notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Queijos Tirolez & Quensberry, vão dar uma cesta de produtos para as 5 melhores receitas, participe da promoção!



A Tirolez e Quensberry, campeãs na preferências dos melhores chefs de gastronomia, vão presentear as cinco melhores receitas com cesta de produtos.

Você não pode ficar fora dessa !

Inscreva-se já 
ainda dá tempo

obs.: as receitas deverão ser enviadas até o dia 31/08/2012
divulgação das receitas vencedoras será até o dia 10.09.2012 
Os ganhadores terão suas receitas publicadas na 

Apoio:

Realização:

Tirolez Queijos


França - Castelo de Gevrey Chambertin, é vendido por 8 milhões de euros


O castelo de Gevrey Chambertin, em Burgundy, na França, foi vendido por 8 milhões de euros (cerca de R$ 20,3 milhões) para um magnata de Macau, na China, segundo o presidente da associação de produtores de vinho local, Jean-Michel Guillon.

Os vinhedos no entorno do castelo, que é do século XII, fazem parte da transação.

A associação tentou criar um projeto para comprar o castelo e utilizá-lo para a comunidade, mas não foi possível.

A venda ocorreu neste ano, segundo anúncio feito nesta quinta-feira (23).

fonte G1

Adolescente detido por tráfico pela 1ª vez não deve ser internado, decide STJ



Após julgar centenas de casos de menores de idade apreendidos por tráfico de drogas, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) fixou regra que deve reduzir a internação de adolescentes por esse motivo. 

A súmula 492, publicada na quinta-feira passada, determina que, se o adolescente for detido por tráfico e não tiver passagem pelo crime na polícia, não deve, obrigatoriamente, ficar apreendido. 

A medida, segundo especialistas, visa frear uma prática comum no meio judiciário e que, para alguns deles, afronta o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). 

A lei prevê que a internação só deve acontecer em três ocasiões: quando o ato infracional (o crime) for cometido mediante violência ou grave ameaça, se houver reiteração ou se o jovem descumprir medida disciplinar anterior. 

Hoje, porém, é comum juízes internarem jovens detidos por tráfico que nunca haviam cometido outro crime. 

"Muitos dos adolescentes apreendidos traficam para manter o próprio vício. O juiz acha que deixá-lo internado é dar uma resposta à sociedade e é a melhor maneira de tratá-lo", afirmou o desembargador Antonio Carlos Malheiros, coordenador de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo. 

No Estado de SP, os detidos por tráfico representam 42,7% da população de internos. Segundo a Fundação Casa (antiga Febem), nos últimos seis anos, o tráfico foi o principal motivo do aumento da lotação. 

"Juízes, principalmente do interior do Estado, sentem-se pressionados pela sociedade e preferem internar o jovem em vez de tratá-lo", afirma a presidente da Fundação Casa, Berenice Gianella. 

Para o coordenador de Infância e Juventude da Defensoria Pública paulista, Diego Vale de Medeiros, a medida deverá reduzir em cerca de 30% a superlotação da Fundação Casa. Hoje, há 8.934 jovens internados no Estado. 

'PASSE LIVRE' 

Para o procurador de Justiça Marcio Sergio Christino, a súmula do STJ é um "passe livre" para o tráfico. "Vai ficar mais fácil para o traficante contratar esse adolescente para trabalhar como vendedor. Só basta dizer que ele não vai ser punido e, pronto, seu negócio será mantido." 

Como a súmula do STJ não é vinculante -ou seja, ela não obriga os juízes a tomarem decisão igual ao do tribunal superior-, o juiz ainda poderá determinar a internação do acusado por tráfico. 

"Mas a argumentação dele deverá ser mais embasada, já que sua decisão será alterada quando chegar ao STJ", afirmou o defensor Medeiros. 

A pressão para não internar o menor detido por tráfico pela primeira vez fará com que juízes busquem outras medidas socioeducativas, como liberdade assistida e prestação de serviço comunitário.

AFONSO BENITES 
DE SÃO PAULO AASP

Colaboração
Gumercindo Muni Advogados

Emissão de certidões de nascimento em maternidades é facilitada


Foi publicado, nesta terça-feira (14/8), no Diário de Justiça o Provimento n. 17 da Corregedoria Nacional de Justiça o qual facilita a emissão de certidões de nascimento em maternidades de todo o País. A medida afeta 317 unidades de saúde que hoje estão interligadas a cartórios de registro civil e oferecem o serviço às mães. Em um ano, só em São Paulo, estado que concentra a maior parte das unidades interligadas, quase 170 mil certidões de nascimento foram emitidas nas maternidades. 

O novo provimento dispensa o envio aos cartórios de alguns documentos digitalizados pelas maternidades em que houver um preposto indicado pela serventia. “Essas pessoas, que também podem ser contratadas por meio de um consórcio de cartórios, são delegadas pelos oficiais de registro e podem atestar a validade da documentação”, explica o Juiz Auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça José Antônio de Paula Santos Neto. Com a mudança, o preposto das maternidades precisa enviar ao cartório apenas uma declaração assinada digitalmente em que constem os dados dos pais e da criança para o registro de nascimento, atestando que tais elementos foram conferidos e estão de acordo com requisitos legais. 

“Esperamos que com essa nova sistemática ganhemos agilidade e diminuamos a burocratização na lavratura dos registros", destaca o juiz auxiliar da Corregedoria. As novas regras também dispensam o envio físico dos documentos ao cartório, estabelecendo que os termos de declaração de nascimento e a Declaração de Nascido Vivo (DNV) fornecida pelo hospital fiquem armazenados na própria unidade interligada em meio físico e em formato digital nos cartórios que lavraram o registro. 

Provimento n. 13 – O sistema de unidades de saúde interligadas a cartórios de registro civil foi implantado em setembro de 2010, por meio do Provimento n. 13 da Corregedoria Nacional de Justiça, que regulamentou a emissão de certidões de nascimento em maternidades brasileiras. Para emitir o documento, as unidades de saúde devem trabalhar em parceria com cartórios de registro civil e ambos precisam estar cadastrados no sistema eletrônico da Corregedoria Nacional. 

Também é preciso cadastrar no sistema o nome do preposto que ficará responsável por atestar os documentos na maternidade e fazer a comunicação com o cartório. O objetivo é garantir a segurança dos documentos emitidos nas maternidades, combater o sub-registro (ausência de registro civil) no País e facilitar a vida das mães, que podem sair da unidade de saúde com a certidão de nascimento do filho em mão. Atualmente, há no Brasil 7.446 cartórios com atribuição de registro civil que oferecem o serviço em parceria com maternidades. 

Mariana Braga 
Agência CNJ de Notícias


COLABORAÇÃO 
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

40% dos consumidores não sabem quanto pagam em taxas bancárias


Boa parte dos consumidores brasileiros ainda não se informa sobre tarifas bancárias. Pesquisa da Proteste (Associação Brasileira de Defesa dos Consumidores) aponta que 39% dos clientes desconhecem quanto pagam na manutenção de conta corrente. Entre os que sabiam a informação, a média apontada foi de R$ 54,93 ao mês. 

Segundo a pesquisa, os altos juros, o custo de manutenção das contas, o atendimento dos bancos e a falta de transparência são os fatores que mais decepcionam os clientes. Por outro lado, as instituições financeiras foram bem avaliadas no quesito atividades operacionais. 

Na avaliação da Proteste, os bancos deveriam orientar melhor os clientes, para que a forma correta de crédito fosse escolhida. O órgão levantou informações sobre sete bancos (Caixa Econômica, Banco do Brasil, Bradesco, HSBC, Itaú Unibanco e Banco do Estado do Rio Grande do Sul) com 5.095 pessoas entre outubro e novembro de 2011. 

Apesar dos descontentamentos, o brasileiro é “fiel” aos bancos: a maior parte (74%) mantém conta corrente no mesmo banco onde recebe salário ou pensão e mais da metade (52%) tem a principal conta há pelo menos 10 anos. 

Na avaliação do cartão de crédito, o órgão apurou que 60% têm no mínimo 2 plásticos e pagam uma anuidade média de R$ 61 por cada. O limite médio, de R$ 2.984,20, é o item que mais agrada aos consumidores, embora os juros altos do rotativo decepcionem. Um quinto desse universo, mostra a pesquisa, não consegue quitar as faturas no período de vencimento. 

Crédito imobiliário e pessoal 
Do lado do crédito imobiliário, 35% dos entrevistados tinham assumido algum empréstimo na modalidade. Desse montante, 11% adquiriu o financiamento utilizando o FGTS – o recurso permite obter juros menores. A avaliação sobre a modalidade é positiva, mas o custo da operação foi alvo de reclamações. O valor médio financiado é R$ 85.424 e o período, de 18 meses. 

O crédito pessoal também é utilizado por 45,3% dos entrevistados. Destes, 22,9% contrataram mais de um financiamento, principalmente para renegociar outro. A percepção da Proteste é que, em geral, essas operações são caras e de longo prazo – o primeiro crédito tem duração de mais de dois anos para 35,1% da amostra e o segundo, para 42,2%. Metade dos pesquisados pegou mais de R$ 5 mil emprestado no primeiro empréstimo, porcentual que caiu para 46,5% quando outro crédito pessoal é contratado. 


Hugo Passarelli AASP

COLABORAÇÃO
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Bancos terão que provar culpa do cliente por fraude


Uma orientação recente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que os bancos, para não terem que arcar com prejuízos por fraudes ou delitos praticados por terceiros em operações financeiras, deverão comprovar que a culpa foi unicamente do cliente. Em caso contrário, será obrigação da instituição ressarcir o consumidor. Na prática, a Súmula nº 479 do tribunal torna ainda mais complicada a defesa dos bancos nessas situações. No ano passado, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), as instituições pagaram cerca de R$ 1,2 bilhão a clientes que tiveram problemas em suas contas bancárias, como transferências e saques indevidos por meio eletrônico. 

Apesar de não ser o ponto de vista da maior parte de advogados que atua na defesa de consumidores ou mesmo no setor bancário, o diretor de assuntos jurídicos da Febraban, Antônio Carlos de Toledo Negrão, acredita que o teor da súmula deve incentivar a ocorrência de fraudes e gerar um aumento no número de ações judiciais contra bancos. "A súmula desestimulará as pessoas a tomar cuidados, como realizar transações em áreas seguras e se preocupar com antivírus", diz, referindo-se a fraudes eletrônicas. Ele também afirma que é muito difícil para os bancos fazerem provas negativas, ou seja, demonstrarem no processo judicial que não cometeram nenhum erro. "Se alguém faz compras com o cartão do titular e ele nega as compras, como o banco provará que não teve culpa nessa situação?" 

Hoje, segundo Negrão, a maior parte das fraudes continua a ocorrer em razão dos falsos e-mails de bancos, por meio dos quais terceiros obtêm dados suficientes para realizar operações em nome de clientes. Além desse tipo de "fraude", o especialista em direito digital e presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio), Renato Opice Blum, diz que há uma infinidade de casos de compra de boletos no mercado. "Uma pessoa paga a uma outra um valor menor do que o boleto para que ela o quite por meio de fraude na internet", explica. 

De acordo com o advogado João Antônio Motta, do escritório que leva o seu nome, com o entendimento do STJ não se discutirá mais se o cliente foi ou não cuidadoso com sua senha e cartão e se teria facilitado uma situação de fraude. "Os bancos terão quer pagar, sem quase nenhuma discussão", diz. Ainda assim, o advogado, que defende clientes em processos contra instituições, afirma não acreditar em um aumento de ações. Motta também diz ser contrário ao teor da súmula, pois para ele quem contribuiu para o dano (seja o cliente ou o banco) deve responder por ele. 

A advogada Flávia Le Févre, do escritório Lescher Le Févre e membro do Conselho Consultivo da Proteste, diz que a súmula do STJ apenas deixou mais claro o que o Código de Defesa do Consumidor já estabelece. Para ela, a orientação não deve contribuir para um aumento de ações judiciais, pois só entra na Justiça quem não foi atendido pelo banco. "Talvez a súmula diminua a resistência dos bancos em devolver os valores questionados, pois as instituições vão agora perder mais rápido na Justiça", afirma. 

Apesar de a Febraban e advogados que trabalham com essas instituições dizerem que os clientes são sempre ressarcidos se constatada falha no sistema bancário, Flávia afirma que isso nem sempre ocorre e que dependerá muito do valor envolvido. Ela conta o caso de uma cliente que em dez dias, durante uma viagem de férias, teve R$ 130 mil sacados em uma conta de CDB no ano de 2009. Apesar de morar em São Paulo, o dinheiro foi usado para pagar várias contas em Curitiba, como IPVA e faturas de energia elétrica. 

Segundo Flávia, foram realizadas 114 operações no período. O dinheiro, conforme a advogada, era resultado de uma poupança de 25 anos e nunca havia sido sacado. Como a instituição atribuiu ao marido da cliente os saques "indevidos", ela entrou na Justiça. Ganhou em primeira instância o direito à devolução com correção, assim como 25 salários mínimos a título de dano moral. O caso está agora no Tribunal de Justiça de São Paulo. 

Apesar das fraudes e da responsabilidade dos bancos em comprovar a culpa do cliente, o advogado especializado em direito digital, Alexandre Atheniense, do escritório Aristoteles Atheninese, afirma que para as instituições ainda é um bom negócio trabalhar com o sistema eletrônico, que representa uma grande economia. Segundo ele, o custo de uma operação eletrônica é muito menor do que o de uma operação física ou presencial. "Os bancos já contingenciam valores para pagar essas indenizações judiciais", diz. 

Zínia Baeta - De São Paulo AASP


COLABORAÇÃO
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Redução da maioridade volta à pauta na reforma do Código Penal


Tema recorrente no Congresso, a redução da maioridade penal, hoje em 18 anos, voltou à pauta, dessa vez por causa da comissão de senadores que discute a reforma do Código Penal. O anteprojeto de lei proposto por juristas escalados pelo Senado não tocou nesse ponto. Para mudar a idade em que um jovem passa a ter responsabilidade legal por um crime é preciso mudar a Constituição. 

Presidente da comissão especial do Código Penal e da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) nomeou nesta terça-feira o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) para ser relator de Proposta de Emenda Constitucional (PEC), apresentada pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), que reduz a maioridade penal para 16 anos em alguns casos e em condições específicas. 

- A minoridade penal para maiores de 16 anos e menores de 18 poderia ser desconsiderada em casos de reincidência, emprego de violência e crimes hediondos. E caberia ao juiz avaliar se o jovem tem capacidade de entendimento - afirmou o tucano, que é ex-ministro da Justiça. 

Ressaltando que ainda não leu a PEC apresentada por Nunes Ferreira, da qual será relator, Ferraço mostrou-se simpático à proposta: 

- Ela propõe a redução (da maioridade penal) com tratamento específico e o juiz fará um exame técnico para saber se o jovem tem discernimento. A princípio gostei muito, mas ainda vou analisar o texto. 

Relator da proposta de atualização do Código Penal, o senador Pedro Taques (PDT-MT) perguntou aos juristas que elaboraram o anteprojeto, em audiência pública, se eles consideram a maioridade penal uma cláusula pétrea, quer dizer, um ponto da Constituição que não pode ser modificado. Os notáveis se dividiram. 

Taques pode recomendar em seu parecer a aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional para reduzir a maioridade penal. Ele não quis adiantar sua opinião, mas indicou não considerar o assunto uma cláusula pétrea. 

- A sociedade é cambiante e os mortos não podem vincular os vivos - disse Taques. 

Em 2007, na esteira do assassinato do menino João Hélio, no Rio, que chocou o país, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou a redução da maioridade penal para 16 anos. O governo Lula era contra e a matéria não prosperou. 
Desde 2001, quatro PECs para redução da maioridade penal foram apresentadas na Câmara e no Senado, além de sete propostas para realização de plebiscito sobre o assunto. Aqueles que são contra a medida argumentam que jovens merecem atenção diferenciada do Estado por estarem em fase de formação, e que a prisão de menores de 18 anos dificultaria sua ressocialização. Também argumentam que a medida não resolveria a criminalidade, já que as quadrilhas iriam arregimentar pessoas cada vez mais jovens. 

Fernanda Krakovics AASP

COLABORAÇÃO
GUMERCINDO MUNI ADVOGADOS

Katy Perry se descuida e mostra o bumbum em piscina



A cantora Katy Perry se descuidou e foi traída pelo biquíni durante uma tarde de diversão em um parque aquático em San Dimas, na Califórnia, nos Estados Unidos, no final de semana.

Como mostrou o site britânico "The Sun", a calcinha do biquíni escorregou quando a cantora tentou sair da água, deixando o bumbum de Katy todo à mostra.
A parte de cima também se deslocou, mas a cantora foi rápida e ajeitou a peça antes que os fotógrafos pudessem registrar o momento.
Perry está, atualmente, solteira desde que terminou o casamento com o comediante inglês Russell Brand. No último mês, ela foi vista em jantares com o músico John Mayer. (Foto: Reprodução/"The Sun")
fonte Yahoo

Noite Enogourmet - Macarrão Palline será prato principal da Chef Ana Paula Bernecker 14.08.2012


 Macarrão Palline no Prato Principal da Chef Ana Paula Bernecker

No dia 14 de Agosto de 2012, você vai presenciar a harmonia perfeita entre cada prato e cada vinho. 
Uma explosão fascinante de aromas e sabores será descoberta e redescoberta a cada momento.
O sommelier Leandro Souza da importadora interfood estará presente dando explicações técnicas sobre cada tipo de harmonização. A Chef Ana Paula Bernecker preparou um menu fantástico, com entrada, prato principal e sobremesa.

Entrada: Vitello Tonnato
Vinho Missiones Reserva Chardonnay.

Prato Principal: Palline di Quatro Formaggi AL Pistaccio
Vinho Trapiche Broquel Bonarda
Vinho Durbanville Hills Pinotage

Sobremesa: Gelato di Vaniglia e Salsa di Frutti di Bosco con Mandorle Caramellate
Vinho Jc Leroux Rosé

Se surpreenda com esse evento fascinante!

Informações:

Valor por convite: R$ 70,00
Data: 14/08/2012
Horário: 20h
Apoio: Le Chef e Interfood


Maiores Informações: (15) 3238-7019


Facebook poderá ter de suspender acesso em todo o Brasil por 24 horas


"A rede social Facebook poderá ter de suspender o acesso dos usuários em todo o País por 24 horas por descumprimento da legislação eleitoral. A decisão é do juiz da 13ª Zona Eleitoral, de Florianópolis, Luiz Felipe Siegert Schuch. No final da tarde desta sexta-feira, 10, o Facebook apresentou a Schuch pedido de reconsideração da decisão. O juiz ainda analisa o caso, que só deve ser decidido na próxima segunda-feira, 13.


Se a decisão do juiz for mantida, o Facebook deverá interromper o acesso à rede social e apresentar a informação de que o site está fora do ar por descumprir a legislação eleitoral. Se essa determinação não for atendida, a empresa terá de pagar multa diária de R$ 50 mil e o prazo de suspensão do Facebook no País será duplicado.

De acordo com a decisão, o Facebook descumpriu uma liminar anterior que determinou que fosse retirada do ar a página "Reage Praia Mole". A suspensão foi solicitada pelo vereador Dalmo Deusdedit Menezes (PP), de Florianópolis, que concorre à reeleição. O parlamentar argumentou que houve veiculação de "material depreciativo" contra ele, feita de maneira anônima por um usuário. O juiz eleitoral também determinou a identificação das pessoas que criaram a página no Facebook.

Segundo o TRE-SC, o Facebook poderá recorrer ao tribunal regional ou ainda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A assessoria de imprensa do Facebook no Brasil informou que ainda aguarda um posicionamento oficial da sede, na Califórnia (Estados Unidos), para se manifestar."



Em Porto Alegre, Fortunati promete ampliar cobertura de internet sem fio


O prefeito de Porto Alegre e candidato à reeleição, José Fortunati (PDT), assinou junto de seu vice, Sebastião Melo (PMDB), um compromisso, chamado Pacto pela Juventude, com um grupo de jovens, com propostas do Conselho Nacional da Juventude.
Entre as propostas do acordo, Fortunati garantiu manter a segunda passagem gratuita e o pagamento fracionado da passagem escolar, e também os horários estendidos para os bares e restaurantes da Cidade Baixa. Além disso, o candidato e se comprometeu a expandir a rede sem fio de internet em locais públicos na cidade.
Fortunati inaugurou neste domingo o Comitê da Juventude de sua campanha. No evento, o pedetista respondeu perguntas feitas por jovens, que estiveram presentes  a inauguração por conta do Dia Internacional da Juventude, qualificação profissional, bolsas de estudo em faculdades, segurança e ciclovias, entre outros temas.
"Queremos focar ainda mais na Juventude neste segundo mandato. Vamos construir políticas públicas mais ousadas, arrojadas e profundas, sempre junto com vocês", afirmou Fortunati.

Em alta, Silvio Santos provoca Globo, Edir Macedo e apóstolo Valdemiro


'Homem do Baú' se diverte em seu programa e alfineta adversários, para delírio de sua plateia.
A retomada de poder do SBT na audiência, com bons resultados nos últimos meses e um reaparecimento da emissora no posto de vice-líder do Ibope parece vir deixando ainda mais de bem com a vida Silvio Santos, que caprichou nas brincadeiras e provocações às concorrentes neste domingo (29).

Em determinado momento de seu programa, em um quadro  de adivinhações, Silvio envolveu a Globo em uma piadinha, ao reparar que a resposta da charada era 'Gabriela', novela da rival. "Olha aí, o cara que faz isso trabalha no SBT e faz propaganda pra Globo. Nesse povo de televisão a gente não pode confiar. Eles vão pra quem paga mais", se divertia Silvio.

Para logo depois, não poupar a Record, ao citar a concorrente em uma charada envolvendo as Olimpíadas de Londres, cuja transmissão exclusiva na TV aberta pertence ao canal de Edir Macedo. "De novo… Quando não é de uma é de outra, essa produção… Ô, Fabiano (diretor da atração), manda embora! Mas dá um motivo pra demissão, porque se não ele vai na Justiça e pede indenização. Ah, já sei, fala que ele assediou uma bailarina e dá um cachê pra uma delas confirmar a história", disparou o Homem do Baú, para delírio geral da plateia.

E, para finalizar, provocações à solta, tanto em direção a Edir Macedo como ao popular apóstolo evangélico Valdemiro Santiago. "O bispo Macedo estava reclamando que o nome da escola de ‘Carrossel’ era Mundial e que devia ser Universal. Eu falei pra ele: "Se você me pagar mais que o Valdemiro (integrante da Igreja Mundial do Poder de Deus), eu troco o nome. Eu digo que a escola faliu e que a partir de agora será outra, a Escola Universal. E ainda te dou 10% para o dízimo". Na lata. Tem como não amar Senor Abravanel?

Jornal do Brasil
Com Pedro Willmersdorf

Príncipe William estará completamente careca aos 40


Asim Shahmalak, da Crown Clinic, afirma que a perda de cabelo de William é genética. "É pior que a do seu pai, Charles".


O médico Asim Shahmalak, da clínica Crown Clinic, em Manchester, disse ao jornal Daily Mail que Príncipe William estará completamente careca aos 40 anos, não importando se ele tome o medicamento Propecia - indicado para o tratamento da calvície masculina - o resto da vida. Segundo ele, o remédio poderia tratar a perda de cabelo por um tempo, mas não restauraria os fios perdidos.

Além disso, o uso do medicamento tem efeitos colaterais. Segundo ele, cerca de 2% dos pacientes que tomam Propecia sofrem de problemas como perda da libido e impotência.

O médico disse que a perda de cabelo de William é genética. "É pior que a do seu pai, Charles. Obviamente seu avô, Philips, também é", afirmou. "Esse é um gene muito forte da família. Há uma grande probabilidade de que qualquer criança do sexo masculino que ele tenha com Kate também tenha esse gene".

Segundo ele, ainda tem como reverter esse quadro. "Para restaurar os cabelos do topo da cabeça, ele precisa de pelo menos 3 mil ou 4 mil enxertos capilares".

fonte: Jornal do Brasil foto 

Defesa de Jefferson abre semana no STF e promete envolver Lula



"O julgamento dos acusados no processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) recomeça nesta segunda-feira e as atenções estão voltadas para a defesa do delator do suposto esquema, o ex-deputado federal e atual presidente do PTB, Roberto Jefferson. Tudo porque, em declarações recentes, o advogado do petebista, Luiz Francisco Corrêa Barbosa, prometeu acusar o ex-presidente Lula de ordenar todo o esquema. Além do defensor de Jefferson, falarão também os advogados dos réus Bispo Rodrigues (ex-deputado do PL) Emerson Palmieri (PTB), Romeu Queiroz (PTB) e José Borba (PMDB).

De acordo com o advogado de Jefferson, seu cliente "exagerou" ao inocentar Lula quando fez a denúncia. Luiz Francisco Corrêa Barbosa disse que se Lula não tivesse ordenado o esquema, "seria um pateta".

O advogado acredita que o julgamento vai ser "um festival de absolvições". Roberto Jefferson era presidente do PTB na época e denunciou o mensalão em uma entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Cassado pela Câmara, Jefferson atribuiu ao então ministro da Casa Civil, José Dirceu, a estruturação, organização administrativa e operacional do "valerioduto".

De acordo com o Ministério Público (MP), o pagamento de propina ao PTB foi inicialmente negociado pelo então presidente da legenda, José Carlos Martinez, já morto, e continuado na gestão de Jefferson à frente do partido. Segundo denúncia da procuradoria-geral da República, Jefferson acertou com o PT o repasse R$ 20 milhões ao PTB por meio do empresário Marcos Valério.

Apesar da fala do advogado do delator do esquema ser a mais esperada para hoje, quem abre a sessão no STF é Marcelo Bessa, defensor do ex-deputado federal Carlos Alberto Rodrigues Pinto, conhecido como Bispo Rodrigues. Então presidente do PL no Estado do Rio de Janeiro e segundo vice-presidente nacional, ele é acusado de receber R$ 150 mil do mensalão. De acordo com o MP, o parlamentar utilizou o motorista Célio Marcos Siqueira como intermediário para sacar, no Banco Rural em Brasília, os recursos do "valerioduto".

Ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Rodrigues renunciou, em 2005, ao mandato que tinha como deputado federal para evitar um processo de cassação. Em 2006, passou 32 dias preso em Brasília e em Cuiabá (MT) suspeito de envolvimento com a máfia dos sanguessugas, quadrilha que desviava dinheiro destinado à compra de ambulâncias. Nas alegações finais, a defesa de Rodrigues admite que ele recebeu dinheiro, mas que o recurso foi usado para saldar dívidas de campanha. O mesmo argumento foi utilizado pelo advogado Marcelo Bessa ao defender seu outro cliente no processo, o deputado federal Valdemar Costa Neto(PR-SP).

O advogado Itapuã Prestes de Messias ocupará o púlpito do STF logo após a defesa de Roberto Jefferson. Messias é o advogado do ex-secretário do PTB Emerson Palmieri, acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. No mês passado, Palmieri disse ao Terra que foi apenas "uma testemunha" das negociações entre PT e PTB para as eleições municipais de 2004.

O advogado afirma que Palmieri não recebeu, como afirma a denúncia, R$ 4 milhões das mãos do empresário Marcos Valério. De acordo com Itapuã Prestes de Messias, Roberto Jefferson recebeu o dinheiro e chamou Palmieri, então secretário do PTB, pedindo que ele guardasse o montante em um cofre. O MP afirma que Palmieri estava junto com o então presidente do PTB quando foi fechado um acordo para receber R$ 20 milhões do PT. Segundo a denúncia, o dinheiro seria propina para comprar o apoio dos parlamentares da legenda em votações importantes dentro do Congresso.

A defesa do ex-deputado federal Romeu Queiroz (PSD) será a quarta a falar. Queiroz é acusado de intermediar a transferência de dinheiro ilícito entre a agência SMP&B, de Marcos Valério, e o PTB, seu partido na época. Os advogados afirmam que ele agiu "na condição de 2º Secretário da Executiva Nacional e Presidente Estadual em Minas Gerais da sigla PTB, e não no exercício de atividade parlamentar". De acordo com as alegações finais da defesa, o dinheiro sacado pelo assessor do ex-deputado foi entregue ao PTB nacional e teve "origem e destino inquestionáveis". No STF, a sustentação oral ficará a cargo do advogado Castellar Modesto Guimarães Filho.

Romeu Queiroz foi um dos poucos réus do processo que falou diretamente sobre as denúncias. Em entrevista ao Terra no final de julho, ele disse que recebeu R$ 150 mil do presidente da Usiminas na época, Rinaldo Campos, que morreu no ano passado, para financiar as campanhas de 20 candidatos nas eleições de 2004. "Ele (presidente da Usiminas) recomendou que a SMP&B, que era a agência deles, repassasse esse dinheiro para mim. Então, eu mandei que um assessor meu fosse ao banco receber e transferir para os candidatos da época", afirmou.

O advogado Inocêncio Mártires Coelho, que defende o ex-deputado e ex-líder da bancada do PMDB na Câmara José Rodrigues Borba, será o último a falar na sessão de hoje. Atual prefeito de Jandaia do Sul, cidade de 20 mil habitantes no norte do Paraná, Borba foi denunciado pelo MP por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O publicitário Marcos Valério, personagem central do caso, disse que o então parlamentar recebeu R$ 2,1 milhões no esquema de lavagem de dinheiro pelas mãos de Simone Vasconcelos, diretora-administrativa da empresa SMP&B. De acordo com as denúncias, o próprio José Borba teria comparecido à agência do Banco Rural, em Brasília, para receber parte da propina.

Nas alegações finais entregues ao STF, a defesa afirma que a denúncia "não atende as exigências mínimas para que o réu seja condenado". O documento de 32 páginas diz que a denúncia de lavagem de dinheiro não se sustenta porque o MP não apresenta provas da origem ilícita da suposta propina. Sobre o crime de corrupção passiva, a defesa de Borba diz que a acusação não aponta concretamente ato vinculado a suposta entrega do dinheiro." Jornal do Brasil

Restaurante em SP, melhor Blog de Gastronomia de 2011, completa 1 Ano, em Grande Estilo

Débora Silva jornalista autora do Blog Restaurante em SP, Chef Celso Frizon e Luiz, designer gráfico e autor do Blog Restaurante em SP
Segundo a jornalista e autora do Blog vencedor do Prêmio de "Melhor Blog de Gastronomia de 2011' pelo Top Blog, Débora Silva, 
"O layout é primordial para o sucesso de um Blog, somado ao conteúdo confiável" e o diferencial do Guia Restaurante em SP são os cupons de desconto que eles disponibilizam sem repassar comissão ao blog. 

O Restaurante monta a sua promoção e publica o cupom no Guia, para todo mundo é bom, para o cliente dele é bom, para o Restaurante é bom porque acaba fidelizando o cliente (diferente de outros sites de cupons que são fiéis aos cupons e não aos Restaurantes) e é bom para o Blog, porque acaba dando maior visibilidade". Débora Silva

Dia 05.08.2012 a Costelaria Rancho do Vinho do Chef Celso Frizon conhecido como Dr. Costela, recebeu grandes nomes da gastronomia, Imprensa, Parceiros e Amigos do Facebook para comemorar o 1° Ano do Blog Restaurantes em SP

Chef Celso Frizon com Chung Lim


Chef Celso Frizon com Ana Paula


Chef Celso Frizon com Mariana Cantarelli e Vinícius Cartaxo


Chef Celso Frizon com Nani Aguiar


A Zini - Indústria e Comércio de Alimentos Ltda., esteve representada por sua Assessora de Imprensa, Dra. Rosângela Matos, também jornalista e bloguista, acompanhada por sua filha, modelo, Beatriz Benz.


Chef Celso Frizon com Chef Doni Nascimento


Convite do 1° Aniversário do Blog Restaurante em SP


Chef Celso Frizon com Thiago Novaes e Pamella Souza
OQSERÁ ? Nova brincadeira do Chef Frizon, que promete dar muito o que falar na rede, com diversas brincadeiras de o que é o que é, ele vai premiar seus participantes com brindes muito sedutores. Vale a pena conferir, cadastre-se no site www.oqsera.com.br e divirta-se !

Rod. Régis Bitencourt Km 293,5 - Itapecirica da Serra em São Paulo


www.restauranteemsp.com.br/blog
O Melhor Blog de Gastronomia em 2011 pelo Top Blog
Débora Silva jornalista e Luiz designer gráfico (à esquerda), autores e ganhadores do Prêmio de Melhor Blog de Gastronomia de 2011 com Chef Celso Frizon, Jessica Otuzi (e familiares)

 Manoel Alves da TV ABCD NET NEWS entrevista Débora Silva, Jornalista do Diário Grande ABC e autora do O Blog Restaurante em SP, que foi considerado o melhor Blog de Gastronomia de 2011 pelo Top Blog, 

Veja a matéria:



Nota da Redação:
Estivemos presentes nesta grande festa e fomos muito bem recebidos pelos colegas Luíz e Débora, aproveitamos para Parabeniza-los pelo Aniversário do Blog e dizer que, estamos muito felizes por seu merecido sucesso, além de muito competentes, são pessoas carismáticas e muito atenciosas, isto pudemos constatar desde o primeiro momento.
Chef Celso Frizon, conhecido como Dr.Costela, sorridente, ciceronou à todos como, O é, um anfitrião de primeira, bela casa, boa comida, e conta com uma equipe muito bem preparada para atender à todos, muitos brindes distribuídos aos convidados, oferecidos pelos parceiros do Blog, nossos parabéns à todos da Costelaria Rancho do Vinho, com certeza, voltaremos !

Abaixo algumas fotos do local que, além de boa comida, oferece aos clientes, uma área de lazer e aproximação com a natureza, dá até para tirar um "cochilo depois da bóia ".

Descanso depois do almoço

Beatriz Benz no Rancho do Vinho 
Parque Infantil - Costelaria Rancho do Vinho

Amigos do Facebook - Prestigiando a Costelaria Rancho do Vinho e o Blog Restaurante em SP

Costelaria Rancho do Vinho - Coelhos

Costelaria Rancho do Vinho - Equipe

Costelaria Rancho do Vinho - Aves

Costelaria Rancho do Vinho - Garçons

Costelaria Rancho do Vinho - Imprensa

Costelaria Rancho do Vinho - Buffet

Costelaria Rancho do Vinho - Orquidário

Costelaria Rancho do Vinho - Empório

Um presente para vocês: 




Rosângela Matos
Editora Executiva das Mídias do Jornal Cidade em Foco Az
Matriz São Paulo - Brasil




Lançamento da Revista Champagne News - Gastronomia, com Muito Bom Gosto & Estilo

Chega à Imprensa, nota do Lançamento da 
Revista Champagne News

Uma revista diferenciada, traduzida para mais de 50 idiomas, que trata de assuntos de Alta Gastronomia & Afins, dicas de Turismo Gastronômico por todo o Mundo, os mais comentados Chefs, Lugares diferenciados, Restaurantes sofisticados, Pubs & Bares mais falados, Notícias atualizadas, Marcas e Serviços do mais Alto Nível..

A proposta da Revista é levar aos seus seletos leitores e anunciantes, a oportunidade de estarem linkados ao Mundo Gastronômico e ao seu  metier:  Receitas, Eventos, Lançamentos, Marcas, Produtos e Serviços, dentro da mais alta qualidade.

Entre no Blog da Revista Champagne News e faça sua inscrição para receber sua Newsletter Gratuitamente (Promoção de Lançamento por tempo indeterminado).

Contato:
Sugestões de Pauta,
Coberturas de Eventos,
Para Anunciar,
Parcerias,
devem ser encaminhadas à Editora no e-mail
champagnenews@hotmail.com

Revista Champagne News, para quem tem Bom Gosto & Estilo como você.

Nota da Redação:
Desejamos à todos os integrantes deste novo Empreendimento, muito Sucesso!

Hiroshima



Em 6 de agosto, precisamente às 8h15, completam-se 67 anos do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima, depois foi a vez de Nagasaki, também no Japão. Data que jamais será varrida das consciências sob risco de que — esquecidos desse abominável atentado à vida humana — o repitamos num grau de intensidade ainda maior, devastando não apenas uma cidade, mas o próprio planeta.

Um pouco de história

Agosto de 1945. Na Europa, Hitler se encontrava derrotado e morto. Berlim, destruída e ocupada pelos russos. Em 25 de julho, dias antes do impacto de “Little Boy” — apelido do petardo de cinco toneladas que matou cerca de 100 mil pessoas em solo japonês —, o presidente norte-americano, Harry Truman, decide usar contra o naquele tempo inimigo asiático o que ele mesmo designou em seu diário como “a coisa mais terrível já descoberta”.

Paul Tibbets foi o piloto da marinha escolhido para comandar o B-29 que decolou da ilha de Tinian. O avião, batizado com o nome de sua mãe, Enola Gay, levantou voo às 2h45min. Ao seu lado, na missão que entraria para a história e mudaria a geopolítica do século 20, estava o copiloto Robert Lewis, autor da famosa exclamação: “Meu Deus, o que fizemos!”

Décadas se foram. Todavia, o relato de muitos sobreviventes a respeito do sofrimento atroz por que passaram, é, sem dúvida, uma das mais importantes bandeiras na luta pelo desarmamento e pela não-proliferação de armas nucleares.

“O perigo é real”

Contudo, acontecimentos diversos continuam sugerindo que a possibilidade de uma Terceira Guerra Mundial não é ilusória. A humanidade corteja a morte. Basta lembrar os maus-tratos que promove contra sua própria moradia. A paz quase que não tem passado de figura de retórica. Em grande parte da trajetória humana, o período em que ela prevaleceu é ínfimo. Se é que já houve verdadeira paz neste mundo... Somente na alma de alguns bem-aventurados é que tem conseguido habitar. Por isso, com certeza, advertiu o papa João Paulo II (1920-2005), numa memorável alocução, na década de 1980, que “o perigo é real”.

A concórdia entre religiosos é a primeira a ser conquistada. A paz de consciência dos seres terrenos, gerada por uma nova postura ecumênica, porquanto altamente fraterna, prenuncia a paz social, a paz entre as instituições e a desejada paz mundial, sob a proteção do Pai Celeste, o maior diplomata da história deste orbe, não obstante nosso recorrente mau uso do livre-arbítrio. Para os que riem dessa realidade, uma pequena recordação do cético Voltaire (1694-1778): “Se Deus não existisse, precisaria ser inventado”.

John Kennedy e a paz

Muitas nações não estão diretamente envolvidas nos conflitos armados que nos flagelam, porém todas sofrem a opressão do medo ou da miséria, pela violência dos armamentos novos ou pelo desvio global de verba para a indústria da morte, em prejuízo da justa economia que gera instrução, educação, espiritualização, segurança, alimentação e saúde dos povos. Portanto, a guerra nos ofende a todos nestes tempos de comunicação rápida e de temporais de informações, que ameaçam, com seus raios e trovoadas, dar curto-circuito nos cérebros. Daí a inclusão que faço, neste bate-papo com Vocês, do pensamento de John Kennedy (1917-1963): “Só as armas não bastam para guardar a paz. Ela deve ser protegida pelos homens (...). A mera ausência de guerra não é paz”.

A Terra só descobrirá a paz quando viver o amor espiritual e souber reconhecer a verdade divina. No entanto, a divina verdade de um Deus que é Amor. Não a de um ser brutal e vingativo, inventado pelos desatinos humanos.

De fato, o perigo continua real. E nós, como tontos, no meio dele, nessa “briga de foice no escuro”. Quousque tandem, Catilina?

É essencial salientar as propostas e ações de autêntico entendimento. Conflitante rota para os povos será a do remédio amargo.

Por isso mesmo, não percamos a esperança. Perseveremos trabalhando “por um Brasil melhor e uma humanidade mais feliz”. Eis a direção da vitória. E não se trata de argumento simplório. A vida ensina, mas quantos de nós aprendemos a tempo?

As soluções dos graves problemas de nossa sociedade passam pela devida valorização do Capital de Deus, ou seja, o Ser Humano e seu Espírito eterno. Do contrário, acabaremos por enfrentar um conflito mundial maior que as duas grandes guerras do século 20 que, numa análise histórica, podem ser classificadas como uma só dividida em duas partes. Que Deus nos livre da terceira!

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Nota da Redação
Esta foto mostra sobreviventes da bomba de Hiroshima participando de cerimônia na catedral da bomba atômica. (uol)

Carta de uma brasileira, à Presidente do Brasil - Dilma Roussef



Carta à
Sra. Presidenta da República

Excelentíssimo  Sr. Presidente da República Federativa do  Brasil.
Manifesto meu total apoio ao seu esforço de modernização do nosso país.
Como cidadão comum, não tenho muito mais a oferecer além do meu trabalho, mas já que o tema da moda é Reforma Tributária , percebi que posso definitivamente contribuir mais.

Vou explicar:
Na atual legislação, pago na fonte 27,5% do meu salário...
Como pode ver, sou um brasileiro afortunado. Sou obrigado a concordar que é pouco dinheiro para o governo fazer tudo aquilo que promete ao cidadão em tempo de campanha eleitoral.
Mesmo juntando ao valor pago por dezenas de milhões de assalariados!

Minha sugestão é invertermos os percentuais:
A partir do próximo mês autorizo o Governo a ficar com 72,5% do meu
salário...
Portanto, eu receberia mensalmente apenas 27,5% do resultado do meu
Trabalho mensal.
Funcionaria assim: Eu fico com 27,5% limpinhos, sem qualquer ônus...

O Governo fica com 72,5% e leva as contas de:
-Escola;
-Convênio médico ;
-Despesas com dentista;
-Remédios;
-Materiais escolares ;
-Condomínio;
-Água;
-Luz ;
-Telefone;
-Energia;
-Supermercado ;
-Gasolina;
-Transporte Escolar ou Coletivo, como preferir
-Vestuário;
-Lazer ;
-Pedágios;
-Cultura;
-CPMF;
-IPVA;
-IPTU;
-ISS;
-ICMS;
-IPI;
-PIS;
-COFINS ;
-Segurança;
-Previdência privada e qualquer taxa extra que por ventura seja
repentinamente criada por qualquer dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Um abraço Sra. Presidenta e muito boa sorte,
do fundo do meu coração!


Ass.: Uma trabalhadora que já não mais sabe o que 
fazer para conseguir sobreviver com dignidade. 

PS: Podemos até negociar o percentual !!!


Agora vejam só a farra do Congresso Nacional :
Salário:................................................... ........R$ 12mil;
Auxílio-moradia..............................................R$ 3 mil;
Verba para despesas "comprovadas"...............R$ 7 mil;
Verba para assessores...................................R$ 3,8 mil;
Para 'trabalharem' no recesso.................. .......R$ 25,4 mil;
Verba de gabinete mensal..............................R$ 35 mil; e mais
Transporte: Passagens aéreas de ida e volta a Brasília/mês;
Direito a "contratar" 20 servidores para seu gabinete;
13º e 14º salários, no fim e no início de cada ano legislativo; e 90 dias
de férias anuais e folga remunerada de 30 dias.

O negócio é repassar esse e-mail à 110.000.000 de eleitores.
Duvido que a coisa não mude!!!!

ISSO PARA CADA UM DOS 514 DEPUTADOS !!!!
Esse dinheiro sai dos cofres públicos, ou seja, do nosso bolso !!!

Nota da Redação:
Esta carta foi recebida por nossa redação através de e-mail, 
então, entendemos que seja de Utilidade Pública.
Imprensa: "Sem Liberdade a Verdade não aparece"

Bélgica - Candeeiro De Cagna - A Catedral Feita a partir de 55.000 luzes LED





O candeeiro De Cagna é uma imponente estrutura da catedral, como que esteve recentemente em exibição no Festival de Luz 2012 , em Ghent, na Bélgica.

O festival foi palco de quase 30 exposições, incluindo a abundância de mapeamento de projeção 3D , campos de flores luminosas , e um aquário cabine de telefone brilhante , porém com 55.000 LEDs e imponentes 28 metros de altura do candeeiro De Cagna parece ter roubado o show.

 (Via Stijn Coppens , sacha Vanhecke , sector271 )

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"