notícias do Brasil e do Mundo

DRTV - RADIO ON LINE AO VIVO

Para pedir sua musica no xat ao vivo acesse: DRTV - RADIO ONLINE - Direção e Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos - Jornalista MTB 54903/SP
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Mercado no Centro de SP é interditado por falta de higiene



No local havia legumes estragados e até fezes de ratos nas prateleiras.
Neste ano a Vigilância Sanitária interditou mais de 300 estabelecimentos.


Um mercado que funcionava há 11 anos na região central de São Paulo foi interditado nesta terça-feira (2) por total falta de higiene. Desde o começo do ano, mais de 300 estabelecimentos já foram interditados e 180 comerciantes presos na capital.
A falta de higiene no mercado era tanta que surpreendeu até os fiscais da Vigilância Sanitária. No local havia frutas e legumes estragados, produtos com validade vencida, lixo perto da comida, muita bagunça e até fezes de rato nas prateleiras.
“Eles têm uma infestação por roedores, têm problema de infestação com insetos, baratas e uma falta de higiene gravíssima. E é um estabelecimento reincidente em infração sanitária”, afirma Andrea Barbosa, da Vigilância Sanitária.
O dono do estabelecimento WHD Mercado já havia sido autuado nove vezes por crime contra a saúde pública. Nesta terça, Wu Sheng Hua, de 52 anos, foi preso e deve responder ao processo na cadeia, já que o crime é inafiançável.
Foram tantas multas, apreensões, irregularidades e processos que desta vez o mercadinho foi emparedado pela Prefeitura. A Vigilância jogou produtos químicos nos 500 kg de alimentos para que eles não possam ser reutilizados. O próximo passo será fazer o dono remover todos os alimentos para um aterro sanitário.
De janeiro a junho deste ano, a Vigilância Sanitária do município interditou 311 estabelecimentos na capital por irregularidades na comercialização de alimentos. No mesmo período, a Delegacia de Proteção ao Consumidor apreendeu 95 toneladas de alimentos estragados. Foram 200 flagrantes e 180 comerciantes presos.
“É muito importante que a população seja cautelosa, que atue proativamente, ou seja, verificando se o estabelecimento possui alvará de funcionamento, higiene. Qualquer sinal de alteração, principalmente de validade vencida, o consumidor deve acionar a polícia”, afirma o delegado Fernando Schmidt.
A Polícia Civil diz que houve um aumento de 250% no número de apreensões de produtos impróprios para o consumo nos seis primeiros meses do ano em relação ao mesmo período do ano passado.
fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Notícias mais vistas dos últimos 30 dias

SEGUIDORES ILUSTRES

Pensamento do Dia - colaboração do Leitor do Jornal Cidade em Foco Sr Marcos Roberto SP/SP

O que não te destrói, te fortalece.



Por mais que pareçam difíceis seus problemas, use-os como instrumento a seu favor, um dia verás que conseguiu superar e foi vitorioso. Fique firme, não desista, lute e conquiste, estamos torcendo por você.
Palavras da Redação do Jornal Cidade em Foco

Nossos leitores em 151 países do Mundo - Our readers in 119 countries

Redação - dra.rosangelamatos@hotmail.com

Nossos Seguidores no Twitter @DraRosangelaM

Visitantes

Mural de Recados

"este espaço acima é reservado aos internautas, fiquem a vontade, façam bom uso"