notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Lançada máquina de fliperama dos Rolling Stones

Luciano Borborema – Território Eldorado 
Uma máquina de fliperama dos Rolling Stones acaba de ser lançada pela Stern pinball. A empresa americana é a mesma que criou jogos como ‘Avatar’, ‘Shrek’ e ‘Homem-aranha’. A máquina traz vários detalhes da história da banda. 
 Têm capas de discos, a famosa logo marca da banda (a língua), bonequinhos dos integrantes da banda e a trilha sonora que conta com 13 sucessos da banda de Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood e Charlie Watts . “Brown sugar” e “It’s only rock n’ roll” são alguns deles.
Detalhe da máquina de pinball dos Stones. (Divulgação)MAIS STONE
Um presentão para os fãs dos Stones será lançado no dia 11 de abril, no Reino Unido. Trata-se da caixa “The Rolling Stones singles (1971-2006)” com todos os 45 singles que a banda lançou entre os anos 1971 e 2006. A data de lançamento do boxe em outros países será divulgada em breve.

(Divulgação)
Além dos singles, o boxe ainda contará com raridades como lados-B, gravações ao vivo e remixes. O pacote inclui também com um livreto de capa dura com 32 páginas com fotografias variadas e uma entrevista com o ex-baixista Bill Wyman.

O orçamento de Obama congelará os pobres


Na proposta de orçamento que entregou semana passado ao Congresso dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama propôs o congelamento de gastos do governo nos próximos cinco anos. Prestem atenção à palavra “congelar”. Isso é precisamente o que pode acontecer a muita gente se este orçamento for aprovado tal como proposto. Enquanto o gasto com defesa aumenta, uma vez que o Pentágono realizará seu maior pedido de financiamento desde a Segunda Guerra, o orçamento propõe cortar a metade do programa denominado Programa de Assistência Energética para Lares de Baixa Renda. O artigo é de Amy Goodman.

Na semana passada, o presidente Barack Obama tornou público seu orçamento para 2012 e, orgulhoso, pronunciou as seguintes palavras: “Pedi que se congelasse o gasto interno anual nos próximos cinco anos. Este congelamento reduziria o déficit em mais de 400 bilhões durante a próxima década e levaria este tipo de gasto ao menor nível de nossa economia desde a presidência de Dwight Eisenhower”.


Prestem atenção à palavra “congelar”. Isso é precisamente o que pode acontecer a muita gente se este orçamento for aprovado tal como foi proposto. Enquanto o gasto com defesa aumenta, uma vez que o Pentágono realizará seu maior pedido de financiamento desde a Segunda Guerra Mundial, o orçamento propõe cortar a metade do programa denominado Programa de Assistência Energética para Lares de Baixa Renda (LIHEAP, em sua sigla em inglês).


O programa LIHEAP oferece fundos federais aos estados para que estes possam ajudar economicamente a lares de baixa renda e assim satisfazer suas necessidades energéticas, principalmente calefação. A maioria dos beneficiários deste programa são pessoas da terceira idade ou portadores de necessidades especiais. O programa tem atualmente um financiamento de 5 bilhões de dólares e Obama quer reduzi-lo para 2,57 bilhões – quase a metade. Este é um programa de vida ou morte porque literalmente pode evitar que as pessoas morram de frio e representa menos da décima parte do 1% do orçamento anual de 3,7 trilhões de dólares que foi apresentado.


Comparemos esta cifra com o orçamento militar apresentado. “Gasto de defesa” é uma denominação incorreta. Até 1947-48, o nome oficial do Pentágono era (corretamente) Departamento da Guerra. No orçamento divulgado no Dia de São Valentim, o Departamento de Defesa solicita 553 bilhões de dólares como orçamento base, mais um aumento de 22 bilhões relativo a um adicional orçamentário de 2010. A Casa Branca solicitou o que denomina “78 bilhões” em cortes, que o Secretário da Defesa, Robert Gates, está considerando. Mas como assinala o Institute for Policy Studies:“O Departamento de Defesa fala de cortar seu próprio orçamento – 78 bilhões em cinco anos – e a maioria dos meios de comunicação toma isso ao pé da letra, quando não deviam fazê-lo. O Pentágono segue com o costume de planificar aumentos ambiciosos, para logo baixá-los e chamar isso de corte”.


O orçamento de 553 bilhões de dólares do Pentágono sequer inclui os gastos de guerra. Para mérito de Obama, os mesmos estão de fato no orçamento. Lembrem quando o presidente George W. Bush se referiu várias vezes aos gastos como necessidades de “emergência” e pressionou o Congresso para que aprovasse fundos complementares por fora do processo orçamentário habitual. No entanto, o governo de Obama deu às guerras do Iraque, Afeganistão e Paquistão o apelido orwelliano de “operações de contingência no exterior”, solicitando para tanto 118 bilhões de dólares. Se somamos isso aos 55 bilhões para o Programa Nacional de Inteligência (um ponto do orçamento cuja quantidade nunca antes havia sido revelada, segundo o especialista do governo em assuntos secretos Steven Aftergood), o orçamento militar/e de inteligência anunciado publicamente estaria na ordem dos três quartos de trilhão de dólares.


O orçamento de 216 páginas apresentado por Obama não menciona uma única vez o Pentágono. No entanto, menciona o nome do presidente Eisenhower. Em duas oportunidades, atribui a Eisenhower a criação do sistema nacional de autoestradas entre os estados e, como já foi mencionado, faz alarde em torno da proposta de congelar o gasto. “Esse congelamento seria o maior esforço destinado a restringir o gasto dos últimos 30 anos, e para 2015 diminuiria os fundos para gastos não relacionados com a segurança como parte da economia, o nível mais baixo desde que Dwight Eisenhower foi presidente”.


Se Obama vai se referir a seu predecessor, deveria aprender com a advertência profética de Eisenhower, pronunciada em seu discurso de despedida de 1961: “Fomos obrigados a criar uma indústria armamentista permanente de enormes proporções. Três milhões e meio de homens e mulheres participam diretamente do estabelecimento da defesa. A influência total – econômica, política e inclusive espiritual – se sente em cada cidade, em cada capitólio estadual, em cada escritório do governo federal. Reconhecemos a necessidade fundamental deste desenvolvimento.
No entanto, devemos entender suas graves repercussões. Nos conselhos do governo devemos tratar de evitar que o complexo militar-industrial adquira influência injustificada, seja ela buscada ou não. Existe e seguirá existindo potencial para que haja um aumento desastroso do poder em mãos inadequadas”.


Outro discurso de Eisenhower que deveria orientar Obama foi pronunciado em abril de 1953, na Sociedade Estadunidense de Diretores de Jornais, apenas duas semanas depois dele assumir como presidente. Neste discurso, o general tornado presidente disse: “Cada arma que fabrica, cada barco de guerra que se lança na água, cada foguete que se dispara significa em última instância um roubo aqueles que padecem de fome e não tem alimento, aqueles que têm frio e não tem abrigo”.


Estamos vivendo um dos invernos mais frios da história nos EUA. Uma em cada oito pessoas nos EUA usa cupões de alimentação, o que representa a maior porcentagem da história. Muitos outros também carecem de assistência de saúde, apesar dos benefícios iniciais da lei da reforma do sistema de saúde aprovada no ano passado. Os estadunidenses têm frio, fome e estão desempregados. Ao aumentar o gasto militar, que já é superior a todos os orçamentos militares do mundo tomados em seu conjunto, simplesmente estamos levando esse sofrimento ao exterior. Devíamos ter claro quais são as nossas prioridades.


(*) Denis Moynihan colaborou na produção jornalística desta coluna.

Tradução: Katarina Peixoto




Fotos: Pessoas fazem fila para receber refeição nos EUA. 

Curso de Inicialização Profissional em Direito começa na AASP

Ex-campeões do UFC trocam farpas pelo Twitter

Os ex-campeões dos meio-médios Forrest Griffin e Tito Ortiz se desentenderam e trocaram provocações na tarde da última sexta-feira.
Quem iniciou o "entrevero" foi Griffin que postou uma mensagem ironizando o jeito de lutar de Ortiz.

Forrest Griffin venceu Rich Franklin em sua última luta, no UFC 126

"Eu sou o novo Tito Ortiz. Perdendo ou ganhando, em cada luta manterei meus adversários no chão o quanto for possível, mas sem finalizar a luta", cutucou.
Tito não deixou barato e partiu para o ataque, respondendo a Griffin. "Nunca defendeu um título mundial. Quando foi nocauteado, correu para fora do octógono como um cachorro".
Ortiz se referia a 2009, quando Griffin foi nocauteado pelo brasileiro Anderson Silva e abandonou o octógono em seguida sem nem esperar o árbitro dar o resultado oficial.
Pouco tempo após essas publicações, os dois trataram de colocar panos quentes na conversa.
"Tenho que pedir desculpas se eu machuquei seus sentimentos e dos seus fãs. Nunca mais voltarei a fazer isso. Desculpa", disse Tito para Forrest Griffin, que logo respondeu.
"Não se preocupe comigo e siga em frente com seu trabalho. Eu estava apenas tentando ser engraçado", finalizou Griffin.

Esporte - UFC 127 terá transmissão pelo Facebook

Os fãs do MMA receberam uma boa noticia do Ultimate. O UFC 127, em Sydney, repetirá o UFC 126 e terá transmissão pelo Facebook no próximo domingo (27).



BJ Penn disputará a principal luta da noite
As lutas escolhidas para serem transmitidas serão entre o australiano Anthony Perosh e o inglês Tom Blackledge, e entre o chinês Tiequan Zhang e norte-americano Jason Reinhardt.

Essa será a terceira vez que eventos do UFC terão transmissão pela rede social. Antes, além do UFC 126, o UFC Fight Night 23 já havia usado o Facebook.

A principal luta da noite do UFC 127 será entre Jon Fitch e BJ Penn.



fonte: http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/esporte/2011/02/23/269819-ufc-127-tera-transmissao-pelo-facebook

Emagrecedores: reunião termina sem definições

Anvisa vai rever estudos antes de decidir se suspende a venda dos medicamentos. Por enquanto, eles continuam no mercado

Yara Achôa, iG São Paulo
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou hoje (23) a audiência pública para discutir a proibição dos moderadores de apetite que atuam no sistema nervoso central, usados para tratar aobesidade, um problema crescente em todo o País. A intenção da agência é banir esses medicamentos do mercado.

Participaram da discussão membros da agência, médicos endocrinologistas e representantes de diversas associções ligadas ao tratamento da obesidade. O primeiro embate oficial entre os posicionamentos contra e a favor dos emagrecedores não resultou em uma decisão final sobre o tema. Os argumentos dos especialistas no tratamento da obesidade, entretanto, foram suficientes para que a agência reguladora de alimentos e medicamentos decidisse rever os estudos usados para basear a decisão de banir as drogas para emagrecer. A decisão final ficará adiada por tempo indeterminado. Por enquanto, a prescrição e a venda dessa classe de medicamentos segue igual.
Os remédios que estão na berlinda são a sibutramina – considerada padrão ouro no tratamento da obesidade –, além dos derivados de anfetamina femproporex, mazindol e dietilpropiona (anfepramona), drogas que estão no mercado brasileiro há mais de 30 anos.
“A decisão não tem amparo em trabalhos científicos. Consideramos que houve uma interpretação equivocada de trabalhos científicos. Atualizamos as diretrizes de tratamento de obesidade no final de 2010 e chegamos a conclusões opostas às da Anvisa. Esses remédios, quando bem prescritos, são úteis, bem tolerados e trazem bons resultados”, diz Ricardo Meirelles, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, presente na reunião com a entidade.
O médico diz que nos consultórios a primeira orientação para o tratamento da obesidade sempre é adequação nutricional e prescrição de atividade física.
“Quando esses recursos falham, usamos os medicamentos”.
Sem essas drogas, dizem os especialistas, pacientes obesos ficarão sem opção de tratamento e a tendência é que aumente a procura por cirurgias de redução de estômago, formas clandestinas para obter a droga ou fórmulas e métodos alternativos não eficazes para a perda de peso.
Estudo

Um dos principais pontos discutidos pela agência é o resultado do estudo Scout, realizado pelo próprio fabricante da sibutramina (Abbott) com cerca de 10 mil pacientes obesos com mais de 55 anos. A maioria tinha histórico de doença cardíaca e parte deles, diabetes.
Nesses pacientes foi constatado que o risco de infarto associado ao uso da sibutramina é de 16%. Com base nesse resultado, a União Europeia considerou que o risco era extensivo a todos os pacientes e decidiu banir a droga do mercado. Nos EUA, o medicamento foi retirado das prateleiras por decisão do fabricante, após a FDA (agência que regula fármacos e alimentos) apertar o cerco contra a droga.
“Houve má interpretação do estudo. O pior é que não existiu discussão com a classe médica anteriormente. Professores e autoridades no assunto têm muitos trabalhos a respeito e muito a acrescentar na discussão”, diz a endocrinologista Claudia Cozer, médica da diretoria da Associação Brasileira paro o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).
“O remédio sempre teve contraindicações. Sabemos dos riscos. Mas só há aumento de risco quando o tratamento é feito de forma diferente à indicada. Se houver proibição, teremos um retrocesso de 30 anos no tratamento da obesidade, quando se achava que as pessoas só eram obesas por falta de força de vontade”, argumenta o endocrinologista Walmir Coutinho, ex-presidente da Abeso e presidente eleito da International Association for the Study of Obesity (IASO).
“Os critérios existem, só precisam ser obedecidos. Cerca de 80% dos casos de obesidade são tratados com medicamentos, somente 20% são operados. Se analisarmos, todos os remédios tem algum efeito colateral, podem fazer mal. Então devemos proibir todos?”, completa o médico Bruno Zilberstein, da clínica de endocrinologia Gastromed, de São Paulo.

A posição de outros especialistas
Por outro lado, cardiologistas se posicionam a favor da decisão da Anvisa. A maioria concorda que os benefícios dos emagrecedores não superam os riscos.
“Esses medicamentos causam arritmia, distúrbios renais entre outras complicações”, diz o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, do Hospital do Coração (HCor), de São Paulo.
O médico conta que a especialidade trabalha em um projeto chamado Obesidade Zero, com medidas para deter o aumento o problema do excesso de peso sem utilização de drogas. “Dieta e exercícios funcionam”, rebate.

Governo de Obama desiste de defender lei que veta casamento gay

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS


FOTO: Reprodução fonte: http://siteits.wordpress.com/2010/02/23/juiza-autoriza-casamento-gay/

A administração de Barack Obama anunciou nesta quarta-feira que não irá mais defender a constitucionalidade de uma lei que barra o reconhecimento de uniões entre pessoas do mesmo sexo.
De acordo com o secretário de Justiça, Eric Holder, Obama concluiu que seu governo não pode defender a lei federal que define que casamento só pode designar a união de um homem com uma mulher.
"O cenário legal mudou muito desde 15 anos atrás, quando o Congresso aprovou o Ato de Defesa do Casamento", disse Holder em um comunicado.
Ele lembrou que o debate no Congresso americano que levou à aprovação do ato "contém numerosas expressões que refletem reprovação moral a gays e lésbicas e suas relações íntimas e familiares, sendo o tipo de pensamento baseado em estereótipos o que a Cláusula de Proteção das Igualdades (da Constituição americana) visa impedir".
Até então, o Departamento de Justiça defendia a lei. A mudança de posição rendeu elogios de congressistas democratas no Congresso, mas resposta crítica do líder republicano John Boehner.
"Enquanto os americanos querem que Washington se concentre em criar empregos e cortar gastos, o presidente terá que explicar porque ele agora acha apropriado lançar uma discussão que divide o país", disse o porta-voz de Boehner, Michael Steel.
Na Casa Branca, o porta-voz Jay Carney disse que Obama "ainda avalia" sua visão pessoal sobre o casamento gay, mas que sempre se opôs pessoalmente à lei, dizendo que ela é "desnecessária e injusta".
Em uma coletiva de imprensa em dezembro do ano passado, respondendo à pergunta de um repórter, o presidente havia dito que sua posição sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo "está sempre evoluindo".
No passado, ele se opôs ao casamento e apoiou a união civil para casais homossexuais.
"Isso é algo que continuaremos a debater", acrescentou Obama na ocasião.

O saxofonista Wayne Shorter e a cantora Sharon Jones farão shows no Brasil


Festival promovido por uma montadora de veículos terá o mesmo formato do finado Free Jazz, que marcou época no Brasil em meados dos anos 1990

Sharon Jones, influência assumida da cantora Amy Winehouse, fará show no Brasil em junho

Os saxofonistas Wayne Shorter e Joshua Redman, a cantora Sharon Jones, acompanhada pela banda The Dap Kings, e o baixista Marcus Miller, consagradas estrelas do jazz e do soul americano contemporâneos, farão shows no Brasil entre os dias 10 a 12 de junho. 


O festival, promovido por uma montadora de veículos, terá noites tematizadas. Uma delas dedicada ao saxofone, outra ao jazz de raiz e a última a propostas de renovação do gênero. Os shows principais acontecerão no Auditório do Ibirapuera, além de performances de acesso gratuito no parque. De acordo com Monique Gardenberg, a produtora do evento, o formato é bastante assemelhado ao do festival Free Jazz, que marcou época em meados dos anos 1990 no Brasil.


Além dos shows, estão programados workshops gratuitos de Wayne Shorter, Marcus Miller e Garcia-Fons.Os valores e o início da venda de ingressos ainda não foram divulgados.
Assista abaixo a um clipe da cantora Sharon Jones, assumida influência da também cantora Amy Winehouse 


fonte: 
http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/o-saxofonista-wayne-shorter-e-a-cantora-sharon-jones-farao-shows-no-brasil

Argentina cria barreiras contra a importação de 600 produtos, mas garante que Mercosul não é afetado

Medida causou receio nos países membros - Brasil, Uruguai e Paraguai. Governo argentino voltou a afirmar hoje que não há motivo para preocupação e que a medida só vale para países não membros

 fonte desta imagem: http://www.google.com.br/images?hl=pt-br&q=argentina&rlz=1B3GGLL_pt-BRBR396BR396&um=1&ie=UTF-8&source=og&sa=N&tab=wi&biw=1024&bih=548

Redação Época, com Agência Estado
Depois de ampliar, na semana passada, as licenças não automáticas (LNAs) de importação para 600 produtos a partir de março, o governo argentino voltou a afirmar, nesta quarta-feira (23), que as barreiras não afetarão os ítens provenientes de mercados do Mercosul (Brasil, Paraguai e Uruguai). Por causa da medida, o ministro brasileiro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, foi a Buenos Aires na última sexta-feira para conversar com sua colega, Débora Giorgi.

"As licenças não automáticas que a Argentina aplica perseguem o objetivo de monitorar as importações provenientes de países de fora do Mercosul e de nenhuma maneira estão dirigidas a criar obstáculos ao comércio com os sócios do Mercosul", disse hoje o secretário argentino de Indústria e Comércio, Eduardo Bianchi, durante reunião do Grupo Mercado Comum do Mercosul em Assunção, no Paraguai.

Na mesma reunião, o secretário de Comércio e Relações Econômicas Internacionais da Chancelaria da Argentina, Luis María Kreckler, também garantiu que os produtos dos países sócios não serão afetados. Giorgi, também presente, afirmou que o Brasil não será prejudicado pelas novas barreiras, que têm o poder de tornar mais lenta a entrada dos produtos importados no mercado argentino. O prazo máximo permitido pelas normas da Organização Mundial do Comércio (OMC) é de 60 dias.


fonte:http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI213610-15259,00.html?utm_source=feedburner&utm_medium=twitter&utm_campaign=Feed%3A+globo%2FfFJI+%28Neg%C3%B3cios+e+Carreira%29

Alta do Petróleo

por Miriam Leitão

Enviado por Valéria Maniero - 23.02.2011 às 16h33m

Analista vê espaço para outras fontes de energia

Especialista em Energia, David Zylbersztajn acha que o preço do petróleo continuará subindo no curto prazo, por conta do agravamento dos conflitos na Líbia e do temor de que se espalhem por outros países produtores. Acha também que isso pode abrir caminho para a viabilização econômica de outras fontes de energia.
- O aumento do preço vai levar a uma busca por fontes de energia mais renováveis.
Para ele, o Brasil pode se beneficiar no futuro como mercado alternativo ao Oriente Médio.
- Quando discursou ainda como candidato, Obama disse que uma das promessas era acabar em dez anos com a dependência americana do petróleo do Oriente Médio. Ou seja, falava em diversificar, procurar alternativas fora. O Brasil, mais seguro, confiável e sem conflitos, pode ganhar com isso.

fonte: http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2011/02/23/analista-ve-espaco-para-outras-fontes-de-energia-365231.asp

Mundo - Prostitutas voltam à escola na Tailândia; veja

DA EFE

Centenas de prostitutas dos chamados "bairros vermelhos" da Tailândia aprendem idiomas, informática e até dança flamenca com ajuda de ativistas que buscam promover a "dignidade" desta profissão, conhecida como a mais antiga do mundo.
"Temos centros educativos em 11 províncias, onde as profissionais do sexo aprendem idiomas, culinária e canto, assim como os direitos que têm como pessoas", explica Chantawipa Apisuk, fundadora da ONG Empower, comprometida com a assistência às mulheres. 

fonte:http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/879933-prostitutas-voltam-a-escola-na-tailandia-veja.shtml

"O Grammy não é sobre quem é mais popular", defendem magnatas da música

Em 23/02/11 às 13:04 Por: Amanda Faia
 
O resultado do Grammy 2011 ainda repercute na imprensa. Em carta aberta enviada a um jornal americano, o empresário Steve Stoute – que já trabalhou com Jay-Z, Kanye west e Eminem – criticou a entrega dos gramofones dourados no último dia 13 de fevereiro. "A premiação tornou-se uma série de hipocrisias e contradições. Como é que Justin Bieber, um cantor que define o que significa ser um artista moderno, não ganhou a categoria Revelação? O Grammy Awards está claramente perdendo o contato com a cultura popular contemporânea", desabafou Steve.
As declarações não ficaram sem resposta. Diversos empresários também ligados a indústria da música reagiram ao texto. Tom Silverman, fundador da Tommy Boy Records foi o primeiro a defender o evento: "O Grammy nunca foi sobre quem era mais popular. A exposição de Esperanza Spalding irá catapultar o gênero do jazz", disse.
Jeff Rabhan, que trabalha ao lado de Clive Davis, também reagiu. "Há uma velha piada sobre o Grammy: que é uma vergonha e não representa o mundo moderno até que eu vença. Se eu ganhar, é o melhor prêmio do mundo", declarou a Billboard.
Tags: ,
 
fonte: 
http://popline.mtv.uol.com.br/o-grammy-nao-e-sobre-quem-e-mais-popular-defendem-magnatas-da-musica?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Paraná - Laudo sobre espionagem na Alep descreve transmisão de áudio

Deputados do Paraná recebem cópia do documento nesta quarta (23).
Presidente da 'CPI do grampo', Rangel (PPS), diz estar "convencido".

Vinícius Sgarbe Do G1 PR

O relatório entregue pela empresa Embrasil ao presidente da “CPI do grampo” da Assembleia do Paraná descreve “equipamentos de alta tecnologia, para transmissão à distância de áudio”. “Estou convencido que o laudo é muito completo e complexo”, disse, em entrevista ao G1, o presidente deputado Marcelo Rangel (PPS).
Nesta quarta-feira (23) os outros dez deputados que compõem a Comissão devem receber cópias do documento que contém “fotos e um estudo técnico assinado por um profissional com mais de 35 anos de experiência”.
De acordo com Rangel, em abril do ano passado (2010), o Legislativo do Paraná licitou quatro equipamentos relacionados à interferência de ligações telefônicas. Desses, três seriam portáteis e um seria fixo.
O relatório descreve o equipamento fixo como capaz de bloquear ligações de celular e também transmitir informações por ondas. Ele estaria nas imediações do gabinete do 1º secretário. “[O equipamento] parece clandestino, como se tivesse sido feito artesanalmente. (...) Não tem registro da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações)”, explicou. A polícia ainda não apresentou o laudo da perícia técnica.
Na ocasião da varredura na Assembleia, no começo deste mês (fevereiro), o diretor da Embrasil, Alfredo Ibiapina, descreveu o equipamento encontrado na sala do chefe de gabinete do 1º secretário como uma placa eletrônica de fabricação israelense para transmissão por rádio, com raio de alcance 100m.
A CPI deve sabatinar nos próximos dias o delegado-chefe do Centro de Operações Especiais (Cope) da Polícia Civil do Paraná, Alexandre Macori. O Cope é responsável pelo inquérito.

fonte: http://g1.globo.com/parana/noticia/2011/02/laudo-sobre-espionagem-na-alep-descreve-transmisao-de-audio.html

BH - PM prende 4 policiais envolvidos nas mortes no Aglomerado da Serra

Eles foram levado para unidades de prisão da PM, em BH.
Um adolescente e um homem morreram no sábado (19).

Do G1 MG
A Polícia Militar (PM) informou na tarde desta quarta-feira (23) que os quatro policiais militares envolvidos na morte de Jéferson Coelho da Silva, de 17 anos, e Renilson Veriano da Silva, de 39, foram presos e levados para unidades de prisão da PM em Belo Horizonte. As prisões foram feitas durante a madrugada desta quarta-feira (23). Eles são suspeitos de matar as vítimas, na madrugada do último sábado (19), no Aglomerado da Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.
Segundo a PM, cerca de 20 pessoas estariam vestidas com fardas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) no sábado, no Aglomerado da Serra e, com a chegada da PM, teria começado um tiroteio. A população do aglomerado contesta a versão policial e disse que não houve troca de tiros, mas sim, que os disparos teriam sido feitos apenas pelos policiais.
De acordo com o corregedor da PM, coronel Herbert Fernandes Souto Silva, a prova da materialidade e os indícios são suficientes para pedir a prisão dos acusados. Silva disse que não poderia detalhar o inquérito porque é sigiloso, mas disse que a Justiça se embasou na garantia da ordem pública e na segurança para aplicar a lei penal e a manutenção da hierarquia militar.
Segundo o corregedor, os policiais alegaram que estavam se deslocando do Aglomerado da Serra e foram surpreendidos com uma troca de tiros. Todos os policiam envolvidos na ocorrência são da Rotam e têm de quatro a 17 anos de corporação. Silva disse, ainda, que o fato é isolado e não dá para generalizar. A taxa de reclamação sobre a atuação do batalhão em 2009 foi de 0,029% das ocorrências atendidas, de acordo com Silva.
Escola
A Escola Municipal Professor Edson Pisani e as Unidades Municipais de Educação (Umeis) Santa Izabel e São João, que ficam no Aglomerado da Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, foram reabertas nesta quarta-feira (23). Cerca de 500 estudantes de seis a 11 anos matriculados no Ensino Fundamental da escola e outros 200 alunos de até cinco anos matriculados nas duas Umeis voltaram às salas de aula nesta quarta-feira (23), de acordo com informações da Secretaria Municipal de Educação. O fornecimento de luz, que havia sido interrompido por causa de danos na fiação elétrica da escola, foi restabelecido, de acordo com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).
A escola e as Umeis ficaram fechadas durante dois dias, após conflito entre moradores do aglomerado e a Polícia Militar (PM).
Transporte
As cinco linhas de ônibus que atendem à região não circulam no Aglomerado da Serra nesta quarta-feira (23). Segundo informações da Empresa de Transporte e Trânsito da capital (BHTrans), os ônibus SC 102 (Nossa Senhora de Fátima/ Hospital Evangélico), SC 103 (Vila Cafezal/ Rua Pouso Alto) e 107 (Vila Marcola/Rua do Ouro) não rodam.
Ainda de acordo com a empresa, o ônibus 4107 (Alto Caiçara/Serra) teve o ponto final alterado da Praça do Cardoso para o Hospital Evangélico. Já o ponto final da linha 9031 (Nossa Senhora de Fátima/Centro) foi transferido para o Hospital da Baleia.
Entenda o caso
Na madrugada de sábado (19), dois homens foram mortos por policiais no Aglomerado da Serra. Depois disto, moradores atearam fogo em três ônibus coletivos e entraram em conflito com a Polícia Militar (PM).
Segundo a versão da Polícia Militar (PM), militares encontraram cerca de 20 suspeitos com fardas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e da PM, durante uma patrulha no bairro Serra. De acordo com a corporação, houve troca de tiros e um policial ficou ferido.
A população defende que as vítimas foram executadas e que não houve troca de tiros. Ainda segundo moradores, os dois homens não tinham ligação com atividades criminosas.
A Polícia Civil investiga o caso e um Inquérito Policial Militar também foi aberto para apurar detalhes do conflito. O Ministério Público Estadual acompanha a investigação do caso.
De acordo com a Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel), cerca de 50 mil pessoas moram no Aglomerado da Serra – aproximadamente 14,4 mil famílias.

fonte:http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/02/pm-prende-4-policiais-envolvidos-nas-mortes-no-aglomerado-da-serra.html

Cão arrisca a vida para ficar ao lado de amigo atropelado na China

Caso ocorreu em estrada em Dazhi.
Cão só saiu da estrada após cachorro ser retirado.

Do G1, em São Paulo
Um cão arriscou sua vida para ficar ao lado de outro cachorro que foi atropelado por um carro em uma estrada em Dazhi, na China. O caso ocorreu no início desta semana. O cão só saiu da estrada depois que uma pessoa retirou o animal atropelado da estrada, segundo reportagem do jornal inglês "Daily Mail".
Cão arriscou sua vida para ficar ao lado de amigo atropelado. (Foto: Reprodução/Daily Mail)
fonte:  http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/02/cao-arrisca-vida-para-ficar-ao-lado-de-amigo-atropelado-na-china.html

Governo federal tem arrecadação de R$ 91 bi, recorde para janeiro

A arrecadação de janeiro apresentou um crescimento real (com correção pelo IPCA) de 15,34% ante janeiro do ano passado

Adriana Fernandes e Renata Veríssimo, da Agência Estado
BRASÍLIA - Em meio às tentativas de recriação da CPMF (o imposto do cheque), a arrecadação de impostos e contribuições federais voltou a bater recorde em janeiro. A Receita Federal informou há pouco que a arrecadação do mês passado atingiu R$ 91,071 bilhões, maior valor registrado em meses de janeiro e a segunda maior arrecadação mensal, perdendo apenas para dezembro do ano passado, quando atingiu R$ 93,241 bilhões (a preços correntes, com a correção da inflação, a arrecadação de dezembro do ano passado somou R$ 94,015 bilhões).
O resultado do mês passado superou o teto das projeções dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que iam de R$ 77,7 bilhões a R$ 84,2 bilhões, com mediana de R$ 79,750 bilhões.
A arrecadação de janeiro apresentou um crescimento real (com correção pelo IPCA) de 15,34% ante janeiro do ano passado. Em relação a dezembro, que foi um mês de resultado histórico, a arrecadação de janeiro apresentou queda real de 3,13%. A arrecadação das receitas administradas somou em janeiro R$ 87,186 bilhões, com alta real de 16,66% ante janeiro de 2010. Já as receitas administradas por outros órgãos (que incluem royalties) somaram no mês passado R$ 3,885 bilhões, com queda real de 8,02% ante o mesmo mês de 2010.
O ritmo de crescimento das receitas administradas já é maior do que o verificado em janeiro de 2010, sinalizando impacto positivo do crescimento econômico na arrecadação. Em janeiro do ano passado, as receitas administradas apresentaram expansão de 12,27% ante o mesmo mês de 2009.
A Receita atribuiu o desempenho positivo da arrecadação de janeiro ao aumento da produção industrial, das vendas de bens e serviços e da massa salarial.
Imposto de Renda
O Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) - dois tributos que incidem sobre a lucratividade das empresas - puxaram a arrecadação do mês de janeiro. Esses dois tributos apresentaram crescimento real (com correção pelo IPCA) de 24,17% em janeiro ante igual período de 2010 e foram responsáveis por 38,35% de todo o incremento de receitas obtidas no primeiro mês do ano em relação ao mesmo mês do ano passado.
Esse resultado da arrecadação do IRPJ e da CSLL foi fortemente influenciado pelo pagamento do ajuste anual relativo a fatos geradores ocorridos no ano de 2010 por parte das empresas que optaram pela apuração do Imposto de Renda por estimativa anual.
A arrecadação do IRPJ e da CSLL somou R$ 23,859 bilhões em janeiro ante R$ 19,215 bilhões no mesmo mês do ano passado, um aumento de R$ 4,644 bilhões. Do total de R$ 23,859 bilhões arrecadados com os dois tributos, R$ 9,973 bilhões foram recolhidos pelas empresas que pagam pela estimativa mensal. Outros R$ 6,227 bilhões, pelas pessoas jurídicas que pagam pelo lucro presumido. A declaração de ajuste rendeu R$ 2,786 bilhões.
A Receita também obteve R$ 845 milhões de depósitos judiciais referentes a esses tributos. Outros R$ 4,028 bilhões da arrecadação do IRPJ e CSLL de janeiro não foram discriminados pela Receita.
Segundo a Receita, o crescimento na arrecadação dos dois tributos pela sistemática do lucro presumido reflete o forte incremento das vendas de serviços e produtos no último trimestre de 2010.
Setor mineral
O setor econômico que mais teve aumento da arrecadação em janeiro foi o de extração de minerais metálicos. Segundo dados da Receita Federal, a arrecadação de impostos e contribuições federais pagos pelas empresas desse setor apresentou em janeiro uma expansão de 240,99% ante o mesmo mês do ano passado.
A arrecadação do setor de educação cresceu no período 74,30% e a de telecomunicações, 56,28%. Já a arrecadação das entidades financeiras subiu 10,93%, mas esse setor, em termos globais, é o que pagou mais impostos em janeiro: R$ 11,132 bilhões. 

fonte: 
http://economia.estadao.com.br/noticias/economia%20brasil,arrecadacao-do-governo-em-janeiro-soma-r-91-bilhoes,not_56282,0.htm

Lindsay Lohan posa para revista japonesa

Lindsay Lohan posa para revista japonesa

Lindsay Lohan posa para revista japonesa

A polêmica atriz Lindsay Lohan dá pinta de modelo na nova edição da revista japonesa JJ. Com longas madeixas loiras, Lindsay exibe sua beleza fazendo caras e bocas sensuais e usando looks básicos: saia preta e blusa branca. Confira as fotos:

Fernando Torquatto dá dicas para cuidar do megahair
 Lindsay Lohan para a JJ magazine. Foto: Divulgação
Lindsay Lohan para a JJ magazine. Foto: Divulgação

fonte: http://gnt.globo.com/Estilo/Noticias/Lindsay-Lohan-posa-para-revista-japonesa.shtml

Rio - PM faz operação para buscar responsáveis por série de crimes que aconteceram no Méier

Ana Claudia Costa
RIO - Policiais do 3º BPM (Méier) realizaram, na manhã desta quarta-feira, uma operação nos morros da Cachoeirinha e Árvore Seca para tentar localizar os bandidos que promoveram roubos em série, na noite de terça , em ruas do Méier e do Cachambi, na Zona Norte do Rio. Em menos de duas horas, entre 20h e 22h, um oficial do Exército e de um policial militar foram assassinados a menos de um quilômetro um do outro. Ladrões ainda fizeram um arrastão no Cachambi e roubaram passageiros dentro de um trem. Durante a operação, os PMs prenderam o traficante Carlos Eduardo, vulgo Totó. De acordo com a polícia, ele teria participado dos crimes. O preso também estaria envolvido na queda de um helicóptero da polícia, em novembro de 2009.
RIO - Policiais do 3º BPM (Méier) realizaram, na manhã desta quarta-feira, uma operação nos morros da Cachoeirinha e Árvore Seca para tentar localizar os bandidos que promoveram roubos em série, na noite de terça , em ruas do Méier e do Cachambi, na Zona Norte do Rio. Em menos de duas horas, entre 20h e 22h, um oficial do Exército e de um policial militar foram assassinados a menos de um quilômetro um do outro. Ladrões ainda fizeram um arrastão no Cachambi e roubaram passageiros dentro de um trem. Durante a operação, os PMs prenderam o traficante Carlos Eduardo, vulgo Totó. De acordo com a polícia, ele teria participado dos crimes. O preso também estaria envolvido na queda de um helicóptero da polícia, em novembro de 2009.
fonte: http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/02/23/pm-faz-operacao-para-buscar-responsaveis-por-serie-de-crimes-que-aconteceram-no-meier-923863856.asp

Facebook bloqueia aplicativo que monitora fim de relacionamento

O Facebook bloqueou nesta quarta-feira (23) o Breakup Notifier, aplicativo que monitora o status de relacionamento de pessoas nas quais você está interessada e lhe envia um e-mail quando elas ficarem solteiras. O serviço já tinha mais de 3,6 milhões de usuários.
O desenvolvedor do Breakup Notifier, Dan Lowenhertz, recebeu um e-mail do Facebook informando que a desativação do aplicativo se deu por conta do excesso de requisições à API (interface de programação de aplicativos) da rede social.
Lowenhertz --que também teve a conta pessoal bloqueada pelo Facebook-- afirmou ao TechCrunch que fará o que for necessário para recolocar o serviço no ar.
"Por favor, contate o Facebook no Twitter para expressar sua insatisfação!", conclama o Breakup Notifier em sua página inicial. 
Reprodução
Breakup Notifier, que avisa por e-mail quando a pessoa em que você está interessada sai de um relacionamento
fonte://http://www1.folha.uol.com.br/tec/879953-facebook-bloqueia-aplicativo-que-monitora-fim-de-relacionamento.shtml?utm_source=feedburner&utm_medium=twitter&utm_campaign=Feed%3A+com%2FctMB+%28Folha.com+-+Tec+-+Principal%29

Artista russo cria menor aquário do mundo

Peça foi criada por Anatoly Konenko.
Aquário tem 30 mm de comprimento e 14 mm de largura.

Do G1, em São Paulo
O artista russo Anatoly Konenko criou o menor aquário do mundo. Especializado em construir réplicas em escala menor, Konenko fez um aquário de 30 milímetros de comprimento, 14 milímetros de largura e 24 milímetros de altura. Para enchê-lo, são necessários apenas 10 ml de água, segundo o jornal inglês "Daily Telegraph".

Aquário tem 30 mm de comprimento, 14 mm de largura e 24 mm de altura. (Foto: Reprodução/Daily Telegraph)

fonte: http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/02/artista-russo-cria-menor-aquario-do-mundo.html

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"