notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

SP - Ong. Reino das Patas, realiza Castracão em mais de 300 animais no Morro Grande EMEF Professora Caira Alayde Alvarenga Medea

Neste final de semana passado dias 11 e 12 de Fevereiro de 2012 a ONG REINO DAS PATAS realizou um Mutirão de Castracão em Cães e Gatos, em parceria com a Prefeitura, no Bairro do Morro Grande na EMEF PROFESSORA CAIRA ALAYDE ALVARENGA MEDEA durante todo o dia.

Centenas de moradores do bairro levaram seus bichinhos de estimacão, que foram carinhosamente atendidos por uma equipe de mais de 10 médicos cirurgiões e voluntários na equipe de enfermagem e outros integrantes da ONG.

foto Rosangela Matos - Jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Doutores atendendo os animais assim que saiam da cirurgia, atencao, carinho e simpatia foi o que nao faltou a equipe.


foto Rosângela Matos/Jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Sr. Vicente Gallo - Presidente da ONG Reino das Patas

foto Rosângela Matos/Jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Donos de animais aguardando atendimento pela ONG.

foto Rosangela Matos /jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Preparando os animaizinhos para a cirurgia

foto Rosangela Matos - jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Animal no pós operatório voltando para o lar
foto Rosangela Matos - jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Eunice Lourenzi e Marcos Roberto Corcelli 
SUVIS - Freguesia do O - Brasilandia 

Faziam o cadastro para entrega da coleira de identificacão  do animal
O SUVIS e responsavel pelo cadastramento do animal e encaminhamento para castracão  e este servico e Gratuito!
Rua Chico de Paula 238 Fone 3931-8811

foto Rosangela Matos - jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
CCZ - Centro de Controle de Zoonozes

foto Rosangela Matos - jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Beatriz Benz (Jornalista Teen e estudante do 2Ano do Ensino Medio) e o namorado Leandro Galletta (academico de Direito) levaram July para o atendimento, Beatriz muito nervosa foi consolada por Dr. Marco Furlanetto (Medico Cirurgiao Veterinario) que explicou o passo a passo da cirurgia e que os riscos eram minimos. Mais tranquila ela posou para foto ao lado do namorado, Leandro Galletta, muito atencioso que nao saia do seu lado. 
foto Rosângela Matos/jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Dr. Marco Furlanetto - Cirurgião Veterinário integrante da equipe médica 





foto Rosangela Matos - jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Vera Godoy
Pedadoga e Voluntaria no Bairro de Brasilandia, Morro Grande e bairros vizinhos, se empenhou em levar animais da redondeza de forma voluntaria e gratuita, com certeza, ajudou muito a comunidade que nao tinha meios de chegar ate la com seus animais e nao podiam perder esta oportunidade. Parabens Vera!


foto Rosangela Matos/jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Kellen Cristina de Freitas Barbosa e sua filha Nicolly Christiane Barbosa Santos, levaram 4 gatas para castração. O tempo todo a pequena ficava de olhos atentos para ver os bichinhos chegando e preocupada, observava cuidadosamente cada um deles.

foto Rosângela Matos/ jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Animaizinhos no pós cirúrgico descansam e voltam da anestesia para serem devolvidos aos seus donos.


foto Rosangela Matos /jornalcidadeemfocoaz.blogspot.com
Equipe médica, voluntários e integrantes da Ong Reino das Patas



Agradecimentos 

ONG REINO DAS PATAS
SR. VICENTE GALLO - Presidente

Realização: Prefeitura Sao Paulo
ONG: Reino das Patas
Veterinário Responsável: Dr. Gustavo Adolfo Sato

Equipe Medica

Dr. Gustavo Adolfo Sato
Dr. Viviane Benvenga Gallo
Dr. Ricardo Siqueira
Dr. Marco Antonio
Dr. Mariana Paula Martinho
Dr. Douglas Segallo Caragelasco
Dr. Alexandre Innocencio Santos
Dr. Rodrigo Rossi
Dr. Priscila Zanotti
Dr. Natalia Valente
Dr. Patricia Souza Lima

Flavia Siebra - Aux. de Veterinaria
Cristiane Siebra - Aux. de Veterinaria
Ariane Filino - Aux. de Veterinaria
Carla - Aux. de Veterinaria
Elizabeth Lira - Aux. de Veterinaria

Eunice Lourenzi - SUVIS Freg.O - Brasilandia
Marcos Roberto Corcelli - SUVIS Freg.O - Brasilandia

CCZ - Centro de Controle de Zoonozes

SHA - Alimento de Cozinha Industrial

Todos os Voluntarios da O.N.G. Reino das Patas

Todos os Voluntarios do EMEF PROFESSORA CAIRA ALAYDE ALVARENGA MEDEA 


Ao Diretor, SR. LUIS

foto Rosangela Matos - Jornal Cidade em Foco.com
Esta foi a foto escolhida por nossa equipe, acreditamos que se os animais pudessem expressar sua gratidao, teriam todos este comportamento.

Muito Obrigada! 


Obrigada!
Por se preocuparem com nossos bichinhos que todos os dias nos fazem mais felizes, são  nossos companheiros, amigos fieis, cumplices e confidentes, nossos animais, fazem parte de nossa familia e ajudando a eles, nos fazem um carinho especial, nos fazem felizes e o que podemos retribuir e gratidão , gratidão  imensuravel, gratidão  por toda a vida, gratidão  que dinheiro nenhum avalia.

Obrigada!
Porque enquanto uns judiam, desprezam e ignoram estes nossos grandes amigos, voces levam atencão , carinho, saude e amor

Obrigada!
Por voces existirem e fazerem a diferenca!

Rosangela Matos 
Diretora de Midias 
Jornal Cidade em Foco
Matriz Sao Paulo - Brasil



Flagrante em SP: Vandalismo na linha Pça. Princesa Isabel x Jd. Selma em São Paulo

Dia 11.02.2012 indo em direção à Moema,  dois adolescentes que sentados no fundo do ônibus, tiraram um spray de espuma (usado nas festividades do carnaval) e começaram a lançar pela janela nos carros e transeuntes que iam pela calçada e nos pontos de ônibus.
Se divertiam muito com o mal feito e comentavam que queriam ver um mendigo, o pior foi quando um dos automóveis que recebeu a espuma, quase perdeu o controle do carro e colidiu com outro automóvel que ia a sua frente pois, ao acionar o limpador de para-brisas, a espuma se espalhou, o que poderia ter provocado um acidente fatal na avenida 9 de Julho.

foto Rosângela Matos     Jornal Cidade em Foco.com
Menores se divertindo ao jogar espuma nos carros e passageiros que aguardavam ônibus nos pontos, pela janela do ônibus linha Pça.Princesa Isabel em destino ao Jd. Selma dia 11.02.2012 por volta das 13h e 35min


foto Rosângela Matos      Jornal Cidade em Foco.com
placa do ônibus.

Ha alguns quilômetros à frente, na Praça do Pombo, cruzamento com Av. Ibirapuera em Moema, o ônibus teve problemas mecânicos, o que obrigou o motorista parar para averiguações e todos os passageiros descerem.

foto Rosângela Matos      Jornal Cidade em Foco.com
Motorista do ônibus da linha Pça.Princesa Isabel em destino ao Jd.Selma dia 11.02.2012 fazendo vistoria para ver o que havia acontecido por volta das 13h e 50min em frente a Pça. do Pombo, cruzamento com Av. Ibirapuera em São Paulo

Foto Rosângela Matos      Jornal Cidade em Foco.com

Espero que sejam tomadas providências quanto ao vandalismo dentro dos ônibus, infelizmente temos consciência de que este tipo de supervisão não é fácil, mas, fica aqui nossa denúncia e lamento pelos prejudicados no infeliz ato destes menores que, ao invés de se divertirem com maldades, deveriam estar usando a jovialidade e a inteligência no emprego em algo mais proveitoso para sí e para os outros.

Será esta nossa cina ? Serão estes o modelo de adultos que teremos em um futuro próximo? 
Até que ponto nós somos responsáveis por este comportamento ?
O que podemos fazer para mudar este quadro?
O Poder Público tem alguma parcela de responsabilidade por atos como este ou não?
O que nossos filhos fazem longe de nossas vistas ?

Fica aqui um caso à se pensar.

Rosângela Matos
Diretora de Mídias
Jornal Cidade em Foco

Geisy Arruda e ex-BBBs vão à quadra da Águia de Ouro


Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, também participou do ensaio da escola de samba paulista neste domingo, 12.


Geisy Arruda e os ex-BBBs Tessália e Alex foram à quadra da Águia de Ouro em São Paulo. Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, também participou do ensaio último da escola de samba paulista neste domingo, 12.

Geisy Arruda no ensaio na quadra da Águia de Ouro em São Paulo



Ex-BBBs Alex e Tessália



Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinhafonte: EGO

Protestos em Portugal ganham versão de 'Ai, se eu te pego'



'Ai, não nos calam!' reclama das medidas do governo para conter crise.
Manifestação reuniu cerca de 300 mil pessoas em Lisboa no sábado (11).


Uma versão do hit "Ai, se eu te pego", do brasileiro Michel Teló, com letra que reclama das medidas de austeridade adotadas pelo governo, foi publicada no Youtube por manifestantes portugueses para convocar para o protesto que reuniu cerca de 300 mil pessoas no sábado (11) em Lisboa.
"Basta! Já chega, que o capital nos roube. Ai, não nos calam! Ai, não, não nos calam!", diz a letra de "Ai, não nos calam!", vista por mais de 12 mil pessoas até a tarde deste domingo (clique aqui para ver).


Vídeo de "Ai, não nos calam!", versão do hit de Michel Teló sobre crise em Portugal (Foto: Reprodução)Vídeo de "Ai, não nos calam!", versão do hit de Michel Teló sobre crise em Portugal (Foto: Reprodução)

"Esta é dedicada à luta contra o desemprego, a precariedade, os baixos salários e a política de austeridade que recai de forma pesada sobre os trabalhadores deixando intocadas as fortunas e o capital", diz a descrição do vídeo.
O texto também chama os internautas a participarem do protesto, organizado pela central sindical Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP).
Entre as medidas de austeridade implantadas pelo governo em meio à crise na zona do euro que provocaram indignação em Portugal, estão o corte do décimo terceiro e do décimo quarto salários dos funcionários públicos e dos aposentados, o aumento dos preços dos transportes públicos e a redução do seguro desemprego.

fonte: G1

Whitney Houston morre aos 48 anos

É com grande pesar que publicamos esta triste notícia!
Perdemos uma das grandes vozes da música americana, com certeza, ficará eternizada em nossos corações e lembranças.
Whitney, obrigada por embalar nossos momentos, obrigada por fazer parte de nossas vidas e obrigada por ter existido em nosso meio. Vai com Deus e descanse em Paz.

Aos familiares e amigos, nossas sinceras condolências!

Equipe do Jornal Cidade em Foco
Rosângela Matos
Diretora de Mídias 
Matriz São Paulo - Brasil
Whitney Houston se apresenta em pré-festa de gala do Grammy 2011, em Beverly Hills (12/02/2011)


A cantora Whitney Houston morreu aos 48 anos neste sábado (11), segundo informações da agência de notícias Associated Press. De acordo com o assessor da cantora, Kristen Foster, as causas da morte e o local em que a artista foi encontrada ainda são desconhecidos.
Ela era considerada a rainha da música pop até que sua voz e imagem foram destruídas pelo uso de drogas e a vida pessoal tumultuada com seu último marido, o cantor Bobby Brown.

No auge, Whitney foi considerada a "garota de ouro" da indústria fonográfica. Entre o meio dos anos 80 e o fim dos anos 90 , ela foi uma das artistas que teve o maior número de vendagens de discos. Ela maravilhava as pessoas com sua voz poderosa, criada na Igreja Batista, mas ao mesmo tempo palatável para o gosto do grande público.
Ela deixa uma filha, Bobbi Kristina, fruto de seu casamento com Bobby Brown. Eles ficaram juntos entre 1992 e 2007.
fonte musicauol

Sábado (4/22012) foi o Dia Mundial Contra o Câncer, domingo (5/2/2012) o Dia Nacional da Mamografia



Paiva Netto

Sábado (4/2) foi o Dia Mundial Contra o Câncer, e domingo (5/2) o Dia Nacional da Mamografia. Aproveito as datas para chamar a atenção sobre um mal que acomete cada vez mais pessoas.
Reportagem feita por Sabrina Craide, da Agência Brasil, informa que “o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente da doença no mundo (atrás do câncer de pulmão) e deverá ter aproximadamente 52,7 mil novos casos no país este ano, de acordo com estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca)”.
Conforme ressalta o Inca, “o exame clínico da mama deve ser feito uma vez por ano pelas mulheres entre 40 e 49 anos. E a mamografia deve ser realizada a cada dois anos por mulheres entre 50 e 69 anos, ou segundo recomendação médica”. E mais: “Embora a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos, mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas antes dos 50 anos, apresentam maior risco de desenvolver a doença. Esse grupo deve ser acompanhado por médico a partir dos 35 anos. (...)”
Quando detectado nos estágios iniciais, as chances de cura são de aproximadamente 95%. Contudo, aponta Ricardo Caponero, diretor técnico-científico da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), “ainda falta conscientização das mulheres para a importância da realização periódica da mamografia. (...) Apenas 30% das mulheres fazem o exame”. Desde 2009, o exame tem cobertura gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS), direito assegurado pela Lei 11.664/2008. Em prol de sua saúde, as mulheres não podem abrir mão desse benefício.

PREVENÇÃO
Para melhor conhecimento de todos sobre o assunto, vale consultar o site do Inca, www.inca.gov.br. Vejam, por exemplo, algumas dicas de prevenção:
“Evitar a obesidade, através de dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o câncer de mama, já que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença. A ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada, é contraindicada, pois é fator de risco para esse tipo de tumor, assim como a exposição a radiações ionizantes [raios x, por exemplo] em idade inferior aos 35 anos”.

AGRADECIMENTO
Recebi do coronel Sila Pereira Rocha, comandante do 5o Grupamento de Bombeiros Militar, agradecimento ao apoio da Legião da Boa Vontade às vítimas das cheias dos rios Paraíba do Sul e Muriaé, que atingiram diversas cidades banhadas por eles no norte fluminense.
“Vale salientar a participação da LBV, que, mesmo antes da primeira solicitação de água potável para os municípios de Campos dos Goytacazes e Cardoso Moreira, já se antecipou com uma entrega de 42 toneladas de água mineral, que foram disponibilizadas para vários municípios atingidos.”
Prosseguiu o comandante: “Sinto-me no dever de parabenizar a LBV pela presteza, solidariedade e seriedade com que tratou os assuntos de apoio aos desabrigados e desalojados. (...) Apresento protesto de mais elevada estima e consideração”.
Grato, coronel Sila. É como costumo dizer, Força Armada e Civil, tudo é Brasil!

  José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.



Justiça ignora CLT e aceita novas formas de contrato

imagem: oqueeh.com.br
Com as mudanças nas relações de emprego nas últimas décadas, o Judiciário começa a aceitar novas formas de contrato fora da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Recentes decisões judiciais rejeitam o vínculo de emprego de profissionais como executivos, médicos, advogados e professores, dependendo do tipo de relação que mantêm com a organização que os contrata. "Surge uma terceira figura", diz o advogado Marcelo Mascaro Nascimento, do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista. "São profissionais que não podem ser classificados como autônomos, nem como empregados pela CLT." 

Um dos critérios avaliados é o grau de instrução e o poder econômico do profissional. Quando o trabalho envolve conhecimento altamente especializado e admite um nível elevado de autonomia, alguns tribunais vêm considerando que não há desvantagem do trabalhador ao negociar com a empresa. Em casos assim, não se aplicariam as regras da CLT, destinadas a proteger o trabalhador hiposuficiente. 

Nessa situação intermediária, o contratado chega a ter um cartão de visita da organização e uma sala própria. Pode estar sujeito a controles de horário e outras exigências na metodologia de trabalho. Mas em geral não bate ponto, nem está totalmente subordinado aos chefes. 

Apesar disso, não é um profissional autônomo - no contexto jurídico, aquele que faz serviços eventuais e com maior independência, na obrigação de entregar um produto final. "É uma zona cinzenta, na qual a Justiça não tem como aplicar o instrumental da CLT, feita em 1943 para cuidar do trabalhador daquela época, do operário do chão de fábrica", diz Nascimento. 

Uma situação cada vez mais comum é a de executivos que exercem cargos de diretoria em empresas, e depois entram na Justiça pedindo vínculo de emprego. Em alguns casos, eles são contratados como pessoa jurídica e, em outros, como diretor estatutário, eleito em assembleia, e recebem por meio de pró-labore (forma de remuneração de sócios e alguns diretores). 

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) estipulou que, quando um empregado é eleito para ocupar cargo de diretoria, o contrato de trabalho fica suspenso durante o período em que ele exerce a posição - a não ser que permaneça "a subordinação jurídica inerente à relação de emprego". A existência de subordinação, no entanto, tem que ser avaliada caso a caso. 

Em um processo emblemático, o TST rejeitou o vínculo de emprego do antigo vice-presidente de um banco, por entender que não havia subordinação. A instituição financeira argumentou que o executivo tinha autonomia para tomar decisões em nome da empresa, inclusive representá-la diante do público externo. Embora tenha perdido em segunda instância, o banco ganhou a ação no TST. Dezenas de casos semelhantes correm no Judiciário, muitos deles em segredo de justiça por envolver nomes conhecidos e altas somas de dinheiro. 

Outras decisões rejeitam o vínculo de emprego de profissionais especializados - como engenheiros, médicos, advogados e até apresentadores de TV. Uma decisão recente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo (2ª Região), por exemplo, negou o pedido de um médico que queria o reconhecimento do vínculo de emprego com o laboratório Fleury, para receber todas as verbas garantidas pela CLT, como 13º salário, hora extra, férias e FGTS. 

O médico havia sido contratado por meio de uma empresa, da qual era sócio. Como ele também usava a firma para prestar serviços para outros contratantes, o TRT entendeu que não se tratava de um caso de "pejotização" - tentativa de camuflar uma relação típica de emprego. Outro motivo foi que o médico tinha a liberdade de pedir substituição, em seus plantões, por profissionais da mesma especialidade. 

Em outro processo contra o laboratório, o TRT de São Paulo voltou a afastar a CLT. No caso, o profissional foi contratado por meio de uma cooperativa médica, mas alegou que mantinha um contrato de exclusividade e a empresa controlava suas atividades, o que seria um sinal de subordinação. 

Mas o TRT paulista entendeu que a exclusividade não gera, por si só, a aplicação da CLT, e o controle não significa necessariamente subordinação jurídica: "A ingerência da contratante é inerente a todo tipo de prestação de serviços, que não é cumprido ao bel-prazer do contratado", afirma a decisão. 

Mais um critério analisado foi a formação especializada do médico, que tinha doutorado e atuava como empresário. Para o tribunal, essa "formação técnico-profissional o torna presumivelmente conhecedor da real natureza dos negócios jurídicos que celebra". A falta de controle de horário e a remuneração, que variava de acordo com a produtividade, também foram levadas em conta. 

Em outro julgamento recente, o TST rejeitou o vínculo de emprego entre uma advogada associada a um escritório de advocacia. Ela processou a banca pedindo o pagamento de verbas trabalhistas por atuar em regime de exclusividade e com um rígido controle de horário. Mas a 6ª Turma rejeitou o vínculo, confirmando decisão de segunda instância que levou em conta o conhecimento jurídico da profissional. Os juízes entenderam que não seria possível considerar ilegal o contrato de associação, "um ato jurídico escrito e assinado por advogada". 

O advogado Filipe Ragazzi, do Tavares, Ragazzi e Riemma Advogados, pondera, porém, que o vínculo empregatício ainda é a regra nos contratos de trabalho. "Essas outras relações são exceções, que precisam ser avaliadas caso a caso."

Maíra Magro - De Brasília 
fonte AASP

COLABORAÇÃO
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Nota da Redação


É difícil entender, como para uns a Lei se faz cumprir e para outros não, bem, acredito que a Lei é para todos em todas as situações, será que estou errada ?


O que caracteriza vínculo empregatício?


Então, este "vínculo empregatício" pode ser para uns e para outros não? 


Isto depende exatamente do que?


Onde está dito isto em nossa Constituição Trabalhista ?


Por favor, os doutores da Lei, nos esclareça... Obrigada!




Rosângela Matos
Jornalista Profissional MTB 54903/SP
Diretora do Jornal Cidade em Foco
Matriz São Paulo - Brasil





Lei que criou empresa de apenas um sócio entrou em vigor 09/01/2012 no país



Entrou em vigor 09/01/2012 a lei nº 12.441/2011, que criou a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), modalidade de pessoa jurídica que protege os bens pessoais do empreendedor. 

A lei foi aprovada em junho de 2011 pelo Congresso e sancionada pela presidente Dilma Rousseff em 11 de julho. 

Constituída por um só titular, a Eireli garante a distinção entre o patrimônio do empresário e o patrimônio social da empresa, o que reduz de forma significativa os riscos para o empreendedor. 

Caso a empresa passe por algum tipo de problema, como processos trabalhistas, somente o patrimônio social da empresa responderá pelas dívidas, sem que os bens pessoais do empresário sejam afetados. 

Para constituir uma Eireli, é preciso capital social de, no mínimo, cem salários mínimos -R$ 62,2 mil em valores atuais- e as regras são as mesmas aplicadas às sociedades limitadas. 

Até a aprovação da lei, o Código Civil previa apenas a figura do microempreendedor individual (MEI) -que, ao contrário da empresa individual limitada, responde com seu patrimônio pessoal por eventuais compromissos decorrentes da atividade empresarial. 

Durante a tramitação do projeto, o governo argumentou que a nova lei contribuirá para aumentar a formalização, especialmente de microempresários que são resistentes a constituir empresas. 



Outra vantagem apontada foi o fato de a modalidade acabar com as figuras dos sócios "faz de conta", que se associam aos empreendedores de fato apenas para cumprir a norma de que as empresas tinham de ter pelo menos dois sócios. O nome empresarial deverá, necessariamente, conter a expressão Eireli, do mesmo modo como hoje ocorre com as sociedades limitadas (Ltda.) e as anônimas (S.A.). É proibido ao empresário individual de responsabilidade limitada figurar em mais de uma empresa da mesma modalidade. 

(Priscilla Oliveira) AASP

COLABORAÇÃO
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Nota da Redação


Ficamos felizes com esta notícia, esperamos que novos empreendedores se animem e constituam suas empresas embasadas nesta nova lei e ajudem a ampliar o desenvolvimento de nosso País.
Boa Sorte à todos!

Rosângela Matos
Jornalista Profissional MTB 54903/SP
Diretora de Mídias
Jornal Cidade em Foco
Matriz São Paulo - Brasil

Banco segue lei e barra portas-giratórias em São Paulo


imagem de fatonotorio.com.br
O banco Itaú Unibanco decidiu retirar as portas giratórias das agências localizadas na cidade de São Paulo. A medida atende ao texto da lei 14.642, de autoria do vereador Dalton Silvano (PV), que proíbe a utilização dessas portas e detectores de metais para acesso aos bancos e demais instituições financeiras.

O projeto tramitava pela Câmara Municipal de São Paulo desde 1999, mas, mesmo quando aprovado pela Casa, nunca entrou em vigor por conta de ação movida pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) que alegou haver inconstitucionalidade na disposição da lei. A ação ainda corre na justiça.

À época, o vereador Dalton Silvano já entendia que a utilização das portas giratórias causava constrangimento desnecessário a muitos clientes e era uma ferramenta pouco eficaz no combate ao crime.

“Pelo que li na imprensa desde a retirada das portas giratórias no Itaú Unibanco, a população concorda com a lei que está sendo questionada na justiça. É muito constrangedor para qualquer cidadão de bem ser barrado na porta da agência por uma chave ou celular que esteja no bolso. Devemos estudar outras maneiras de manter a segurança dos bancos, mas que sejam mais eficazes e não deem tanta dor de cabeça aos clientes das agências”, afirmou.

Ainda não há registros de outras instituições bancárias que vão seguir o exemplo do Itaú Unibanco

Nota enviada pela assessoria de imprensa do Vereador Dalton Silvano via e-mail.

Nota da Redação:


Parabéns ao vereador Dalton Silvano pois, estas portas além de constrangir, promoviam atrasos nos serviços dos trabalhadores e eram discriminativas, eu mesma já vi por diversas vezes, pessoas entrando com metais sem o alarme ser acionado enquanto que, outros sem absolutamente nada, inclusive eu, o alarme disparando. Novamente, Parabéns!


Rosângela Matos
Diretora de Mídias
Jornal Cidade em Foco
Matriz São Paulo - Brasil

Atuação de profissionais da saúde é ampliada em votação no Senado



A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado aprovou ontem, o projeto de Ato Médico, que define as atividades da profissão. A versão retirou pontos polêmicos como a exclusividade dos médicos, concedida no projeto aprovado pela Câmara, em 2009, para execução de procedimentos como papanicolau e diagnóstico de problemas psicológicos e nutricionais.


Dos cinco pontos mais criticados, o relator Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) abrandou quatro. O texto aprovado afirma que diagnóstico de doenças pode ser feito apenas por médicos. Mas abre espaço para que outros diagnósticos, como a avaliação sobre a capacidade de realizar movimentos e articular sons, sejam feitos por outras especialidades, como fonoaudiologia. 


O texto diz que médicos têm de coordenar procedimentos que permitem a assistência ventilatória do paciente, mas autoriza fisioterapeutas a atuar no processo. Exames como biópsias e citologia podem ser feitos por farmacêuticos e biomédicos - o que o texto anterior não permitia. 


Ainda assim, médicos continuam tendo exclusividade na emissão de laudos de exames de endoscopia, exames de imagem e amostras de tecidos e órgãos. 


"Foi a melhor versão possível", resumiu Valadares. "Procuramos definir o que é ato médico, mas resguardar garantias de outras profissões." O texto ainda tem de ser submetido à avaliação das comissões de Educação e de Assuntos Sociais antes de ir para o plenário do Senado. 


O relator também retirou a exclusividade de médicos na aplicação de injeções subcutâneas, intramusculares e intravenosas. Mas não esclareceu se técnicos em acupuntura e tatuadores terão o direito de seguir com suas atividades. "Listo os métodos invasivos. Na prática, as questões vão sendo resolvidas." 


Manoel Carlos Neri Silva, presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), queixa-se da falta de definição. "A acupuntura, por exemplo, é um procedimento invasivo, e vários profissionais da saúde, não necessariamente médicos, fazem especialização nessa área", diz. 


Um ponto polêmico, que provocou irritação de profissionais de saúde, foi mantido. Apenas médicos podem manter cargos de chefia e direção de serviços médicos. Demais profissionais podem ficar com a chefia administrativa. O argumento das demais categorias era de que o atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar, portanto integrantes de outras profissões poderiam chefiar o serviço. 


Para o senador, o risco de o projeto aprovado ontem sofrer novas modificações é muito pequeno. Na Comissão de Educação, a relatoria deve ficar com a senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO), autora de texto semelhante aprovado no Senado. "A nova versão está melhor, mas há pontos preocupantes para fisioterapeutas e enfermeiros", disse o integrante do Conselho Federal de Farmácia, Carlos Eduardo Queiroz. 


Reclamações. Neri Silva, presidente do Cofen, diz que o projeto aprovado na quarte-feira, 8, mantém pontos confusos. Ele diz, por exemplo, que a nova versão atribui como atividade exclusiva dos médicos a prescrição de remédios no Programa Saúde da Família (PSF). "Hoje, os enfermeiros do programa já prescrevem medicamentos para tuberculose, hanseníase, hipertensão e diabete, seguindo o protocolo do Ministério da Saúde. Se não puderem mais fazer isso, será um prejuízo para a população que é atendida pelo SUS", avalia. 


Humberto Verena, presidente do Conselho Federal de Psicologia, diz que o projeto restringe a atuação dos psicólogos, impede-os de fazer diagnósticos de depressão ou outros transtornos e também os impede de prescrever terapias. "Quando você puxa para o médico o diagnóstico e a indicação terapêutica, você dá um golpe no trabalho em equipe. Os outros profissionais ficam satélites da opinião do médico." 


Para Silva, do Cofen, da forma como está, o projeto vai contra uma tendência mundial de atendimento de saúde multidisciplinar. "Querem centralizar tudo na figura do médico por puro corporativismo", afirmou. 


Roberto d"Avila, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), diz que o projeto apenas formaliza o papel do médico: fazer diagnóstico e tratar doenças. "Isso é o senso comum. Vamos continuar fazendo o que fazemos. Não há subordinação." 


Sobre a ação de enfermeiros no PSF, d"Avila diz que eles podem apenas repetir a receita médica em casos de controle, para evitar que o paciente tenha de ir ao médico todo mês, mas nunca diagnosticar e prescrever por conta. "Os enfermeiros querem assumir a atenção básica, e isso é um absurdo", diz. 


Sobre o fato de psicólogos poderem diagnosticar depressão, d"Avila diz que, para isso, eles precisariam estudar psiquiatria. "Como tratarão neuroses, esquizofrenia? Só com papo e conversa? De jeito nenhum. Essas doenças são causadas por deficiências bioquímicas, e os pacientes precisam de medicamentos." 



Lígia Formenti e Fernanda Bassette
fonte AASP

COLABORAÇÃO 
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Nota da Redação

Esperamos que o povo não seja como sempre, desfavorecido em prol à uma classe corporativista e dominante, haja visto que, muitos médicos, nem sempre se dispões à assistir à população da periferia, onde a demanda de intercorrências é rotineira e exacerbada, onde aí, mais do que em qualquer outro lugar, entra a ação da equipe multidisciplinar que sempre está presente e se qualificando a cada dia mais e mais, para atender e tentar suprir as carências destas comunidades quanto à assistência médica devida que lhes falta.
É o momento de refletir de que forma todos podem, cada um em sua área de atuação, auxiliar o paciente tão sofrido à mercê de uma política pública que nem sempre lhes socorre no momento que mais necessita.
A desumanização nos atendimentos nos Postos de Saúde e Prontos Socorros só vem a cada dia, comprovar que a demanda é desfavorável ao corpo Médico e até quem não está, fica doente pela espera de um atendimento, e quando o tem, em muitos casos, deixa a desejar, ainda mais, as equipes multidisciplinares estão com toda qualificação que a profissão lhes outorga, com competência para executar tarefas para a qual, eles foram treinados e aprovados. 
Esperamos que esta discussão, apensar de ser antiga, chegue à um bom senso em socorro aos milhares de brasileiros que sofrem nos Hospitais Públicos, nas UBS e Prontos Socorros e que, se para tanto for necessário, que os profissionais tenham ainda mais capacitação, que os Orgãos de direito o faça!
O que não podemos ver mais é nossa população à mercê de um sistema corporativista e orgulhoso, pois, a maior riqueza de uma Nação, incontestavelmente é o seu povo, sua gente e seus patriotas.

fonte de imagem outubrovermelho.com 
Onde está o médico ? Pergunta o paciente na fila ha 2 horas aguardando o atendimento.
Ele esta com uma emergência médica, ja já vem lhe atender. Responde o atendente.

Será que você já passou por isto?
Onde estão os milhares de médicos que se formam anos após ano?
Há Hospitais e Prontos Socorros que não encontramos médicos suficientes para atender a comunidade, aos acidentados e aos casos de emergência.
Onde estão os clínicos, os dermatologistas? os oftalmologistas? os ginecologistas? os urologistas, os gastros, as especialidades médicas dos programas de saúde em São Paulo são uma "mosca branca" não se consegue agendar com rapidez uma consulta, todos devem passar por um clínico antes, mas onde eles estão?
Tem médicos clínicos aí perto da sua casa? 
Você já se dirigiu à um Posto de Saúde e lhe mandaram ír à um Pronto Socorro porque lá não havia um clínico para lhe atender? Chegando no Pronto Socorro também não havia clínico e você precisou por sua conta e risco "achar" outro lugar para ser atendido ?
Um pediatra já lhe atendeu em um Posto de Saúde porque não havia médico clínico na UBS naquele momento?
Ora, duvido que não. Se não aconteceu isto com você, uma das duas, ou você não usa este Programa de Saúde Público ou não conhece a rotina de um, desculpe-me!

Rosângela Matos
Diretora de Mídias 
Jornal Cidade em Foco
Matriz São Paulo - Brasil.

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"