notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Como fazer Tapioca

imagem come-se
Por Juliana 


Eu sempre quis saber do que era feita e como era feita aquela tapioca vendida nas ruas de várias cidades nordestinas e em muitas outras como São Paulo e Rio de Janeiro.
Então uma amiga paraibana me disse que a massa da tapioca era feita à base de mandioca. Aqui em Sampa aprendi que se pode fazer essa massa com polvilho doce que é feito de mandioca.
Com essa massa dá para fazer tapioca de todo sabor. Das doces mais gostosas às salgadas que dão água na boca.
Tapioca
Ingredientes:
1 xícara (chá) ou 100g de polvilho doce
50 ml de água (pode ser que sobre um pouquinho de nada)
1 pitada de sal (menos de 1/2 colher das de café )
Preparo:
Coloque o polvilho doce em uma vasilha. Acrescente o sal e aos poucos á adicionando a água. Conforme for colocando a água vá amassando com as mãos, tentando esmigalhar os gruminhos que vão se formando. Depois de umidificar o polvilho, faça o teste a seguir:
Pegue um punhado da massa de polvilho aperte entre os dedos. Se ao abrir a mão a massa ficar junta e não desmanchar rapidamente, estará no ponto.
Passe a massa pela peneira. Reserve.
Leve uma frigideira antiaderente ao fogo baixo, deixe esquentar um pouco. Coloque mais ou menos uma escumadeira de massa à frigideira. Com delicadeza espalhe a massa na frigideira. Deixe por alguns minutos. Vire do outro lado. Deixe aquecer um pouco e coloque o recheio que desejar. Feche a tapioca como um pastel apertando as laterais com a própria escumadeira, apertando contra a superfície quente da frigideira.
Pronto! Agora é só aproveitar essa surpresa da culinária nordestina.
Olha, o recheio aqui em sampa é muito diversificado. Tem a tradicional de côco com leite condensado, a de queijo manteiga, queijo mussarela com orégano, carne seca desfiada com cebola e muitas outras salgadas. Entre as doces tem a de goiabada com queijo, banana com leite condensado e canela, chocolate com côco, só chocolate, pasta de amendoim…Você pode usar sua criatividade.

Peixe com Cuscuz Marroquino de Páscoa



Você pode fazer com filés de salmão ou qualquer outro peixe branco, como pescada branca e abadejo.
É muito rápido de preparar e ótimo para dar para as crianças. Se não for com cuscuz pode servir com arroz (melhor se for o arroz integral mas se seu filho não gostar pode ser arroz branco ou até um purê de batatas).
Essa quantidade apresentada será para 2 pessoas adultas. Aproveitem esse prato que é fácil e barato de fazer e o sabor muito gostoso.
A fonte dessa receita é o livro “Revolução na cozinha” de Jamie Oliver.

Ingredientes:
  • 150 g de cuscuz marroquino
  • azeite de oliva ou manteiga
  • 2 limões sicilianos
  • sal marinho e pimenta do reino a gosto
  • 2 dentes de alho
  • 1 pimenta vermelha fresca tipo dedo de moça
  • um punhado de manjericão fresco
  • 1 colher (chá) de sementes de cominho ou cominho em pó
  • 1/2 colher (chá) de canela em pó
  • 2 filés de peixe branco com 150g cada sem escamas e sem espinho
  • 200g de camarão descascados e limpos
  • 1 lata ou 400g de tomates picados (pode ser aquele pelado do supermercado ou tomate mesmo sem pele e sem semente)
  • 2 punhados ( ou a seu gosto) de vagens ou ervilhas frescas ou congeladas
Preparo:
Cuscuz
Coloque o cuscuz em uma tigela e adicione duas colheres de azeite de oliva ou amanteiga. Corte um limão ao meio e esprema o suco na tigela. Acrescente uma pitada de sal e pimenta. Adicione aguá fervente suficiente para cobrir o cuscuz, depois cubra a tigela com um prato ou filme plástico. Deixe o cuscuz repousar por 10 minutos ou enquanto você prepara o peixe.
Peixe
Ponha uma panela grande em fogo médio. Descasque o alho e fatie-o finamente. Fatie finamente a pimenta. Arranque as folhas de manjericão dos talos. Reserve as folhas menores e pique grosseiramente as folhas maiores. Despeje dois fios de azeite na panela quente, acrescente o alho, a pimenta vermelha, o manjericão, as sementes de cominho e a canela.
Dê uma mexida em tudo e coloque os filés de peixe por cima. Espalhe os camarões por cima. Adicione os tomates em conserva, as ervilhas e as vagens.
Acrescente o sudo do outro limão. Tampe a panela e deixe ferver. Quando levantar fervura, baixe o fogo e cozinhe em fogo baixo por certa de 8 minutos ou até que o peixe esteja cozido por inteiro e se desmanche em flocos facilmente. Acerte o tempero.
Quando o peixe estiver cozido, o cuscuz já estará pronto e macio. Solte-o com um garfo. Coloque uma colherada de cuscuz em um prato ou bowl. Cubra com o peixe e os vegetais e um pouco do caldo, polvilhe com folhas de manjericão e mande ver.
Por favor, sirva bem quentinho!

Peixe com Cuscuz Marroquino de Páscoa



Você pode fazer com filés de salmão ou qualquer outro peixe branco, como pescada branca e abadejo.
É muito rápido de preparar e ótimo para dar para as crianças. Se não for com cuscuz pode servir com arroz (melhor se for o arroz integral mas se seu filho não gostar pode ser arroz branco ou até um purê de batatas).
Essa quantidade apresentada será para 2 pessoas adultas. Aproveitem esse prato que é fácil e barato de fazer e o sabor muito gostoso.
A fonte dessa receita é o livro “Revolução na cozinha” de Jamie Oliver.
Ingredientes:
  • 150 g de cuscuz marroquino
  • azeite de oliva ou manteiga
  • 2 limões sicilianos
  • sal marinho e pimenta do reino a gosto
  • 2 dentes de alho
  • 1 pimenta vermelha fresca tipo dedo de moça
  • um punhado de manjericão fresco
  • 1 colher (chá) de sementes de cominho ou cominho em pó
  • 1/2 colher (chá) de canela em pó
  • 2 filés de peixe branco com 150g cada sem escamas e sem espinho
  • 200g de camarão descascados e limpos
  • 1 lata ou 400g de tomates picados (pode ser aquele pelado do supermercado ou tomate mesmo sem pele e sem semente)
  • 2 punhados ( ou a seu gosto) de vagens ou ervilhas frescas ou congeladas
Preparo:
Cuscuz
Coloque o cuscuz em uma tigela e adicione duas colheres de azeite de oliva ou amanteiga. Corte um limão ao meio e esprema o suco na tigela. Acrescente uma pitada de sal e pimenta. Adicione aguá fervente suficiente para cobrir o cuscuz, depois cubra a tigela com um prato ou filme plástico. Deixe o cuscuz repousar por 10 minutos ou enquanto você prepara o peixe.
Peixe
Ponha uma panela grande em fogo médio. Descasque o alho e fatie-o finamente. Fatie finamente a pimenta. Arranque as folhas de manjericão dos talos. Reserve as folhas menores e pique grosseiramente as folhas maiores. Despeje dois fios de azeite na panela quente, acrescente o alho, a pimenta vermelha, o manjericão, as sementes de cominho e a canela.
Dê uma mexida em tudo e coloque os filés de peixe por cima. Espalhe os camarões por cima. Adicione os tomates em conserva, as ervilhas e as vagens.
Acrescente o sudo do outro limão. Tampe a panela e deixe ferver. Quando levantar fervura, baixe o fogo e cozinhe em fogo baixo por certa de 8 minutos ou até que o peixe esteja cozido por inteiro e se desmanche em flocos facilmente. Acerte o tempero.
Quando o peixe estiver cozido, o cuscuz já estará pronto e macio. Solte-o com um garfo. Coloque uma colherada de cuscuz em um prato ou bowl. Cubra com o peixe e os vegetais e um pouco do caldo, polvilhe com folhas de manjericão e mande ver.
Por favor, sirva bem quentinho!

Pão de Pobre, delicioso, barato e prático, experimente !




ingredientes:
  • 4 copos (americano) 200ml de água morna
  • 4 tabletes (60 gr) de fermento para pão Itaiquara ou outro ou fermix 2 pacotes
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 4 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de óleo faltando 1 dedo para encher. Se for usar o copo americano, é do risco para baixo
  • Farinha de trigo até o ponto de não grudar nas mãos (mais ou menos 1 1/2 kg)
Preparo:
Coloque em uma vasilha grande, o sal, o açúcar e o fermento.
Misture bem até que o fermento tenha desmanchado.
Depois acrescente a água morna e o óleo.
Misture. Vá acrescentando a farinha até que a massa não grude nas mãos.
Quando eu fiz foi 1 1/2 kg. Não mais que isso. A dica é quando a massa já estiver meio densa despejá-la na mesa e ir rasgando-a e pondo a farinha.
Segundo Beijamin Abraão gasta-se menos farinha e o pão fica mais macio. O processo de rasgar a massa ajuda a integrar melhor a farinha à massa. O ponto chega mais rápido.
Deixe descansar até que a massa dobre de volume. Ela fica bem leve.
Depois disso, corte a massa em 6 partes enrole como para pão (aí minhas amigas e amigos fica a gosto do freguês). Pode fazer individual.
Coloque em assadeiras. Não precisa untar a forma ou pincelar os pães com nada. Como diz o nome é pão de pobre, não é para dar trabalho ou gasto não. Deixe crescer novamente até que dobre o volume, coberto com plástico. Não mexa para não interromper o crescimento.
Leve ao forno pré aquecido 180 graus até que a superfície fique dourada.
Dicas:
Quando colocar a massa para crescer cubra com plástico. Acelera o crescimento e fica sem formar a crosta em cima.
Não precisa sovar a massa.
Na hora de enrolar os pães vá molhando as mãos em farinha de trigo para que não grude nas mesmas. É como se você estivesse untando suas mãos.
Achei esta receita fascinante, super prática e baratinha, é ideal para quem tem filhotes em casa e pra gente que adora um pãozinho, qual quer um pode fazer.
BOM APETITE !

Pudim de Pão


  • 4 pães franceses amanhecidos (isto é pão de anteontem, pão velho, aquele que ninguém mais quer comer porque não é do dia) bem picadinhos
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar refinado
  • 1 colher (sopa ) de margarina temperatura ambiente
  • 1 colher (café) de essência de baunilha
  • 1 pitada de canela
  • 1 ovo
  • 230 ml de leite temperatura ambiente
  • 2 bananas nanicas cortadas em lâminas
  • 1 xícara (chá) de goiabada picada em cubos pequenos
Modo de fazer:
Pique o pão bem pequenininho em uma tigela. Depois acrescente o leite, o açúcar, o ovo, a baunilha, a canela, a margarina e misture muito bem até que tudo vire uma massa homogênea. Fica parecendo massa de bolo mesmo.

Divida a massa em duas partes.

Pegue uma forna de buraco no meio pequena, unte com margarina e polvilhe canela com açucar. Coloque a metade da massa, fatias de banana nanica cortadas no sentido do comprimento e pedaços pequenos de goiabada.
Cubra com o restante da massa. Alise com uma colher .
Leve ao forno pré aquecido 180 graus por mais ou menos 30 minutos ou até que a superfície esteja dourada.
Dicas:
Pode-se fazer tipo pudim também. É só colocar mais ovo e um pouco mais de leite. Untar a forma com calda de caramelo, despejar a massa com o recheio e levar para assar em banho-maria.
Use pães clarinhos para fazer a massa. Se estiverem muito escuros é só tirar com a faca a parte que estiver muito preto.

Coloque também no recheio uva passa ou ameixa. Fica muito gostoso.
Bom Apetite !

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"