JORNAL CIDADE EM FOCO AZ: Escritórios de advocacia americanos pretendem aumentar honorários

notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Escritórios de advocacia americanos pretendem aumentar honorários



Os resultados de uma pesquisa divulgada pela consultoria Altman Weil de escritórios de advocacia detectou que quase todas as bancas aumentaram ou pretendiam aumentar os valores cobrados dos clientes neste ano. Não menos que 95% dos escritórios ouvidos pela sondagem estavam cobrando ou pretendiam cobrar honorários mais elevados em 2011, comparativamente a 2010, detectou o levantamento. O aumento mediano dos honorários foi de 4%.

A elevação dos honorários reflete o alto grau de confiança pelo qual passam os escritórios de advocacia, apesar de a economia como um todo continuar vacilante. Setenta e cinco das bancas consultadas registraram uma alta da receita e dos lucros por advogado em 2010, segundo a pesquisa. Cerca de 50% das firmas participantes informaram ter reduzido os custos com despesas gerais em 2010. Ao mesmo tempo deram indícios de que ficaram mais flexíveis com relação à cobrança de honorários. Pouco mais de metade dos escritórios com 250 advogados ou mais disseram que estavam usando cálculos alternativos de honorários menos lucrativos que os projetos cobrados por hora.

"Os escritórios estão voltando a se equilibrar neste período pós-recessão, mas sob novas bases, com uma série de novos fatores em jogo", disse Tom Clay, um dos diretores da Altman Weil e coautor da pesquisa, em comunicado à imprensa.

A pesquisa, realizada entre abril e maio deste ano, ouviu sócios administrativos e presidentes do conselho de administração de 805 escritórios americanos com 50 advogados ou mais. Desses, 240 concluíram a sondagem, entre os quais 38% dos 250 maiores escritórios de advocacia dos Estados Unidos Os resultados da sondagem não especificaram as quantias em dólar dos honorários cobrados. O diretor da Altman Weil, Eric Seeger foi coautor do levantamento.

As reduções dos escalões de sócio com capital e sócio sem capital se mantiveram em 2011, com cerca de 17% dos escritórios de advocacia tendo informado que reduziriam os sócios com participação acionária, enquanto 21% deles declararam que diminuiriam o número de sócios sem participação acionária este ano.

Dos escritórios de advocacia consultados, 87% disseram que pretendem acrescentar associados em 2011, e apenas 18% planejam eliminar associados. Oitenta e oito por cento disseram contar com menor equipe de apoio em 2011.

Leigh Jones - Reuters, de Nova York
AASP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"