JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: Anvisa proíbe venda de Divine Shen e Caralluma

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Anvisa proíbe venda de Divine Shen e Caralluma

Domingo passado (19), o Fantástico denunciou: suplementos alimentares supostamente naturais eram vendidos sem receita médica com a promessa de emagrecer sem fazer mal à saúde.
omingo passado (19), o Fantástico denunciou: suplementos alimentares supostamente naturais eram vendidos sem receita médica com a promessa de emagrecer sem fazer mal à saúde.

Terça-feira (21), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tomou uma série de providências contra os dois produtos denunciados na reportagem: a Caralluma e o Divine Shen.

Mostramos com exclusividade: o Instituto de Criminalística de São Paulo encontrou sibutramina em amostras do Divine Shen, que é vendido como se fosse à base de fibra de laranja, importada da China.

Produzida em laboratório, a sibutramina é de uso controlado no Brasil. Foi proibida em vários países e pode causar enfarte e derrame. Agora, ninguém mais pode vender o Divine Shen em território brasileiro.

Esta semana, a equipe de reportagem do Fantástico foi a 15 farmácias de São Paulo e a determinação parece estar sendo respeitada. “Você tem o Divine Shen?”, pergunta o produtor. “É aquele chinês à base de laranja? Foi proibido. O produto foi recolhido”, indica o farmacêutico.

Depois que Anvisa proibiu a importação e a venda do produto Divine Shen, a equipe do Fantástico voltou à sede da empresa, na região central de São Paulo. Os donos, mais uma vez, não gravaram entrevista. Na sexta (24), o advogado da empresa disse que ainda não tinha recebido nenhuma notificação da Anvisa nem do Ministério Público.

Em nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária informou que novas amostras do Divine Shen serão analisadas e que a importação também está proibida.

E a Caralluma, aquele suplemento supostamente à base de cacto da Índia, que virou moda nas academias? A venda também foi proibida e as autoridades emitiram um alerta recomendando que as pessoas abandonem o consumo do produto.

Como não tem registro no Ministério da Saúde, a Caralluma não pode ser importada, nem fabricada e manipulada no Brasil. A punição pra quem vender a Caralluma vai desde advertência até multa. O valor: R$ 1,5 milhão.

fonte : http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1470990-15605,00.html

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"