JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: Senadores do México se opõem a plano de armar agentes dos EUA

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Senadores do México se opõem a plano de armar agentes dos EUA

Os senadores da base do governo mexicano se manifestaram contra a proposta de permitir que agentes das forças de segurança dos Estados Unidos andem armados no país.


A proposta foi discutida na quinta na reunião entre o presidente mexicano, Felipe Calderón, e seu homólogo americano, Barack Obama, que se encontraram em Washington para debater questões de segurança, luta contra o crime organizado e imigração.


Na opinião dos parlamentares mexicanos, essa permissão violaria "a soberania nacional".


O presidente da Comissão de Segurança Pública do Senado, Felipe González, do governista Partido Ação Nacional (PAN), citou um convênio bilateral de 1992, no qual se diz que "nenhum Estado fará no outro o que atinge" o primeiro.


Desde 1990, os agentes norte-americanos estão proibidos de portarem armas em seu vizinho ao sul. Para o senador governista Santiago Creel, também do PAN, a decisão "poderia gerar um conflito entre os dois países, não apenas de caráter legal, mas até diplomático".


Ele indicou que seria "inconveniente que possam vir agentes estrangeiros ao México com armas", e questionou "o quê vai ocorrer caso tenham que utilizá-las?".


A proposta foi feita após o agente norte-americano Jaime Zapata, da Divisão de Investigações da Alfândega e Imigração dos EUA (ICE), ser assassinado pelo cartel Los Zetas em uma estrada do estado mexicano de San Luis Potosí, no centro do México, em 16 de fevereiro. Um outro agente norte-americano ficou ferido na ocasião.


O último assassinato de um funcionário dos Estados Unidos em território mexicano ocorreu em 1985, quando Enrique Camarena, da Agência Antidrogas (DEA), foi sequestrado e morto.


De acordo com o jornal mexicano La Jornada, o próprio Calderón ressaltou na quinta, em coletiva de imprensa após o encontro com Obama, a inconstitucionalidade da proposta, mas assegurou que serão discutidas no Congresso medidas para melhorar a segurança dos agentes estrangeiros em seu país.


Calderón também pediu ao líder da Câmara norte-americana, o republicano John Boehner, que os Estados Unidos adotem uma postura pra combater o tráfico ilegal de armas. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), ao menos 20 mil armas entram ilegalmente no México por ano, por meio da fronteira com os EUA.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/884374-senadores-do-mexico-se-opoem-a-plano-de-armar-agentes-dos-eua.shtml?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"