JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: 14/03/2011

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Shakira, Iron Maiden e Ozzy no Brasil


O mês de março chega recheado de atrações gringas. Entre outros, Shakira, Ozzy e Iron Maiden desembarcam por aqui. A colombiana já faz nesta terça-feira (15) seu primeiro show no Brasil, dentro do Pop Music Festival.

Mas o ano já começou agitado. Amy Winehouse foi a primeira a chegar. Cyndi Lauper, Backstreet Boys e Paramore, entre outros, já passaram por aqui. 
E, em abril, outra grande atração chega ao Brasil: os irlandeses do U2. Isso sem contar o Rock in Rio, que trará uma verdadeira constelação ao país em setembro.
O R7 fez uma agenda com os principais nomes internacionais já confirmados neste ano.

Veja o Calendário MARÇO 2011:

Pop Music Festival (Shakira, Chimarruts, DJ Fatboy Slim, Ziggy Marley e Train)15, Porto Alegre (estacionamento da Fiergs)
Preços: de R$ 125 a R$ 450
19, São Paulo (Morumbi)
Preços: de R$ 80 a R$ 500
Seal
17, São Paulo (Credicard Hall)
19, Rio de Janeiro (Citibank Hall)
20, Belo Horizonte (Chevrolet Hall)
23, Brasília (Ginásio Nilson Nelson)
27, Recife (Chevrolet Hall)
Preço: R$ 100 a R$ 450
Girlschool19, Rio Claro (interior de São Paulo)
Preço: a entrada será um litro de leite Longa Vida
Anahí e Christian Chávez
25, Rio de Janeiro
26, São Paulo
Preço e locais: ainda não foram divulgados
Morcheeba 26, São Paulo (HSBC Brasil)
Preço: de R$ 120 a R$ 300
Iron Maiden26, São Paulo (estádio do Morumbi)
27, Rio (HSBC Arena)
30, Brasília (ginásio Nilson Nelson)
Preço: R$ 100 a R$ 600
Thirty Seconds to Mars27, São Paulo (HSBC Brasil)
29, Rio (Vivo Rio)
Preços: de R$ 140 a R$ 250
Ozzy Osbourne
30, Porto Alegre
Preço: R$ 200 a R$ 600
Journey30, São Paulo (Via Funchal)
Preço: de R$ 150 a R$ 250

boa diversão

fonte: http://entretenimento.r7.com/musica/noticias/veja-os-principais-shows-internacionais-que-irao-acontecer-no-brasil-em-2010-20100702.html

Criminoso ameaça divulgar fita de sexo de Usher e a ex-mulher

Divulgação/Sony Music
Fita de sexo do cantor Usher caiu em mãos erradas, diz site

De acordo com o site TMZ, uma fita que mostra Usher fazendo sexo com sua ex-mulher Tamika Foster caiu em mãos erradas.
O site diz ter recebido um vídeo curto e duas fotos de uma pessoa que afirma estar com a fita.
Segundo o TMZ, está claro que são Usher e sua ex que aparecem nas imagens.
Ainda de acordo com o site, fontes próximas ao cantor, embora não confirmem a existência da fita, afirmam que o vídeo poderia ter caído em mãos erradas após o músico ter seu carro roubado em dezembro de 2009.
O site diz ter procurado o músico, que não se manifestou.

fonte: http://entretenimento.r7.com/musica/noticias/criminoso-ameaca-divulgar-video-de-sexo-do-cantor-usher-afirma-site-20110314.html

“Há brasileiros entre vítimas”, diz presidente da Comunidade do Japão

Diego Junqueira, do R7

O presidente de uma das principais comunidades japonesas no Brasil, Kihatiro Kita, afirmou nesta segunda-feira (14) que “com certeza há brasileiros entre as vítimas” do terremoto seguido por um tsunami no Japão.

Para Kita, que é presidente da Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), a presença de brasileiros entre as vítimas é certa “por causa do número de vítimas informado e porque há muitos brasileiros na região” afetada. O número oficial de mortes é de cerca de 1.800, mas pode passar de 5.000 e chegar a 10 mil, segundo diferentes estimativas.
Dados da Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil indicam que existam pelo menos 1.200 brasileiros na Província de Miyagui, no Japão.
- Ainda não temos notícias certas, mas com certeza há brasileiros entre as vítimas.
No entanto, segundo o Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores), até agora não há informações sobre vítimas. De acordo com a assessoria do MRE, o governo brasileiro está enviando um consulado itinerante especial para a região de Miyagi para fazer busca de brasileiros no local.
A Bunkyo se reuniu na tarde de hoje em São Paulo com o cônsul-geral do Japão no Brasil, Kazuaki Obe, para entregar uma carta de condolências ao governo japonês em razão da tragédia que o país vive desde sexta-feira.

O cônsul disse não ter nenhuma informação precisa sobre o risco de contaminação ou de um desastre nuclear na região de Fukushima, onde já ocorreram três explosões.
O terremoto da última sexta-feira (11), de 9 graus, foi o mais forte já registrado no Japão desde que essa medição começou a ser feita, há 140 anos. Também foi um dos mais fortes da história.

fonte: http://noticias.r7.com/internacional/noticias/-ha-brasileiros-entre-vitimas-diz-presidentede-comunidade-japonesa-no-brasil-20110314.html

O Mundo teme catástrofe nuclear

Toru Yamanaka/12.03.2011/AFP
Voluntários procuram sobreviventes em meio a destroços deixados pelo tsunami em Fukushima

Não se fala em outra cioisa a não ser no risco que todos japoneses e quiçá o mundo
esta correndo por conta da exposição à radiação nuclear causada  pela explosão na usina em Fukushima, o que sera que não esta sendo divulgado?
e porque ?
quais os verdadeiros riscos que todos estamos sujeitos ?
quais os efeitos colaterais desta exposição e é percebido a partir de quanto tempo?
o raio de acometimento divulgado pela imprensa sera que é real? quem pode confirmar e como?
quanto tempo levaremos para ver os reais efeitos desta catástrofe para nosso planeta
O que poderia ter sido evitado e não foi nesta gigantesca catástrofe?
Esperamos em breve ter estas respostas

A Redação

deu no New York Times


O jornal americano The New York Times destaca explosão em usina nuclear em Fukushima e o esforço do Japão em resgatar os sobreviventes do terremoto de 8,9 graus que atingiu o país nesta sexta-feira (11). 

fonte: r7.com

Japão - Fotos da destruição

Yomiuru Shimbum/AFP
O tsunami que se seguiu ao terremoto de 8,9 graus foi tão forte que engoliu cidades inteiras. Na foto, um barco ficou estacionado no teto de um edifício em Otsuchi, na Província de Iwate

Yomiuru Shimbum/AFP


Yomiuru Shimbum/AFP
Uma mulher grita o nome de familiares na cidade de Soma, na Província de Myagi. Autoridades locais encontraram 2.000 corpos na região. O número oficial de mortos é de 1.600, mas as estatísticas devem crescer

Imagem da TV NHK mostra explosão do reator 3 da usina nuclear de Fukushima 1. O governo disse que possibilidade de vazamento radioativo de alta intensidade é pequena. A central energética foi danificada durante o tremor de 8,9 graus que atingiu o país na sexta-feira (11), seguido de um tsnuami

Yomiuru Shimbum/AFP
Sobrevivente é resgatado em Minamisanriku. A cidade na Província de Miyagi foi uma das mais atingidas pelo tsunami. Cerca de 9.000 moradores locais estão desaparecidos – ou metade da população. Cerca de 1.000 corpos já foram encontrados na localidade, segundo a agência Kyodo

Yomiuru Shimbum/AFP
Corretores da Bolsa de Valores de Tóquio, que abriu com baixa de 6% nesta segunda-feira, observam a queda nas ações das empresas japonesas, sobretudo de seguradoras, após o desastre. Os prejuízos podem passar de R$ 170 bilhões, segundo a consultoria Eqecat

Jiji Press/AFP
 Homem caminha pelos escombros na cidade de Onagawa, no nordeste do Japão. A explosão de dois reatores na usina de Fukushima 1 fez as autoridades retirarem mais de 200 mil pessoas dos arredores da central nuclear

Jiji Press/AFP
O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, disse que a tragédia no Japão é a “mais dura e pior crise” vivida pelo país desde a Segunda Guerra Mundial, quando as cidades de Hiroshima e Nagasaki foram atacadas com bombas atômicas, em 1945. O governo pediu a união dos japoneses para a reconstrução das áreas afetadas

Philippe Lopes/AFP
Moradores da cidade de Sendai, uma das mais atingidas pelo tsunami, fazem fila para receber comida. Mais de 60 países já ofereceram ajuda ao Japão. A pane nos sistemas de transporte e os estragos podem causar desabastecimento em várias cidades do país

Alex Hofford/EFE
Japão continua a contar os danos do terremoto de 8,9 graus na escala Richter ocorrido na última sexta-feira (11)
Alex Hofford/EFE
 Cadeira de rodas coberta de pó fica entre os escombros em Natori, na Província de Miyagi. Ao menos 2.000 corpos foram encontrados na costa da região nesta segunda-feira (14)

 Jornal Yomiuri/Reuters
Vazamento de combustível de navios coloriu as águas no vilarejo de Fudai, na Província de Iwate, no norte do Japão

Norubu Hashimoto/AFP
Vista área mostra carros destruídos pelo tsunami perto da cidade de Sendai, na Província de Miyagi

 Lee Jae-won/Reuters
Trabalhadores de resgate buscam por vítimas nos escombros em Rikuzentakata, no norte do Japão

 Jornal Yomiuri/Reuters
Militar japonês sorri ao segurar um bebê de quatro meses resgatado, junto a familiares, de sua casa em Ishimaki, na Província de Miyagi


fonte: http://noticias.r7.com/internacional/fotos/japao-tenta-se-reerguer-com-medo-de-desastre-nuclear-20110314-10.html#fotos

Nota da  Redação:
Todos estamos sensibilizados com o que houve com nossos irmãos japoneses e prestamos aqui nossas sinceras condolências e desejos reais de saúde, prosperidade e paz aos que ficaram.

Mortos no Japão podem passar de 5.000, diz agência

Número oficial de vítimas do tremor é de 1.627; 450 mil deixaram suas casas
  do R7 e agencias internacionais

Sobrevivente é resgatado em Minamisanriku. A cidade na Província de Miyagi foi uma das mais atingidas pelo tsunami
 
O número de mortos no terremoto de 8,9 graus seguido do tsunami devastador da última sexta-feira (11) pode passar de 5.000. A contagem.
A agência destaca a falta de precisão no número de vítimas. O número oficial é de 1.627. Somados os 2.000 corpos encontrados pelas autoridades da Província de Miyagi, e os cerca de 300 achados em Sendai, mais as vítimas de outras localidades, o número de mortos pode passar de 5.000, segundo a agência. Na cidade de Minamisanriku, em Miyagi (onde mil dos 2.000 corpos foram achados), cerca de 10 mil moradores estão desaparecidos – número que equivale a metade da população local. 
 
450 mil deixaram suas casas
Segundo a Kyodo, por volta de 450 mil pessoas tiveram que deixar suas casas desde a tragédia causada pelo terremoto e o tsunami.
Boa parte também teve de ser transferida por causa da ameaça de contaminação radioativa após explosões na central nuclear de Fukushima. Cerca de 200 mil foram retirados dos arredores da usina.


Prejuízo pode chegar a R$ 166 bilhões
Segundo a consultoria Eqecat, citada pela rede CNN, os prejuízos podem passar de U$ 100 bilhões (R$ 166 bilhões), o que faria do terremoto de 8,9 graus que atingiu o nordeste do país o mais custoso da história.
Cerca de 100 mil militares vasculham os escombros em busca de vítimas. Mais de 400 mil habitantes tiveram de deixar suas casas por causa do desastre, a maior crise do Japão desde a Segunda Guerra Mundial, segundo o primeiro-ministro, Naoto Kan.

Usina nuclear tem nova explosão
A usina nuclear de Fukushima 1 registrou mais uma explosão nesta segunda-feira, desta vez no reator três, aumentando o temor de um desastre nuclear. Segundo o governo, a possibilidade de um vazamento radioativo de alta intensidade é pequena.
Os incidentes ocorreram após a central nuclear ser danificada pelo terremoto de 8,9 graus que destruiu a costa nordeste do país na última sexta-feira (11).
Nove pessoas ficaram feridas após explosão do reator três.
Mais de 200 mil pessoas já foram retiradas de um raio de 20 km ao redor da usina. Mais de cem pessoas tiveram contato com a radiação e passam por exames para averiguar o nível de contaminação.
 
fonte:http://noticias.r7.com/internacional/noticias/mortos-no-japao-podem-passar-de-5-000-diz-agencia-20110314.html

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"