou habeas corpus no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) pedindo o trancamento da ação penal. O pedido foi negado porque, segundo os desembargadores, não seria possível trancar a ação sem a conclusão de exame de sanidade mental, uma vez que a paciente é reincidente específica e possui maus antecedentes. 

No STJ, a Defensoria alegou que a mulher realmente era esquizofrênica e que não seria possível submetê-la a exame de sanidade diante de um fato que é atípico. Insistiu no trancamento da ação penal, pela aplicação do princípio da insignificância. 

Relevância jurídica 

O relator do caso na Sexta Turma, ministro Og Fernandes, explicou que a caracterização do fato típico, ou seja, de que determinada conduta mereça a intervenção do direito penal, exige a análise de três aspectos: o formal, o subjetivo e o material ou normativo. 

A tipicidade formal consiste na perfeita inclusão da conduta do agente no tipo previsto abstratamente pela lei penal. O aspecto subjetivo é o dolo, a intenção de violar a lei. Já a tipicidade material implica verificar se a conduta possui relevância penal diante da lesão provocada no bem jurídico tutelado. Segundo o ministro, a intervenção do direito penal apenas se justifica quando esse bem for exposto a um dano com relevante lesividade. 

“Não há a tipicidade material, mas apenas a formal, quando a conduta não possui relevância jurídica, afastando-se, por consequência, a intervenção da tutela penal em face do postulado da intervenção mínima”, afirmou o ministro. “É o chamado princípio da insignificância”, explicou. 

Aplicação do princípio 

No caso julgado, Og Fernandes reconheceu “a mínima ofensividade da conduta do agente, nenhuma periculosidade social da ação, reduzidíssimo grau de reprovabilidade do comportamento e inexpressividade da lesão jurídica provocada”. 

Ele acrescentou que, segundo a jurisprudência consolidada no STJ e no Supremo Tribunal Federal, a existência de condições pessoais desfavoráveis, como maus antecedentes, reincidência ou ações penais em curso, não impede a aplicação do princípio da insignificância. 

Com essas considerações, a Turma não conheceu do pedido de habeas corpus, com base no novo entendimento da Corte de que ele não pode ser utilizado como substituto de recurso ordinário. Todavia, concedeu a ordem de ofício para trancar a ação penal. 

A decisão foi tomada por maioria de votos, tendo em vista que a aplicação do princípio da insignificância em casos concretos costuma gerar muito debate e divergência entre os ministros. 


HC 250122 fonte AASP
foto Nação Jurídica

Colaboração
Gumercindo Muni Advogados

Educação, Ciencia e Tecnologia na ONU - Brasileiro dirigirá a OMC



No dia 16 de maio, ocorre na sede da ONU, em Nova York, EUA, na aclamada Câmara do Ecosoc, um fórum da sociedade civil e do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas com a pauta “Construindo parcerias no campo da educação por meio da ciência, da tecnologia e da inovação”. O debate está sendo organizado por um comitê formado pela Legião da Boa Vontade, a Associação Mundial de Estagiários e Colaboradores Reformados da ONU e a Fundação Global de Desenvolvimento do Milênio, em suporte à Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Socioeconômicos da ONU.
O ato solene de abertura contará com o presidente do Ecosoc, dr. Nestor Osorio. A LBV também fará uma apresentação, intitulada “Promovendo desenvolvimento e inclusão social por meio da educação e da tecnologia”.
O fórum terá ainda palestrantes de universidades de vários países e especialistas no uso das tecnologias da informação e comunicação aplicadas nas mais modernas formas de ensino.

BRASILEIRO DIRIGIRÁ A OMC
Roberto Carvalho de Azevedo 
foto: ebc

É um grande reconhecimento ao Brasil a escolha do diplomata Roberto Carvalho de Azevêdo, natural de Salvador/BA, para o cargo de diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), a partir do mês de setembro deste ano até 2017. O anúncio formal pode ser feito hoje, em reunião do Conselho Geral da OMC, conforme nota do Itamaraty. Desde que foi criado, em 1995, será a primeira vez que um latino-americano presidirá o órgão.
Saudamos também sua digníssima esposa, a embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, chefe da Missão Permanente do Brasil nas Nações Unidas e outros organismos internacionais em Genebra, Suíça. Em 2011, tivemos a honra de contar com sua participação no painel temático organizado pela LBV, na Reunião de Alto Nível do Ecosoc, em Genebra.

CAMPANHA CORAÇÃO AZUL
Há alguns anos venho ressaltando em artigos e livros que o abominável tráfico de seres humanos deve ser fortemente combatido. É imensa a preocupação das mães com a segurança dos filhos. Muito oportuna, pois, a adesão de nosso país à Campanha “Coração Azul — Contra o tráfico de pessoas”, que o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançou na quinta-feira, 9/5, na sede do Ministério da Justiça, em Brasília/DF.
A Legião da Boa Vontade — coração azul que há mais de seis décadas pulsa pela Solidariedade no mundo — apoia essa ação e convida você a participar da corrente do Bem e compartilhar essa iniciativa.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Dia Mundial da Água: GCM promove preservação e conscientização


Brasil - São Paulo:
Em comemoração à data foram realizados dois eventos para promover a conscientização quanto à necessidade de preservação deste precioso recurso natural.
Às margens da Represa Guarapiranga, alunos da Escola Municipal Afrânio de Melo Franco assistiram a palestra de um Guarda Ambiental que atua na região e conheceram os equipamentos utilizados pela Corporação nas operações de fiscalização e prevenção a crimes ambientais. Em seguida os estudantes realizaram o plantio de mudas da fauna da região. O evento contou com a presença do Secretário Municipal de Segurança Urbana Adjunto, Marcus Vinicius Monteiro dos Santos, do Comandante Operacional da Guarda Civil na zona Sul, Inspetor Manoel Estevão de Lima Júnior, de Comandantes Regionais da região, além de moradores das proximidades.
Também às margens de outro importante reservatório da região metropolitana, a Represa Billings, a GCM Ambiental realizou a exposição de seus equipamentos e desenvolveu atividades voltadas à educação ambiental e interação com a comunidade como, por exemplo, a explicação sobre os prejuízos causados pelo descarte de óleo de cozinha na pia, o que dificulta muito o tratamento da água que chega às residências.
Operação Defesa das Águas
Criada em 2007, a Operação Defesa das Águas é um conjunto de medidas de proteção ambiental que atinge 70 milhões de quilômetros quadrados considerados prioritários para a manutenção das fontes de abastecimento de água da cidade. As ações de fiscalização e controle evitam danos ao meio ambiente, como invasões, construções irregulares e descarte irregular de lixo.
A operação é coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana e conta com a participação de diversos órgãos da Prefeitura e do Governo do Estado. As atividades são realizadas em 135 perímetros prioritários nas zonas sul, norte e leste da cidade, principalmente nas regiões das represas Guarapiranga e Billings, da Serra da Cantareira e Várzea do Tietê

Também em 2007 foi criada a Guarda Ambiental para atuar em conjunto com os fiscais das subprefeituras e as Polícias Civil e Militar. A Guarda Ambiental conta hoje com 425 agentes, 46 pick-ups 4X4 e 4 embarcações (três de pequeno porte e um de médio porte), além de sobrevoos semanais com helicóptero.

Texto gentilmente enviado pelo Inspetor

Queiroz, Marcos dos Santos
Inspetor GCM Cmte. Oper. Adjunto

créditos de imagens: Guty/SMSU

Cadastros de devedores podem incluir nomes de pessoas envolvidas em processos judiciais

A existência de discussão judicial sobre o débito, por si só, não impede a inscrição do devedor nos cadastros de proteção ao crédito. O entendimento foi manifestado pela Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que considerou legal a prática dos órgãos de proteção ao crédito de incluir nos cadastros de inadimplentes os nomes de pessoas envolvidas em ações judiciais sobre débitos. 

A Turma julgou recursos em que as Câmaras de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte e de Uberlândia questionaram decisão proferida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Segundo os ministros, os dados sobre processos são informações públicas e qualquer interessado pode ter acesso a eles, desde que não estejam sob segredo de Justiça. 

A ação foi proposta pelo Ministério Público estadual, que questionou a inclusão, nos cadastros, dos consumidores que litigam em ações de busca e apreensão, cobrança ordinária, concordata, despejo por falta de pagamento, embargos, execução fiscal, falência e execução comum. Esses dados são fornecidos às câmaras de dirigentes lojistas pelos cartórios de distribuição judicial, por intermédio da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodemge). 

A sentença determinou a exclusão dos nomes de consumidores inscritos em razão da existência de processos judiciais e condenou as entidades empresariais a pagar indenizações por danos materiais e morais, além de proibir a Prodemge de continuar a repassar tais informações. 

O TJMG manteve a sentença, por considerar que a inscrição do nome dessas pessoas nos cadastros de proteção ao crédito configura constrangimento ao consumidor e coação ao exercício constitucional do direito de demandar em juízo. Para o TJMG, a publicidade das informações processuais – também garantida constitucionalmente – “não se confunde com a inserção da parte litigante em cadastros de inadimplentes”. 

Reprodução fiel 

Segundo a relatora dos recursos no STJ, ministra Nancy Andrighi, o caso discutido na Turma não trata de simples inscrição do nome do devedor em cadastro de inadimplentes por indicação do credor, isto é, de informação obtida de fonte privada. 

Trata-se de inscrição decorrente da existência de processos judiciais, objeto de contrato firmado entre as câmaras de lojistas e a empresa estatal de processamento de dados, que repassa informações obtidas diretamente nos cartórios de distribuição, sem nenhuma intervenção do credor. Essa situação se repete em outros estados do Brasil. 

Para a Terceira Turma, se as câmaras reproduzem fielmente o que consta no cartório de distribuição a respeito dos processos relativos a débitos de consumidores, não há como impedir que elas forneçam tais dados aos seus associados. Essas entidades devem responder apenas pelo serviço incorretamente prestado ou pela inscrição indevida. 

Citando precedente da própria Terceira Turma (REsp 866.198), Nancy Andrighi disse que os dados sobre processos existentes nos cartórios distribuidores dos fóruns são informações públicas (salvo aquelas protegidas por sigilo judicial) e de acesso livre a qualquer interessado. 

Segundo a relatora, o Código de Defesa do Consumidor fornece instrumentos para o cidadão pedir a retificação ou exclusão de seus dados, se não forem corretos, e para exigir reparação em caso de inscrição indevida. 

Em contrapartida, disse Nancy Andrighi, “há que se reconhecer que, sendo verdadeiros e objetivos, os dados públicos, decorrentes de processos judiciais relativos a débitos dos consumidores, não podem ser omitidos dos cadastros mantidos pelos órgãos de proteção ao crédito”. 

Segundo ela, “essa supressão equivaleria à eliminação da notícia da distribuição dos referidos processos no distribuidor forense, algo que não pode ser admitido, sob pena de afastar a própria verdade e objetividade dos bancos de dados”. 

A ministra destacou também a jurisprudência do STJ no sentido de que a simples discussão judicial da dívida não basta para impedir a negativação do devedor. Para evitar a inclusão de seu nome no banco de dados, o consumidor precisaria propor ação contestando o débito (no todo ou em parte), demonstrar a plausibilidade de suas alegações e ainda depositar ou oferecer caução da parcela incontroversa, se a contestação for apenas parcial. 

Legitimidade do MP 

As câmaras de dirigentes lojistas também questionaram no STJ a legitimidade do Ministério Público para propor a demanda, pois não haveria interesse individual homogêneo a ser tutelado pelo órgão por meio da ação civil pública. Para as recorrentes, o que prevalece no processo é a circunstância individual de cada consumidor, em relação ao débito questionado. Nesse ponto, porém, a Terceira Turma entendeu que as entidades empresariais não têm razão. 

Nancy Andrighi afirmou que a Lei 7.347/85, que dispõe sobre a legitimidade do MP para a propositura de ação civil pública, é aplicável a quaisquer interesses transindividuais, tais como definidos no artigo 81 do Código de Defesa do Consumidor, ainda que eles não digam respeito às relações de consumo. 

A jurisprudência do STJ é no sentido de que os interesses individuais homogêneos são considerados relevantes por si mesmos, sendo desnecessária a comprovação da relevância. Segundo a relatora, fica clara na discussão a natureza individual homogênea do interesse tutelado, de forma que o MP pode atuar em favor dos consumidores. 

A ministra mencionou que a situação individual de cada consumidor não é levada em consideração no momento da inclusão de seu nome no cadastro de inadimplentes. Basta existir demanda judicial discutindo o débito, o que evidencia a prevalência dos aspectos coletivos e a homogeneidade dos interesses envolvidos. 

REsp 1148179 Fonte: AASP

Colaboração

Gumercindo Muni Advogados

Governo prepara a troca do imposto sindical por uma taxa a ser negociada


O governo federal está costurando o início de uma reforma no sistema de financiamento dos sindicatos no Brasil. O Palácio do Planalto dará o primeiro passo no sentido de tornar realidade um sonho antigo do PT e bandeira histórica da Central Única dos Trabalhadores (CUT) – a troca do imposto sindical por uma taxa negociada por cada sindicato com sua categoria. 

Na mesa da presidente Dilma Rousseff está um projeto que regulamenta a profissão de comerciário, que deve ser sancionado nos próximos dias. No meio do texto está inserida a criação desta nova "taxa negocial", que poderá ser cobrada por cada sindicato no valor de até 1% do salário por mês. 

Neste primeiro passo, o governo vai manter o imposto sindical, cobrado de todos os trabalhadores com carteira assinada no País desde 1943, e a nova taxa negocial será criada como uma contribuição adicional. No futuro, o governo pode promover a troca do imposto pela taxa negocial. 

Em reunião na semana passada no Planalto com o ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, seu adjunto para questões sindicais, José Lopez Feijóo, e o ministro do Trabalho, Brizola Neto, Dilma chegou a demonstrar preocupação com o fato de a nova taxa representar um gasto extra para os trabalhadores. 

No entanto, a presidente foi convencida por Carvalho que a taxa negocial permite ao trabalhador cobrar desempenho de seu sindicato, diferente do que ocorre hoje. Além disso, o ministro da Secretaria-Geral afirmou que diversos sindicatos oferecem cursos de qualificação, assistência médica e atividades desportivas à sua base, e o modelo novo serviria para estimular ações semelhantes aos demais sindicatos. Carvalho chegou a citar o caso de seu pai, que fora comerciário e obtinha esses benefícios do seu sindicato. 

Soluções. A presidente solicitou aos técnicos do governo, então, duas soluções. Dilma quer criar um dispositivo legal que obrigue os sindicatos a aplicar o dinheiro que será obtido com a taxa negocial apenas com saúde e educação. Além disso, a presidente quer que o dinheiro fique exclusivamente com os sindicatos, isto é, quer proibir que ele seja dividido com federações, confederações e centrais. 

A lógica do governo para os sindicatos é semelhante daquela empreendida por Dilma na administração pública. Assim como estabelece metas e cobra resultados de seus ministros e técnicos, Dilma quer um movimento sindical mais dinâmico no País. 

O primeiro passo foi dado há duas semanas, quando o governo anunciou regras mais rígidas para o registro sindical, dificultando a proliferação de sindicatos de fachada, criados apenas para abocanhar parte do dinheiro arrecadado com a cobrança do imposto sindical. O segundo seria a própria "superação" deste modelo de financiamento. 

Rateio. Hoje, os 47 milhões de trabalhadores com carteira assinada no País recolhem o imposto sindical, que equivale a um dia de trabalho por ano. Esse dinheiro, que em 2012 superou R$ 2 bilhões, é repassado pelo governo ao movimento sindical – 60% vai para os sindicatos, 20% para federações, 10% para confederações e, desde 2008, outros 10% ficam com as centrais. O restante engorda o caixa do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). 

A substituição do imposto sindical pela taxa negocial é uma bandeira histórica da CUT, a maior central do País, com 2,2 mil sindicatos e 2,5 milhões de associados. As demais centrais são contrárias à substituição do modelo atual. 

João Villaverde - Fonte: AASP

Colaboração

Gumercindo Muni Advogados

Parque do Ibirapuera - GCM/SP - 'Secretaria Municipal de Segurança Urbana lança projeto “Corra com a Guarda.” dia 20.03.2013





Quarta-feira (20/03/2013), às 08h30min, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por meio da Guarda Civil Metropolitana, lançará o projeto “Corra com a Guarda”, no Parque Ibirapuera.
Além de aproximar os laços entre a comunidade e a corporação, a idéia é proporcionar mais segurança aos usuários do local e incentivar a prática de esportes na cidade de São Paulo.
No início do evento, o Secretário Municipal de Segurança Urbana, Roberto Porto, concederá uma entrevista coletiva à imprensa. Ele, juntamente com o Comandante Geral da GCM, Eduardo de Siqueira Bias, também participarão da corrida inaugural.


Como funciona

As corridas acontecerão todas as segundas, quartas e sextas-feiras, exceto feriados, e também vão contar com uma aula de alongamento.
A cada meia hora, entre 08h e 11h, um grupo composto por um professor de Educação Física e dois monitores percorrerá um trajeto de três quilômetros dentro do Parque Ibirapuera.''
Para correr com a Guarda não será necessário inscrição prévia, basta procurar a tenda da GCM, localizada na Praça do Porquinho (próxima ao portão 6), em um dos horários acima.
O número de integrantes do grupo é ilimitado.
O objetivo da secretaria é expandir o projeto “Corra com a Guarda” a outros parques da cidade


Queiroz, Marcos dos Santos

Inspetor GCM Cmte. Oper. Adjunto

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"